Autoconhecimento Energia em Equilíbrio

Cura com a chama violeta

Painel violeta abstrato
123RF | Krinichnaya

A oração de São Francisco nos ensina a trabalhar com a chama violeta para transformar o que é ruim em bom.

“Senhor, fazei de mim um instrumento de Vossa paz.

Onde houver ódio, que eu leve o amor.

Onde houver ofensa, que eu leve o perdão.

Onde houver discórdia, que eu leve a união.

Onde houver dúvidas, que eu leve a fé.

Onde houver erro, que eu leve a verdade.

Onde houver desespero, que eu leve a esperança.

Onde houver tristeza, que eu leve a alegria.

Onde houver trevas, que eu leve a Luz.

Ó, Mestre, fazei que eu procure mais: consolar, que ser consolado; compreender, que ser compreendido; amar, que ser amado.

Pois é dando que se recebe, é perdoando que se é perdoado, e é morrendo que se vive para a vida eterna.”

Nesse sentido, pode-se proferir o seguinte decreto com o verbo “transmutar”:

“Transmutar ódio em amor,

tristezas em alegrias,

desarmonia em harmonia,

guerra em paz

derrotas em triunfo.”

Céu com nuvens violeta, azul e rosa
Eberhard grossgasteiger / Unsplash

A cor violeta é uma mistura das cores rosa e azul, em que o rosa simboliza o amor, e o azul, a sabedoria. O rosa expressa as qualidades do feminino sagrado, enquanto o azul, as do masculino sagrado. O rosa irradia energia do amor, da alegria, harmonia, aceitação, perdão e, junto com o azul, que tranquiliza, conforta, alivia, convida a uma elevação das vibrações, dando sensação de alívio, equilíbrio, bem-estar, e, consequentemente, à ascensão espiritual para dimensões superiores.

A chama violeta é uma emanação, irradiação, da Energia Espiritual Divina, contida nas 7 cores do arco-íris (cor violeta), nos 7 raios da Grande Fraternidade Branca (Sétimo Raio da Liberdade, Transmutação, Misericórdia e Justiça), nos 7 principais centros energéticos (chakra coronário), nos 7 corpos (corpo Eu Crístico).

A chama violeta tem altíssima vibração e é usada para transformar qualquer parte da Criação Divina que não é mais necessária ou desejada, ou seja, tudo o que não contribui mais para a evolução de nosso Eu Superior. Isso inclui: a dissolução dos registros akáshicos do karma de vidas passadas, que voltam a ser vivenciados para serem resgatados – em algum momento e em algum lugar; a cura de doenças congênitas hereditárias; as crenças limitantes e os padrões rígidos de pensamentos, sentimentos, palavras e comportamentos repetitivos. A chama violeta também ajuda a expandir a consciência da espiritualidade.

Na Bíblia, a chama violeta é mencionada em Hebreus 12:29, em que se lê: “Nosso Deus é um fogo consumidor”. Também é mencionada em Isaías 1:18-19, em que se lê: “Embora seus pecados sejam vermelhos como escarlate, eles se tornarão brancos como a neve”. Nesta citação bíblica, nos é apresentado um exemplo de como utilizar a chama violeta para consumir os registros do chamado “pecado” (que é apenas má criação, uso indevido de energia, ignorância, ausência de luz).

Na Kabbalah, a esfera ou sephiroth cabalística da Árvore da Vida, dentre os dez níveis da criação, simbolizado pela cor violeta, é a esfera 9 – Yesod (Fundamento). Yesod é a base de toda a criação e age no reino material e psíquico. É o reino da psique, ou da alma, no mar da criação, com suas muitas facetas, imagens, sonhos e aspirações.

Aplicação prática com a chama violeta

Pode-se trabalhar com a chama violeta por meio de mentalizações criativas para decretar limpeza energética, equilíbrio e proteção do corpo físico e de lugares. Seguem alguns exemplos práticos:

– Pirâmide violeta espelhada por dentro e/ou por fora;

– Chuveiro de gotículas de chama violeta enquanto se toma banho;

– Chuva cósmica da chama violeta;

– Armadura violeta (completa) com capacete;

– Espiral quântica violeta envolvendo seu corpo físico e sua casa;

Caminho de luzes violeta triangular
Sandro Katalina / Unsplash

– Cone de luz violeta;

– Tubo de luz violeta envolvendo todo o seu corpo;

– Flor da Vida violeta;

– Raio laser de chama violeta escaneando todo o corpo físico e curando órgãos doentes;

– Espada de fogo violeta do Arcanjo Tsaphkiel;

– Arquétipos de animais de poder associados à chama violeta: borboleta, libélula, mariposa.

Você pode evocar um ou mais mestres que trabalham direta e conscientemente com o 7º raio enviando a chama violeta e envolvendo o planeta, agindo dentro e ao redor da Terra. Seguem alguns exemplos: Saint Germain e seu complemento divino Lady Pórtia; Arcanjo Tsaphkiel e seu complemento divino Lady Ametista; Elohim Arcturus e seu complemento divino Diana; Kuan Yin, deusa da compaixão, do perdão e da misericórdia.

Mulher em pé em campo de flores roxa e céu ao fundo
Ion Ceban @ionelceban / Pexels

No dia a dia, recomenda-se usar roupas com a cor violeta e suas tonalidades (lilás, roxo) em materiais naturais de algodão, evitando as roupas sintéticas. É aconselhável, sobretudo, em blusas, camisetas, casacos, peças que cubram os chakras superiores, ou seja, da cintura para cima.

A pedra correspondente à chama violeta é a ametista, que, junto ao corpo, tem ação terapêutica. Usar colar, pulseira, anel, difusor pessoal, difusor de ambiente, entre outros artigos decorativos, também tem. Há uma infinidade de formatos em geometrias sagradas (pirâmide, esferas, sólidos platônicos).

Nos ambientes, pode-se utilizar a cor violeta em pinturas, gravuras, quadros e demais objetos de decoração, acompanhados também das cores rosa e azul.

Você também pode gostar

O cheiro relacionado à chama violeta é principalmente o da lavanda e da alfazema. Pode-se recorrer aos óleos essenciais e perfumes naturais de alfazema, lavanda, violeta e olíbano por meio da Aromaterapia ou, ainda, queimando seus respectivos incensos naturais.

Músicas na frequência da chama violeta:

– Música de Saint Germain: A música “The Day is Yours” foi composta por Patrick Doyle e conduzida pela Orquestra Sinfônica de Birmingham sob regência de Simon Rattle para o filme “Henrique V” (1989), baseado na obra de William Shakespeare, estrelado por Kenneth Branagh como Henrique V.

Recomendo ouvir neste link: https://www.youtube.com/watch?v=0VlIjkL6fMI

Ouça também: https://www.youtube.com/watch?v=SQ_37Mi_CuY

– Música do Arcanjo Tsaphkiel e Lady Ametista: A música “Magic Fire”, composta por Richard Wagner, faz parte da Ópera Valquíria (em alemão Die Walküre, WWV 86B), estreada em 26 de junho de 1870, em Munique, Alemanha. A versão a seguir foi produzida por George Szell e conduzida pela Orquestra de Cleveland em 1969.

Ouça: https://www.youtube.com/watch?v=mZ8gL8qa8T8

– Música do Elohim Arcturus: Valsa conhecida como “Vozes da Primavera” (Voices of Spring), composta por Johann Strauss II em 1882.

Recomendo: https://www.youtube.com/watch?v=T0S7KAGfzpQ

– Música de Kuan Yin: “Mantra da Abundância”, por Vjarsattv.

Recomendo: https://www.youtube.com/watch?v=2tmWtg4y8Mc

– Música “Flamme Violett”, do cantor e compositor francês Michel Garnier

Recomendo: https://www.youtube.com/watch?v=lu_cKdYlZKs

Algumas técnicas de cura que trabalham com a chama violeta: Reiki, Apometria, Apometria Quântica ®, Cura Quântica Estelar ®, Magnified Healing ®, Mesa Radiônica, dentre outras.

Referências bibliográficas recomendadas:

O livro de ouro de Saint Germain. Porto Alegre: Ponte para a Liberdade, 1993.

STAVISH, Mark. Capítulo 3: O Sepher Yetzirah e a árvore da vida. In: A cabala da saúde e do bem-estar: práticas cabalísticas de cura. São Paulo: Pensamento, 2008.

Sobre o autor

Esperanza Rojas Orozco

Esperanza Rojas Orozco

Para compreender que a saúde depende do equilíbrio corpo, mente e espírito, analisamos o indivíduo holisticamente, ou seja, por completo. O tratamento é à base de plantas medicinais, terapias energéticas, cromoterapia, argiloterapia e mentalizações positivas.

Email: [email protected]
Site: vivendosustentavel.com/centro-holistico
Instagram: @espiritual_mente_natural