Espiritualidade

Preencha o seu ser com o nascer do Sol

Mulher olhando para o céu com a luz do pôr do sol em seu rosto
Leah Kelley / Pexels
Escrito por Joyce Muzy

Hoje trago para vocês um exercício baseado no livro “Uma Farmácia para a Alma”, que traz ensinamentos práticos de Osho.

Fiz algumas adaptações no texto original para deixá-lo mais fácil para que seja posto em prática, mas não houve alterações na essência do exercício.

O objetivo principal é para que, a partir da observação externa do Sol, você tome consciência das sensações e emoções positivas que esse ato lhe proporciona e posteriormente possa se conectar internamente a essa imagem, de maneira subjetiva, e usufruir de seus benefícios.

Como nos diz Osho, para alguns, o Sol pode funcionar como um grande despertar.

É uma proposta de exercício meditativo, no qual espera-se que com o passar do tempo você consiga ver o Sol a qualquer momento, fechando os olhos e meditando sobre ele, provocando o seu sol interno.

Use sempre que precisar se conectar com o seu interior, para quando sentir que precisa “carregar” a sua energia, para momentos desafiadores e circunstâncias externas que estejam te deixando “para baixo”.

Mulher deitada em um gramado com as mãos no peito e olhos fechados, tomando sol
Kanmu / Getty Images / Canva

Atenção: evite olhar diretamente para o Sol quando ele estiver alto, pois isso pode causar prejuízo aos olhos.

Esse exercício deve ser praticado bem cedo, assim que o Sol tenha acabado de surgir e/ou ao entardecer, no pôr do sol, quando ele estiver bem baixo.

Na Índia, o primeiro Sol da manhã é conhecido como o Sol dos bebês.

Prática:

Muito cedo, pela manhã ou durante o entardecer, observe o Sol.

Faça isso com a intenção de absorver a energia solar.

Abra-se para ele e deixe-se encharcar com a sua energia.

Esteja consciente desse momento.

Essa energia te inunda.

Veja-se, sinta-se, imagine-se tomando um banho de energia solar e também essa energia sendo direcionada para o seu interior, como se você estivesse bebendo o Sol.

Pessoa de mochila nas costas em uma montanha com os braços abertos, tomando a luz do sol
Jacob Lund / Canva

Observe as sensações que essa experiência desperta no seu corpo e em todo o seu ser.

Atente-se para as emoções e pensamentos que vão emergindo.

Nada do que vem de fora importa nesse momento.

Tome a consciência de que, ao estabelecer essa conexão, a vida se torna plena e rica.

Posteriormente, ao se tornar capaz de visualizar o Sol com os olhos fechados, e isso pode ser feito a qualquer momento do seu dia, você poderá sentir uma grande energia surgir. Descobrirá que se trata de algo inesgotável.

Busque ter em mente que a “energia básica” está dentro de si e independentemente das circunstâncias você se manterá tranquilo e focado, porque sabe que o seu “real tesouro” reside no seu interior.

Você também pode gostar:

Ao longo do dia, quando precisar lidar com circunstâncias externas que você entenda como desfavoráveis, tenha em mente o que nos diz Osho:

“O que acontece ao nosso redor só se torna importante quando não percebemos aquilo que se passa dentro de nós. Conhecendo o nosso interior, o exterior aos poucos se dilui e sua importância desaparece.

Você pode falhar em tudo aquilo que diz respeito ao mundo exterior e mesmo assim ser bem-sucedido. E sem uma queixa ou cicatriz.”

É possível ser feliz, independentemente das circunstâncias, isso é real!

Com amor,
Joyce Muzy

Se colocou em prática, me conta como foi!

Se ficou com alguma dúvida ou queira fazer alguma sugestão, entre em contato.

WhatsApp: 14 9997-0440/ joycemuzy@gmail.com

Referência bibliográfica

RAJNEESH, Bhagwan Shree (OSHO). “Uma Farmácia para a Alma”. Rio de Janeiro: Editora Sextante, 2006.

Sobre o autor

Joyce Muzy

Joyce R. F. de Melo Muzy é terapeuta, formada em psicologia, com pós-graduação em saúde mental e em socioeducação.

Aprimoramento em psicologia transpessoal, arteterapia e é facilitadora licenciada em educação emocional positiva.

Tem formações diversas em depressão e ansiedade, pautadas na terapia cognitiva comportamental.

É consteladora familiar e tem formação em diversas técnicas integrativas.

Livros em coautoria: "Mulher de Corpo e Alma", "Conectando Pais e Filhos", "8 passos para a Saúde da Mulher" e "Diário da Alma Feminina".

Fundadora do Centro de Meditação Conexão Transmutando.

Acredita que cada um de nós é um SER único e especial, com um papel importante a ser desempenhado nessa aventura incrível que é a VIDA.

Contatos:
Email: transmutese@gmail.com
Facebook: conexaotransmutando
Instagram: @conexao_transmutando
Youtube: Conexao Transmutando