Autoconhecimento Psicologia

Quem sou eu? Você sabe quem é você?

Quem sou eu? Quem é você?
Você sabe quem você é realmente? Será que você se conhece verdadeiramente?

Posso dizer que a maioria de nós acredita que somos a nossa mente psicológica, o nosso corpo, ou  a identidade que construímos utilizando a nossa mente e a imagem que temos de nós mesmos. Fomos ensinados que somos isso, passamos a vida acreditando que os pensamentos que passam pela nossa cabeça são nossos, mas na realidade eles são produto do que nos foi ensinado durante a vida, e da forma como sentimos e interpretamos as experiências que vivemos. Tudo isso está armazenado no seu “computador” mental. Esse computador realiza jogos psicológicos recheados de emoções para que a gente se envolva cada vez mais com ele.

Em geral, pelo menos foi assim comigo, quando começamos a tentar entender quem nós somos, a primeira tentativa é tentar entender a mente que é quem acreditamos que somos e posso dizer que esse é um trabalho infinito, pois a mente vai jogar com você desde a forma mais grosseira até a forma mais sutil, utilizando todas as armas para que você continue acreditando que você e ela são a mesma coisa. Esse trabalho pode durar muitas vidas e não vai nos levar a lugar nenhum, continuaremos andando em círculos mentais.

Passei muito tempo fazendo esse trabalho até perceber que eu não sou minha mente e nem as minhas emoções, os pensamentos e emoções vão e vem, assim como todos os acontecimentos externos.

Comecei a ouvir o que se pode chamar de “guru interno” ou “intuição” cada vez mais, mas ainda assim a minha mente continuava me pregando peças, até que na terceira vez que fiz o Caminho de Santiago de Compostela, quando cheguei em Santiago, conheci um senhor que me falou sobre Ramana Maharshi e sobre a pergunta Quem Sou Eu?

Essa simples pergunta é capaz de ir destruindo todos os padrões mentais, é uma pergunta que não exige resposta, quem somos é Consciência e só. Quando sentimos medo, podemos perguntar “Quem sente medo?”, porque a Consciência não tem medo, sabe que todas as experiências nesse mundo são apenas experiências.

Depois dele conheci o Mooji, que é um seguidor do Ramana Maharshi e com os vídeos e satsangs do Mooji fui entendendo cada vez mais o que meu “guru interno” dizia mas eu não era capaz de compreender.

Nos meus vídeos e textos vou compartilhar um pouco do que aprendi, não tenho a menor pretensão de ensinar nada para ninguém, afinal quem sou eu para ensinar alguma coisa…. Como Consciência apenas compartilho com vocês Consciências, os ensinamentos que no fundo do nosso coração todos nós já sabemos!

Namastê!

Sobre o autor

Juliana Izabel Polydoro

Juliana Izabel Polydoro

Juliana Izabel Polydoro, psicóloga com mestrado em Psicologia da Saúde.

Sempre dançarina, fez o Caminho de Santiago de Compostela três vezes e viaja pelo mundo em busca da resposta para a pergunta "Quem Sou Eu?".

Possui dois blogs, um de poesia, Jornada da Alma, e outro sobre as suas descobertas durante as viagens e peregrinações chamado Peregrinando – Uma Viagem pelo Caminho Interior.