Convivendo

Regresso e Progresso

Planeta Terra com um reflexo de luz.
Maksym Chornii / 123rf

Há muito tempo, um planeta do sistema conhecido como Capela, da Constelação do Cocheiro, tinha chegado em sua inevitável transição planetária. Essa transformação era porque a sua população, em larga maioria, tinha atingido a conscientização espiritual, logo estava pronta para entrar na 5D. Entretanto alguns seres não tinham chegado a esse patamar, por isso se tornaram incompatíveis com esse local, e em razão disso deveriam se deslocar para um planeta que estivesse de acordo com a sua vibração, e esse local seria a Terra.

Capela naquela época foi o que é a Terra agora. Não se falará em datas, pois não há exatidão nisso, mas se menciona a época dos primeiros homens da Terra, pode-se elencar os seguintes povos: egípcios, hebreus, indianos, europeus, pele negra, pele vermelha, pele amarela. Dentre essas civilizações, alguns conseguiram cumprir com sua missão e retornar para o seu lar ou tiveram a discricionariedade para onde ir, enquanto que outros não lograram êxito com sua missão, em sua evolução, permanecendo até hoje ou até mesmo indo para outro planeta incipiente de vida racional.

O que se menciona é um exemplo da perfeição do Universo, determinados seres que não tinham compatibilidade energética com seu antigo lar (mais adiantado), para que essas almas, com o crescimento retardatário, fossem para um novo planeta, com o intuito de se autodesenvolverem, mas também que sua nova morada se elevasse com sua presença, uma vez que detinham lapsos de conhecimento em suas memórias, com isso ajudariam e facilitariam a progressão da Terra. Soam como exemplos o fogo, a matemática, a arquitetura etc.

Punho branco levantado.
Clay Banks  / Unsplash

É chegado o momento da Terra, aquilo que Capela passou, agora ela atravessará. A transformação já está acontecendo, gradualmente, com o fito de não ser tão impactante para os moradores de Gaia. Alguns seres não se graduarão nesse momento, terão outra oportunidade de fazê-lo, ao passo que outros já estão formados e poderão auxiliar na reconstrução, já outros ainda podem se graduar, tudo virá à tona nos próximos meses. Coisas inimagináveis acontecerão e aqui será um novo ambiente para viver, e para melhor. O mais benéfico agora é se desapegar de qualquer coisa, seja de bens materiais, seja de pessoas, nem o corpo físico é seu, apenas você “está” com ele.

Dúvidas surgirão, para aqueles que acreditam, isso é manifesto. Como irá acontecer? Quando? Quem não concluir a faculdade espiritual para onde irá? Dentre outras indagações. Não se sabe exatamente como ocorrerá, contudo a Terra é quem dará as primeiras respostas, catástrofes naturais ocorrerão primeiramente em determinado lugar, depois em outros. Serão pontuais num primeiro momento. Acontecimento de esfera global será derradeiro, caso necessário. Os primeiros eventos ocorrerão até dezembro de 2020, no máximo! Adentrando em 2021 a sua continuidade específica. O local habitável para os que não prosseguirem aqui não se sabe, tem-se ciência de que será como a Terra no princípio dos humanos.

Você também pode gostar

Quíron na mitologia grega seria um centauro, filho do titã Cronos com Filira. O titã se transformou em cavalo para fugir de sua esposa, Reia, por isso é que ele é meio humanoide, meio cavalo. Recebeu ensinamentos de Apolo e Hércules, considerado um médico sábio. Quíron está presente na astrologia, seria onde estão nossas dores, porém também as nossas curas. O local em que há cicatriz, logo há uma abertura e nisso há luz, muita! As dores, que escondemos, bloqueiam nossos dons.

Mas o que tem Quíron com isso tudo? Ele é um astro, está localizado entre Saturno e Urano, portanto “perto” daqui, alguns o consideram asteroide, já outros cometa. E pode-se acreditar na Nasa? De tudo que escondem? Quíron pode, muito bem, ser um planeta habitável. Quíron pode ser a ferida coletiva necessária de agora para a cura irremediável posterior.

Sobre o autor

Marcell Schaidhauer Barcellos

Marcell Schaidhauer Barcellos

Formado em direito. E pós-graduado. Porém, na parte espiritual, por enquanto, não detém formação. Sua busca está para o lado espiritual na mesma velocidade que as informações estão correndo no presente ano. Tem como missão divina despertar o maior número de pessoas na sua verdadeira realidade interior. Semear aquilo está claro para alguns, para que outros bebam da mesma fonte. O caminho é a mensagem, mas a finalidade é o amor.

Email: [email protected]
Site: marcellbarcellos.blogspot.com
Facebook: marcell.schaidhauerbarcellos
Instagram: @marcellschaidhauer