Autoconhecimento Coaching

Satisfação no que faz

Escrito por Sergio Giavoni
Se não encontrarmos satisfação no trabalho, dificilmente trabalharemos motivados. Alguns estudos do sociólogo italiano Domenico de Masi, nos ampara a esta afirmação.

Os seres humanos modernos têm três necessidades fundamentais: 

1) precisamos trabalhar, porque do trabalho retiramos nosso sustento e também nossa dignidade
2) também precisamos aprender porque, afinal de contas, estamos na sociedade do conhecimento, onde são valorizadas as pessoas e os agrupamentos que dominam o conhecimento
3) precisamos do prazer, porque o prazer suaviza o sofrimento.

Atualmente o maior sofrimento da atualidade é o estresse, como já falamos sobre ele a algumas semanas atrás. Se não houver prazer, o estresse não será tolerado e será derivado para muitas outras consequências mais sérias e contundentes.

shutterstock_146379659-2 Antigamente realizávamos cada atividade em lugar diferente: havia um lugar para trabalhar, chamado emprego; um lugar para aprender, chamado escola; e outros para ter prazer, como o clube, a praia, o bar, o campo de futebol, os shoppings centers, etc. Atualmente a moderna organização do trabalho considera que existe uma tendência de aproximação desses espaços em um mesmo ambiente, assim passamos mais tempo no ambiente de trabalho. É isso que o Domenico de Masi chama de ócio criativo. Ócio criativo compreende trabalho, mas trabalhar com sentido, porque nosso cérebro funciona assim: ele sente que está produzindo, e isso lhe faz bem; sente que está aprendendo, o que também lhe faz bem. Assim trabalhamos em plenitude, incluindo no dia a dia um momento que tenham atividades para descansar, momentos de lazer, e conciliar isso com o trabalho e a aprendizagem. É uma ideia muito interessante e adequada, mas requer muita disciplina.

Outro fator preponderante é descobrir a própria vocação. Neste caso, é importante observarmos quatro condições:

1) examinar o que a pessoa aprende com relativa facilidade
2) atentar para o que ela faz com relativa facilidade
3) sente-se feliz ao fazê-lo
4) consegue ganhar dinheiro para o sustento com isto.

Encontrou algo que está presente nas quatro condições? É sua vocação! São suas razões!

Em momento de decisão e mudança, dedique-se integralmente nessa busca. A satisfação no que faz lhe trará mais sentido.

Sucesso! Felicidades! Vamos em frente!

Sobre o autor

Sergio Giavoni

Sócio Diretor da Harmonia Consultoria e Assessoria em Pessoas. É Economista com MBA Executivo em Administração de Empresas, Certificado em Capacitação Gerencial, Gestão Estratégica das Pessoas, Gestão Estratégica de Negócios, Palestrante Profissional, Personal & Profissional Coach, Leadership Coach, Carrer Coach, Alpha Coach, Executive Coach, Business Coach, e Analista PDA – Personal Development Analysis (Avaliação de Perfil Comportamental).

Experiência profissional executiva em bancos, ocupando por último o cargo de Superintendente Comercial da rede de agências.

Desempenha a função de Coach Pessoal, Profissional, Executivo e Business, com diversas atuações no desenvolvimento de objetivos, resultados e performance de pessoas, equipes e empresas.

Desempenha também a função de palestrante e instrutor em assuntos pertinentes à Liderança, Motivação, Engajamento, Atendimento à Clientes e Vendas.

Coordenador de Mentoria do Grupo BNI (Business Network International) Exponencial – São Bernardo do Campo – SP.

Coautor do livro “Planejamento Estratégico para a Vida” – Editora Ser Mais – Dez/2015.

Telefone: 11 4427-9604 e 11 99979-7050
E-mail
sergio@harmoniaconsultoria.com.br
Sites
www.harmoniaconsultoria.com.br/
Blog
www.harmoniaconsultoriaeassessoria.com.br
LinkedIN
Sergio Giavoni
Instagram
@sergiogiavoni
Facebook
facebook.com/sergiogiavoni
Twitter
@SGiavoni