Autoconhecimento

Série Dr. David Hawkins e os Níveis de Consciência – para que serve a Culpa?

Mãos apontam para mulher que coloca o rosto sob as mãos.
olegdudko / 123RF
Pandora Treinamentos

Tudo é motivo para nos sentirmos culpados:

  • Se estamos em casa, sentimos culpa por não estarmos trabalhando.
  • Se estamos no trabalho, culpamo-nos por não estarmos com a família.

Toda vez que transferimos nossa responsabilidade para algo ou alguém, culpando tudo e responsabilizando outros por algo que saiu diferente do que queríamos, experimentamos uma culpa que se transforma em ódio vingativo, uma defesa do ego que não considera que qualquer situação acontece porque foi necessário acontecer para que tivéssemos nosso aprendizado.

Essa é a mais pura realidade!

Aceitar a realidade sem cair na culpa é um desafio.

Tudo que acontece conosco é de nossa responsabilidade. Nossas decisões e necessidades de aprendizado nos levaram até aquilo que aconteceu ou deixou de acontecer.

Tomamos decisões com base na consciência que tínhamos naquele momento. E só podemos julgá-las como más decisões porque evoluímos para enxergá-las assim. Caso contrário, ainda seriam uma boa escolha.

Mulher observa seu próprio reflexo no espelho. Seu semblante é aflito.
Polina Zimmerman / Pexels

Assim, o erro se transforma em aprendizado. Em vez de sofrer, podemos agradecer por enxergar nossos erros e poder superá-los.

A angústia da culpa é trocada por alívio e alegria.

A culpa não serve para nada em nossa vida adulta!

É apenas um recurso para nosso desenvolvimento. A partir dela, a criança compreende o certo e o errado, tornando-se responsável por seus atos. Quando adultos, a culpa é quase algo obsoleto e pode ser substituída por aprendizagem.

Errou? Aprenda e pronto! Só isso.

Como vencer a culpa?

Para conseguir vencer a culpa é necessário observar os sentimentos e os padrões que construímos para proteger nossos prazeres e desejos de curto prazo.

Observar é perceber quais são nossos sentimentos, nossas sensações e nossos pensamentos e como eles se manifestam. Eles são apenas sugestões da mente.

Tudo isso são impulsos de nossa mente, e nós não somos esses impulsos, mas sim o observador por trás deles. É o observador que permite o pensamento.

A observação de tudo o que se sucede não é: análise, crítica, reflexão, julgamento, resistência.

Você também pode gostar

Observação é entender e compreender silenciosamente. É aceitar e desapegar do controle do resultado, permitindo-se ser quem é dando o seu melhor em todos os momentos.

Isso é amor, e a amor cura a culpa.

Para entender esse e tantos outros níveis de consciência, sugerimos que se aprofunde nesses níveis por meio da leitura dos livros do Dr. David Hawkins, como o “Deixar Ir”, livro traduzido para o português com exclusividade pela Pandora Treinamentos.

Sobre o autor

Pandora Treinamentos

Pandora Treinamentos

A Pandora é uma Escola de Comportamento que oferece cursos de autoconhecimento e formação em liderança e treinador comportamental.

As aulas comportamentais da Pandora são aulas focadas em fazer você construir hábitos de sucesso para sua vida pessoal e profissional. A cada semana, trazemos temas práticos e inovadores, que fazem com que você aprenda a resolver seus problemas mais incômodos e ter resultados cada vez mais alinhados com seus objetivos!

Tudo isso de uma maneira simples e prática, por meio de conteúdos científicos e Autodesafios®, que você aplica em seu dia a dia e que levam você a viver a melhor fase da sua vida!

Contatos:

Email: [email protected]
Site: pandoratreinamentos.com.br
Facebook: Pandora Treinamentos
Instagram: @pandora.treinamentos