Comportamento Tecnologia

Tecnologia: um caso de amor e ódio

Mão robótica entrando na imagem pelo lado esquerdo, e mão humana entrando pelo lado direito. No centro, próximas de se encontrarem, luzes com pontos e linhas, simbolizando tecnologia, fica no meio das duas.
Karoline Teotonio
Escrito por Karoline Teotonio

Estamos conectados à tecnologia em todos os momentos do nosso dia a dia, seja utilizando o despertador, conferindo as redes sociais ou até mesmo operando o notebook no escritório.
Apesar dessa tecnologia tão presente ser uma aliada diariamente, você já deve ter sentido alguma vez uma certa “irritação” com ela, por conta até mesmo de mudanças constantes, novos modelos de celulares e notebooks lançados a cada trimestre, novidades de tecnologias que nunca foram lançadas (como, por exemplo, a Bateria em gel para notebook) ou até mesmo pelo fato de ficarmos sem o Wi-Fi ou o 4G, o que nos deixa desconectados do que está acontecendo no mundo e nos gera um estresse inevitável.

Mãos de mulher em frente a um notebook, e segurando um celular.
Pixabay/William Iven

O uso excessivo da tecnologia gera alguns efeitos colaterais. Abaixo mencionaremos alguns deles para você se atentar:

Dores nas mãos e braços: pode acontecer ao ficar muito tempo digitando mensagens de texto ou no teclado do seu notebook, inclusive rolando as várias páginas das redes sociais. Além de, em alguns casos, causarem doenças como mialgia, artrite ou, em um último nível, a tendinite.

Dores no pescoço e nas costas: atualmente utilizamos muito smartphones, seja em casa, no ônibus ou no trabalho, estamos a todo momento conectados a essa tecnologia, o que pode nos gerar dores fortes e consequências até mesmo na visão.

Insônia: utilizar o notebook ou o celular ao dormir é um dos fatores que mais atrapalha a ter uma noite bem descansada, além de afetar também a fadiga ocular.

Danos emocionais: utilizar a tecnologia com excessividade também pode acarretar depressão, sentimento de culpa, sensação de solidão, isolamento social, entre outros.

Você também pode gostar

Para te ajudar a aliviar os efeitos colaterais, sugerimos:

● Realizar pequenas pausas durante as suas atividades no trabalho.

● Exercícios de alongamento.

● No envio de mensagens, alternar os dedos utilizados para digitação, e optar por gravar mensagens de áudio.

● Adaptar o ambiente de trabalho ergonomicamente; por exemplo, utilizar apoiadores de punho e posicionar o monitor ao mesmo nível dos olhos.

● Ao utilizar o celular não olhar para baixo, mas sim na altura dos olhos sem a inclinação do pescoço.

● Realizar exercícios físicos para reduzir a possibilidade de dores no pescoço ou costas.

● Desligar o celular ou notebook duas a três horas antes de dormir.

Lembre-se: utilize a tecnologia a seu favor e com moderação. A seguir temos mais dicas simples para ajudar nesse sentido:

Dica 1 – Determine horários para utilizar os aplicativos e exclua os que não são essenciais.

Dica 2 – Em vez de ficar em frente à televisão ou assistindo a uma série, aproveite para realizar uma atividade física.

Dica 3 – Valorize as relações reais, permita-se aproveitar uma refeição com seus familiares ou ir em um parque com seus amigos.

Dica 4 – Fique de olho nos aplicativos, jogos e programas utilizados pelas crianças, além de limitar o tempo de uso.

Dica 5 – Use e abuse dos recursos positivos da tecnologia, como: aplicativos de saúde sobre dieta e exercícios, educação a distância, meios de pesquisa alternativos, consultas médicas online, aplicativos de comunicação, entre outros.

Desenho do planeta Terra, mas ao invés do oceano, os continentes são ligados por pontos e linhas, indicando redes.
Pixabay/Gerd Altmann

Já que não temos muito controle sobre a tecnologia, aproveite o post Meditação para ansiedade: Conheça os benefícios e relaxe.

Então, gostou do nosso texto? Conte para nós aqui nos comentários 😉

Sobre o autor

Karoline Teotonio

Karoline Teotonio

Tenho 29 anos, sou administradora e pós-graduada em marketing. Casada, apaixonada pela família, por praia, música, animais, academia e tecnologia.

Sou apaixonada por gravar vídeos e por escrever. Busco conciliar o conhecimento técnico a uma visão humanística sobre as coisas, sempre em busca de atuar em algo que realmente possa ser útil na vida das pessoas.

O objetivo principal deste espaço é agregar algo construtivo, seja por meio de informações e novidades tecnológicas, seja até mesmo para trazer mais leveza para o seu dia a dia.

Pretendo trazer textos, informações e reflexões que sejam enriquecedores e prazerosos aos leitores.

Contatos:
Email: [email protected]
Instagram: @karolineteotonio
Youtube: Karolesamuel