Autoconhecimento Terapias

Tire suas dúvidas sobre terapia de regressão

51769089 - professional reiki healer doing reiki treatment to young woman
Escrito por Eu Sem Fronteiras
Você já deve ter ouvido falar sobre terapia de regressão. Se ainda não conhece o tema a fundo, nesta entrevista, você pode tirar as suas principais dúvidas em relação a esse tratamento. Para exemplificar o assunto, conversamos com a terapeuta reencarnacionista Juliana Xavier, de Santa Cruz do Sul (RS). Confira a entrevista:

Eu sem Fronteiras: O que é a terapia de regressão?

Juliana Xavier: A Psicoterapia Reencarnacionista é uma terapia que tem como base a crença na reencarnação, ou seja, acredita-se que muitas causas de males que sofremos se originaram em vidas passadas e que trazemos até hoje, causando sofrimento. A Psicoterapia Reencarnacionista, além de sessões de terapia, utiliza a Regressão Terapêutica como método de tratamento.

A Regressão Terapêutica está referendada no “Livro dos Espíritos”, de Allan Kardec, na questão 399 a respeito do Esquecimento do passado, onde diz: “Mergulhando na vida corpórea, perde o Espírito, momentaneamente, a lembrança de suas existências anteriores, como se um véu as cobrisse. Todavia, conserva algumas vezes vaga consciência e lhe podem ser reveladas. Esta revelação, porém, só os Espíritos superiores espontaneamente lhe fazem, com um fim útil, nunca para satisfazer a vã curiosidade”. Portanto, a Regressão é um método terapêutico, baseado na revivência de fatos do passado, seja dessa ou de outras encarnações. Uma regressão é a rememoração do passado onde a pessoa ainda ficou sintonizada, sendo permitido a ela visualizar e reviver essas experiências.

Eu sem Fronteiras: Quem pode fazer?

Juliana Xavier: Qualquer pessoa pode passar pelo tratamento com a Psicoterapia Reencarnacionista, exceto indivíduos com problemas cardíacos, muito idosos ou grávidas. O importante é a pessoa avaliar se realmente está preparada e quais são suas motivações por trás de ir em busca dessa investigação do passado. É preciso haver responsabilidade e comprometimento, e não ser algo apenas para satisfazer alguma curiosidade.

Eu sem Fronteiras: A terapia de regressão pode ajudar as pessoas em que?

Juliana Xavier: A entender, no seu passado, a origem de transtornos, fobias, pânicos, doenças inexplicáveis e, também, a causa de traços de personalidade, de hábitos difíceis de serem lidados, assim como situações de vida que vêm se arrastando há anos. A Regressão tem 2 finalidades importantes: consciencial, que é sabermos se estamos aproveitando a nossa encarnação atual e termos a consciência do que trazemos conosco de outras vidas, além de entendermos qual a nossa missão nessa atual vivência, nossos traços de personalidade, doenças, entre outros fatores, e desligamento, onde ocorre o corte de sintonia que estamos com outras vidas, melhorando ou curando doenças e transtornos, como fobias, pânicos, depressões severas e dores físicas crônicas.

É uma terapia de puro autoconhecimento, propondo uma reforma íntima como objetivo de evolução espiritual.

Eu sem Fronteiras: Fique à vontade para escrever algo

Juliana Xavier: A Regressão Terapêutica, utilizada pela Psicoterapia Reencarnacionista, é um método totalmente ético, amparado pelo Plano Espiritual, onde em hipótese alguma se incentiva ou se induz à infração da lei do esquecimento, ao reconhecimento de pessoas e situações, a não ser que seja permitido pelos mentores espirituais da pessoa. A Associação Brasileira de Psicoterapia Reencarnacionista já está atuando em diversos estados do Brasil, e no ano de 2017 começa a ir para fora do país.


Entrevista realizada por Angelica Weise da Equipe Eu Sem Fronteiras.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para colunistas@eusemfronteiras.com.br