Autoconhecimento Terapia de Regressão

Terapia de Regressão: A Morte e os Guias para a longa jornada no Além

Tereza Gurgel
Escrito por Tereza Gurgel

Como vimos nos artigos anteriores A morte nas sociedades tradicionais, Terapia de Regressão: A morte e Terapia de regressão: A morte nas sociedades tribais, as sociedades tradicionais procuravam acompanhar a morte e o moribundo com uma série de rituais, no sentido de aplacar a angústia da separação. Para preparar os vivos a enfrentar a longa caminhada no reino do Além, vários “guias” espirituais ou “mapas” foram escritos.

Egito – O Livro dos Mortos

“Homenagem a ti, grande Deus, Senhor da Verdade e da Justiça!
Não fiz mal algum…
Não matei os animais sagrados
Não prejudiquei as lavouras…
Não sujei a água
Não usurpei a terra
Não fiz um senhor maltratar o escravo…
Não repeli a água em seu tempo
Não cortei um dique…
Sou puro, sou puro, sou puro!”
(“Confissão Negativa”- Livro dos Mortos)

O Livro Egípcio dos Mortos (“Livro de Sair Para a Luz”) é um texto que remonta ao período do Novo Império, entre 1550 a.C. e 1070 a.C. Escrito em papiros, os rolos eram colocados nos túmulos, junto às múmias. A principal função dos textos era ajudar o morto em sua viagem para o Outro Mundo, garantindo-lhe uma passagem segura para o além. O “Livro dos Mortos” tem como função dar ao morto os meios de obter três condições básicas para a sua sobrevivência no Mundo dos Mortos: as preces dedicadas às grandes divindades, a regeneração e as transformações e o domínio das forças divinas por meio do conhecimento de seus nomes secretos.

O “Livro dos Mortos” marca um momento decisivo na história não somente da literatura funerária egípcia, mas do próprio ser humano diante de questões universais como a existência de uma alma imortal, as consequências das ações terrenas em uma vida póstuma onde os justos serão glorificados e desfrutarão da vida eterna. Nele já está presente um conjunto de leis de ordem moral, no qual estão prescritas atitudes que se devem assumir durante a vida e após a morte, se realmente se deseja atingir um dia a santificação do espírito.

Grécia

Para os gregos antigos, a morte não era um momento, mas um processo que envolvia o morto, os vivos e até mesmos os deuses. Para que tudo transcorresse da melhor maneira possível e o morto chegasse ao lugar que lhe era destinado, uma série de rituais deveriam ser realizados.

shutterstock_283045877Através dos rituais e monumentos funerários os gregos procuravam evitar a perda completa da individualidade, pois assim preservavam a memória da pessoa.

Demonstrar ingratidão para com os mortos era perigoso até para a comunidade, pois o falecido poderia se queixar aos deuses e trazer uma série de catástrofes para todos, como más colheitas e infertilidade.

O corpo era cuidadosamente preparado pelas mulheres e era “velado” na casa de seu grupo familiar, provavelmente acompanhado de lamentações e cantos. Ao amanhecer, o corpo era levado até o local de sepultamento. Se a morte ocorresse longe de casa, como por exemplo durante as guerras, os rituais incluíam a cremação, ficando mais fácil o transporte dos despojos até o local final de descanso. As homenagens prosseguiam por diversos dias, com a visitação da tumba pelos familiares, a oferenda de alimentos e a renovação dos ritos. Assim, o morto seria bem acolhido no além e a ordem social seria mantida.

Os mitos gregos continham indicações sobre o que acontecia com as almas dos falecidos. Entre estes mitos, temos: a descida de Orfeu ao Hades, em busca de sua esposa Eurídice; a jornada de Teseu; o décimo segundo trabalho de Heracles (Hércules).

Leia todos os artigos da série Terapia de Regressão.

Sobre o autor

Tereza Gurgel

Tereza Gurgel

Formada em Psicologia (F.F.C.L. São Marcos - SP). Filiada à ABRATH (Associação Brasileira dos Terapeutas Holísticos) sob o número CRTH-BR 0271. Atua na área Holística com Reiki, Terapia de Regressão e Florais de Bach. Mestrado em Reiki Essencial Metafísico e Bioenergético Usui Reiki Ryoho, Shiki, Tibetano e Celtic Reiki. Ministra cursos de Reiki e atende em São Paulo (SP).

E-mail: [email protected]
Telefone: 11 987728173
Site: mtgurgel.wixsite.com/mundoholistico
Skype: tk.gurgel