Autoconhecimento

6 cobranças que você deve esquecer antes dos 30 anos

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

A famosa síndrome dos 30 anos, ou de quem está quase lá, começa a aparecer como um pesadelo na vida das pessoas. Para muitos, chegar aos 30 é algo assustador e essa sensação piora quando é colocado na balança tudo que ainda não foi conquistado. O fato é que já está mais do que na hora de esquecer toda essa bobagem, ninguém nasce com um cronograma estipulado de conquistas e realizações. Além disso, se colocarmos no papel a expectativa de vida nos tempos de hoje, chegar aos 30 anos não representa nem metade do que você ainda tem para viver.

Existem alguns pontos que as pessoas acreditam que seja necessário conquistar antes dos 30, mas entenda agora que talvez seja mais prazeroso e construtivo conquistá-los depois:

Encontrar o amor da sua vida

shutterstock_310309007

No seu grupo de amigos você é a única pessoa que ainda não encontrou alguém? Não precisa se descabelar, está tudo bem. Na faixa dos 20 anos, as pessoas ainda estão se descobrindo, planejando sonhos, metas e aproveitando todas as oportunidades que a vida proporciona, aí não sobra tempo mesmo para pensar em encontrar alguém. Ás vezes até sobra, mas primeiro você precisa se descobrir para depois se envolver. Hoje em dia, as pessoas iniciam os relacionamentos muito mais tarde, o que de certa forma pode contribuir para uma relação duradoura. Depois de uma determinada idade, as pessoas se tornam mais confiantes, mais parceiras e muito mais maduras.

Ter filhos

Se você se cobra por não ter tido filhos antes dos 30 anos, pode se considerar uma pessoa à “moda antiga”. Hoje, a maioria das pessoas optam por ter filhos depois dos 30, até porque é algo que exige muito dos pais. Que tal viajar, estudar, namorar e aproveitar um pouco sua vida sem tanta responsabilidade?

O sonho da casa própria

shutterstock_326432801

Certo, ter a sua casa é algo realmente mágico, mas o dinheiro que você vai precisar gastar também pode desaparecer como num passe de mágica. Ter uma casa não se limita “apenas” em comprar um imóvel, mas em pagar todas as contas possíveis e imaginárias com seu salário. Aproveite enquanto ainda dá tempo para gastar aquele dinheirinho extra com festas, roupas e viagens.

Ser uma pessoa mais séria

Calma, não se cobre a todo instante tentando ser o que você não é. É certo que, conforme os anos vão passando, a maturidade também deve aparecer, mas é só saber a hora certa de levar um papo sério ou de falar umas besteiras.

Ter a vida completamente resolvida

Não se iluda, até as pessoas que acreditam ter chegado aos 30 com tudo em ordem, terão surpresas por aí. Também não se sinta culpado se não souber o que quer para sua vida e se ainda não estiver definido suas metas. Na hora certa, você vai saber o que fazer.

Se você não se convenceu e ainda precisa de um consolo: a maioria das pessoas que tiveram o prazer de chegar aos 100 anos, descrevem a casa dos 30 como os melhores anos da sua vida. Algumas pesquisas e também a ciência reforçam a hipótese da década dos 30 ser surpreendente.

É importante lembrar que nem você e nem seus sonhos possuem prazo de validade, então viva e permita-se!


  • Escrito por Natália Nocelli da Equipe Eu Sem Fronteiras.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]