Autoconhecimento Coaching

6 soluções para desculpas clássicas

Marisa Bussacos
Escrito por Marisa Bussacos

Para quem quer mudar a vida atual

O que fazer com as desculpas clássicas que nos damos para não termos a vida que desejamos? Queremos mudar, sonhamos com um estilo de vida diferente, mas na hora de colocar em prática o que fazemos? Listamos uma série de dificuldades para nos impedir de mudar. Medo de dar tudo errado? Receio de sair da zona de conforto? Não importa qual é a razão nesse momento, o que está em jogo é a sua felicidade e vamos pensar aqui juntos em como resolver essa questão:

1- “Estou sem tempo”

Todos nós temos a mesma quantidade de tempo, o que nos diferencia é como usamos esse tempo. De que forma você organiza a sua rotina? Como você distingue as tarefas urgentes das importantes? Para termos a vida que de

fato queremos, muitas vezes precisamos apagar incêndios, mas é imprescindível separarmos tempo para planejar a longo prazo com metas bem definidas. Já ouviu falar da Matriz Urgente x Importante? Separe as suas atividades nas 4 categorias abaixo:

EMERGÊNCIAS: urgentes. 

METAS E PLANEJAMENTO: o quadrante mais importante, com o planejamento de desenvolvimento pessoal e profissional. 

INTERRUPÇÕES: telefonemas que distraem, reuniões sem importância. 

DISTRAÇÕES: checagem excessiva de redes sociais, televisão.

Onde se concentra a maior parte das suas atividades? Para um bom gerenciamento de tempo é interessante que estejam em METAS E PLANEJAMENTO, senão, vale a reflexão: “Realmente falta tempo na minha vida? Como posso me estruturar para minimizar as atividades emergenciais, as que me interrompem o tempo todo e as distrações?”.

2 – “Não tenho dinheiro”

Que recursos você utiliza para otimizar o uso do seu dinheiro? Muita gente diz que está sempre sem dinheiro, mas nunca fez uma tabela simples no Excel para verificar onde estão os seus maiores gastos. Vamos começar por aqui? Separe os seus custos fixos dos variáveis e deixe uma coluna para a porcentagem, assim, você visualiza quanto do seu orçamento é utilizado em cada um desses segmentos. Se não estiver satisfeito com o que constatou, onde é possível diminuir os gastos?

Depois disso, que tal usar um aplicativo para te ajudar? Sugiro o GUIA BOLSO ou o MINHAS ECONOMIAS. Dessa forma, você verá se o não dar andamento ao seu projeto de vida ideal é mesmo uma questão financeira e, se for, o que é possível fazer para viabilizá-lo? Em quanto tempo?

3 – “Pelo menos aqui eu conheço…”

Essa desculpa me faz lembrar os estudos biológicos dos sapos na água quente. Eles demonstram que sapos colocados em uma água que é aquecida aos poucos não reagem e morrem quando a água ferve. Os que são colocados numa água já fervendo pulam imediatamente. E por que estou fazendo essa comparação?

Quando tudo está mais ou menos vamos nos acostumando e ficando onde estamos, sem coragem de dar um salto. Esperamos tudo desmoronar de vez para sairmos correndo e fazermos algo a respeito, como um pedido de separação do cônjuge ou uma demissão.

Que tal agir em pequenos passos enquanto a vida ainda está razoável? Não é necessário acabar totalmente com o que existe para construir algo novo, pode ser aos poucos. O importante é ir…qual é o próximo passo que você pode dar HOJE na direção que deseja?

4 – “Meu amigo tentou e não conseguiu”

É por essa desculpa e outras questões que acredito muito num processo de Coaching. Não há receita pronta. Não há cases de sucesso para copiar. Cada um é único e cada caminho deve ser autêntico. Não é porque deu certo comigo que indico para os meus clientes seguirem o que já fiz. O que faz sentido para VOCÊ? O que VOCÊ quer de verdade? A partir disso, quais são as condições que você dará para o futuro sonhado acontecer? Separe-as nos grupos abaixo:

CONHECIMENTO: que tipo de instrução, estudo preciso buscar para a vida que eu quero? Ex: curso de empreendedorismo. 

HABILIDADES: quais habilidades preciso desenvolver? Ex: praticidade, agilidade. 

ATITUDES: como devo agir passo a passo? Ex: buscar um processo de Coaching para me planejar e me organizar. Após descobrir, comece!

5 – “Que preguiça!”

Sair da inércia é o primeiro passo para as coisas acontecerem. O movimento é essencial para alcançar resultados efetivos. Uma vida nova não cai do céu, não é mesmo? Sabe a dieta da 2ª feira? Pois bem, aqui não é o caso, o

objetivo é começar AGORA, com os recursos que você JÁ tem em mãos. Aliás, quais são eles? O que você possui que te possibilita começar a mudança? O que falta?

A dica aqui é se reunir com quem possa te impulsionar a conseguir o que falta. Sozinho fica mais difícil ter força e mantê-la ao longo do processo. Somos a média das 5 pessoas com quem mais convivemos, por isso, é importante escolher bem essas 5 pessoas: elas te ajudam no movimento? Senão, quem poderia te ajudar? Ligue, marque uma conversa, troque e-mail, peça ajuda!

6 – “Prefiro não tentar, vai que dá certo?”

De todas as desculpas listadas essa é a mais sincera! Mexer numa estrutura já existente e acomodada de vida dá trabalho! Mas conforme vamos organizando e dando forma ao futuro desejado, o medo vai se dissipando. Nem sempre encaramos uma mudança em nossas vidas por termos medo de brilhar. Estranho, não é? Mas a verdade é que nós, seres humanos, temos muito receio de “dar certo”.

É aquele conhecido discurso de posse do Mandela*: “Nosso grande medo não é o de que sejamos incapazes. Nosso maior medo é que sejamos poderosos além da medida. É nossa luz, não nossa escuridão, que mais nos amedronta. Nos perguntamos: ‘Quem sou eu para ser brilhante, atraente, talentoso e incrível?’ Na verdade, quem é você para não ser tudo isso?…Bancar o pequeno não ajuda o mundo. Não há nada de brilhante em encolher-se para que as outras pessoas não se sintam inseguras em torno de você. E à medida que deixamos nossa própria luz brilhar, inconscientemente damos às outras pessoas permissão para fazer o mesmo”.

Que tal brilharmos todos juntos? Divida aqui o seu momento e vamos nos apoiando!


*Nota: Atribuído a Nelson Mandela pelo seu discurso de posse, em 1994, mas escrito por Marianne Williamson.

Sua opinião é bem-vinda, sempre que colocada com a educação e o respeito que todos merecem. Os comentários deixados neste artigo são de exclusiva responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site.

Sobre o autor

Marisa Bussacos

Marisa Bussacos

Coach e empreendedora. Apaixonada por desenvolvimento humano, pessoas e suas complexidades. Curiosa por ideias criativas e negócios com alma. Formada como Coach no Instituto Ecosocial com base Antroposófica.

Graduei em Propaganda e Marketing pela ESPM, com formações em Comunicação Não-Violenta, Facilitação de Processos Individuais e Grupos e Empreendedorismo Feminino pelo 10.000 Women, Goldman Sachs.

Trabalhei com a capacitação e melhora da autoestima de tecelões na Índia e em Branding e Publicidade na Natura. Empreendi a Ekoa Café, um espaço cocriado para nutrir relações, onde criei a corrente do Café Compartilhado que se espalhou por outras cafeterias do Brasil.

Atualmente realizo atendimentos de Coaching individual e facilito grupos e workshops de Desenvolvimento Humano.

Contatos
E-mail: [email protected]
Skype: marisabussacos
Site: marisabussacos.com.br
Linkedin: linkedin.com/in/marisabussacos
Página Facebook: Marisa Bussacos
Instagram: @marisabussacos
Telefone: 11 98012-5716 (WhatsApp)