Autoconhecimento Coaching

A importância de correr riscos no mundo profissional

Sergio Giavoni
Escrito por Sergio Giavoni



Omedo de correr riscos bloqueia a capacidade de inventar, a liberdade, a ousadia, o novo. Há inúmeras pessoas que travaram sua inteligência e enterraram seus projetos de vida pelo medo de correr riscos. Não são conformados e nem coitados, eles almejam escalar seus objetivos, mas não ousam. Procuram transformar seus sonhos em realidade, mas se inquietam com os riscos da jornada. Reconhecem suas fragilidades, assumem suas limitações, mas não ultrapassam suas fronteiras, não decifram o ânimo interior, de fazer da sua agenda um canteiro de aventuras.

Quem arrisca para transformar seus projetos em realidade tem essa consciência: a existência é um contrato de risco. Por maiores cuidados que se tenha, diariamente inúmeros riscos nos rondam.

Risco de enfartar, de se acidentar, de enfrentar crises financeiras, de ser assaltado, de cair um avião em nossa cabeça, de escorregar na calçada, de quebrar ossos praticando esportes, de ser decepcionado pelo cônjuge, ou namorado (a), até mesmo sócios (as), de ser frustrado pelos filhos, de ser traído pelos amigos, de ter inimigos sem motivo algum, de não preencher as expectativas dos outros, de ter reações impensadas, etc.

Eliminar todos os riscos da humanidade geraria pessoas autoritárias, individualistas, agressivas, deprimidas, entediadas.

shutterstock_164849618Sem riscos a nossa capacidade psicológica não teria criatividade, intuição, inspiração, coragem, determinação, espírito empreendedor, muito menos necessidade de conquista. Sem riscos não conheceríamos o sabor das derrotas nem o paladar das vitórias, pois elas seriam um destino inevitável qualquer, não fruto de batalhas. Sem riscos não erraríamos, não choraríamos, não pediríamos desculpas e nem ajuda, não teríamos necessidade da humildade em nosso convívio intelectual.

Não deveríamos viver uma vida arriscada, radical e irresponsável. A vida é única e espetacular. Cuidar dela carinhosa e responsavelmente é a nossa maior tarefa. Mas devemos saber que realizar sonhos, conquistar pessoas e atingir a excelência profissional impõe riscos diários.

Sucesso! Felicidades! Vamos em frente!

Sobre o autor

Sergio Giavoni

Sergio Giavoni

Sócio Diretor da Harmonia Consultoria e Assessoria em Pessoas. É Economista com MBA Executivo em Administração de Empresas, Certificado em Capacitação Gerencial, Gestão Estratégica das Pessoas, Gestão Estratégica de Negócios, Palestrante Profissional, Personal & Profissional Coach, Leadership Coach, Carrer Coach, Alpha Coach, Executive Coach, Business Coach, e Analista PDA – Personal Development Analysis (Avaliação de Perfil Comportamental).

Experiência profissional executiva em bancos, ocupando por último o cargo de Superintendente Comercial da rede de agências.

Desempenha a função de Coach Pessoal, Profissional, Executivo e Business, com diversas atuações no desenvolvimento de objetivos, resultados e performance de pessoas, equipes e empresas.

Desempenha também a função de palestrante e instrutor em assuntos pertinentes à Liderança, Motivação, Engajamento, Atendimento à Clientes e Vendas.

Coordenador de Mentoria do Grupo BNI (Business Network International) Exponencial – São Bernardo do Campo – SP.

Coautor do livro “Planejamento Estratégico para a Vida” – Editora Ser Mais – Dez/2015.

Telefone: 11 4427-9604 e 11 99979-7050
E-mail
[email protected]
Sites
www.harmoniaconsultoria.com.br/
Blog
www.harmoniaconsultoriaeassessoria.com.br
LinkedIN
Sergio Giavoni
Instagram
@sergiogiavoni
Facebook
facebook.com/sergiogiavoni
Twitter
@SGiavoni