Convivendo

Acredite na força transformadora de seu pensamento

força transformadora
Zil Camargo
Escrito por Zil Camargo
Muita gente com quem converso relata sonhos que gostariam de realizar. Seja uma visita a um local especial, a prática de alguma atividade ou uma ideia de negócio. A maioria, no entanto, demonstra mais talento em colocar obstáculos no seu roteiro do que desviar deles.

Certamente muitos empecilhos são capazes de adiar nossos mais determinados planos. Diante disso, é importante lembrar que difícil não quer dizer impossível. Ao contrário, difícil é somente algo que demanda um pouco mais de esforço.

Temos um pequeno mecanismo de boicote que não nos permite perceber isso, mas também temos inteligência e recursos que nos permitem driblar as inseguranças e justificativas que usamos para desviar nossa atenção.

Colocar seus objetivos de um modo subjetivo na sua vida é um bom truque psicológico para tê-los em mente e alcançá-los. Criar um código especial e os inserir em suas senhas da internet, por exemplo, como uma criptografia.

Escolha uma palavra que retrate objetivamente seu desejo, tire as vogais ou as consoantes e assim terá seu código mental. Cada vez que acessar uma conta estará lembrando aonde quer chegar e sutilmente reforçando sua confiança nessa caminhada. 

No entanto, é preciso dar espaço para o universo trabalhar. Falar e pensar o tempo todo no mesmo assunto torna seu comportamento obsessivo. Deixar lacunas para prestar atenção em outras oportunidades, é definitivo para alcançar seu objetivo. Portanto, trate os seus pensamentos como trata seu dinheiro: sem desperdício.

O mesmo vale para pensamentos negativos. Quando foca demais no que está perdendo ou dando errado, deixa de perceber o que está ganhando e o que está dando certo. É exaustivo e uma perda de tempo.

Vamos a um exemplo prático: Quantas pessoas você conhece que estão em busca de um novo emprego? Garanto que nos dias atuais não são poucas. A economia de nosso país não está exatamente facilitando as coisas, mas a postura que se adota diante dessa adversidade também tem sua parcela de culpa.

O candidato ideal demonstra em sua apresentação de onde veio, onde está e aonde quer chegar. Tem uma postura de confiança e antes de dizer porque precisa do emprego, diz porque o emprego precisa dele.

Durante uma entrevista, quanto mais verdadeira for uma resposta, melhor. Conhecer melhor a si mesmo para responder perguntas sobre defeitos com franqueza, sem tentar com essa resposta disfarçar qualidades, do tipo “eu sempre chego muito adiantada”, é um caminho seguro.

Ser honesto com as habilidades e não ultrapassar limites confundindo relações de trabalho com relações pessoais está na lista de boa conduta. Mas isso tudo está dentro de qualquer manual. O que pode ser feito de diferente, então? ACREDITAR! 

força transformadora

São dicas que valem para procurar um emprego, comprar uma casa, realizar a viagem dos sonhos ou colocar um projeto comercial em andamento. Quando você acredita em você mesmo, todos acreditarão e as coisas começam a se encaixar.

Colocar nossa energia criativa no que fazemos e desejamos é um exercício que requer determinação, trabalho duro e persistência. Ciente disso, passamos a competir conosco e não com os outros. Nosso julgamento terá como base aquilo que temos de melhor e nossas qualidades, de fato, se expandirão.

Quando o objetivo é adquirir experiência, perspectiva e conhecimento, o fracasso não é mais uma possibilidade. É para essa direção que nosso pensamento deve estar voltado. Não há fatores externos que sejam mais poderosos que nossa perseverança. Para tudo que quisermos e em qualquer lugar que queiramos chegar, o caminho de entrada é para dentro.

A magia consiste basicamente em focar nas coisas positivas, mas antes de começar a achar que simplesmente teve sorte, lembre-se que a mágica foi você quem fez. 

Sobre o autor

Zil Camargo

Zil Camargo

Na diversidade de cada ser, é injusto com a vida, neste mar de experiência que ela concede, tentar nos definir assim, com meras palavras.

Mas dentro de mim mora alguém inspirada, sensível, às vezes curta ou grossa, ora dramática, ora objetiva.

Mãe, artesã, escritora amadora; consultora para ganhar a vida e interessada no comportamento humano.

Estudiosa de assuntos relacionados à psicanálise, filosofia e espiritualidade; uma aprendiz procurando desenvolver oportunidades em busca do bem viver.

Contato: [email protected]