Convivendo Relacionamentos

Amor, vida e liberdade!

Coração vermelho entre as mãos de uma pessoa
Stocksnapper / Getty Images / Canva
Escrito por Luis Lemos

O artigo fala sobre o amor e destaca a frase do filósofo e teólogo medieval Santo Agostinho, que diz: “Ama e faz o que quiseres”.

Tudo o que você for fazer, faça por amor. Tudo o que for pensar, pense por amor. Tudo o que for desejar, deseje por amor. Tudo o que for esperar, espere por amor. Tudo o que for sonhar, sonhe com amor!

O amor acontece quando desejamos, queremos e lutamos por ele. O amor não é uma entidade estanque, a qual que está ali na nossa frente e, quando precisamos, vamos lá e a pegamos. Não. O amor é luta, conquista.

Quem ama faz a história acontecer, não fica parado, alheio aos acontecimentos. Quem ama de verdade cuida, zela, educa.

O amor é o mais nobre sentimento humano. Não existe outro sentimento que nos faça mais humano do que o amor. O amor cura!

No amor, não há problema. O único problema é não amar. O amor identifica quem é da verdade e quem é da mentira. O amor constrói pontes, sonhos, realizações. O amor salva!

Quem ama verdadeiramente não vive na mentira. Tudo compartilha. Tudo pondera. O amor torna as pessoas acolhedoras, tolerantes e flexíveis. Quem ama é livre, fraterna, acolhedora, doce, feliz!

Quem não ama é infeliz, vive reclamando de tudo e de todos: do mundo, do clima, dos governos, do Sol, da chuva… Pode reparar, quem reclama muito da vida é porque não tem ou não viveu um grande amor!

Mulher segurando um coração de papel sobre o rosto
AnaBGD / Getty Images Pro / Canva

Amar significa ser simples, olhar a vida com positividade. Quem ama sempre enxerga o melhor no outro. É positivo. Não vive reclamando de tudo e de todos. O amor nos liberta das dores do mundo!

Como dito anteriormente, gosto muito desta frase do filósofo e teólogo medieval Santo Agostinho: “Ama e faz o que quiseres”. Isso mesmo, a essência do amor é a liberdade. Quem ama é livre!

Quem ama é cordial, educado, flexível e não vive somente para si, pois pensa sempre no outro e nunca somente em si. Ao contrário, quem não ama é intransigente, grosseiro, intolerante; vive culpando os outros!

Você já se perguntou por que a palavra amor é a mais cantada e decantada por poetas, cantores e escritores na literatura mundial? Será por que o amor é uma conquista, e não um dom?

Ser tolerante, empático, acolhedor, reflexível etc. são atitudes que demonstram que você é uma pessoa amorosa. Ter fé e esperança também! Em tudo, a oração nos coloca em outro patamar!

Você também pode gostar:

Quem ama de verdade ora pelos seus e pelos inimigos. “Tu, quando orardes, entra no teu quarto e fecha a tua porta, ora ao teu Pai, no segredo, e o teu Pai, no segredo, te recompensará” (Mt. 6,6).

Por fim, estar em comunhão com Deus é o caminho mais curto para a felicidade humana, para o amor, para o respeito mútuo, para a justiça, para o perdão… E viva o Amor! Viva a vida! Viva a liberdade!

Sobre o autor

Luis Lemos

Filósofo, professor universitário e escritor, autor dos livros: O primeiro olhar – A filosofia em contos amazônicos (2010); O segundo olhar – A filosofia em temas amazônicos (2012); O terceiro olhar – A filosofia em lendas amazônicas (2014); O homem religioso - A jornada do ser humano em busca de Deus (2016); Jesus e Ajuricaba na terra das Amazonas - Histórias do universo amazônico (2019).

Email: luisc.lemos@hotmail.com
Instagram: @professorluislemos
Facebook: professorluislemos
Twitter: @luisclsilva
Youtube: Luis Lemos