Atividades Físicas Convivendo Life Coaching

Aprendendo a andar de bicicleta pela cidade: primeiros passos

Close-up image of cyclist man hands on handlebar riding bike in city street face is not visible.Young man riding bike in city bridge near river.View from bikers eyes.
Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Transporte público ruim, trânsito e o desejo de uma vida saudável estimulam o uso da bicicleta como meio de transporte. Os motoristas também querem trocar o carro pela bicicleta e eles estão certos! Pesquisadores das Universidades de Lund e Queensland, em Copenhague, na Dinamarca revelam que andar de bicicleta é 6 vezes mais barato.

O número de ciclistas urbanos só cresce e a cidade de São Paulo reflete isso. A Semana da Mobilidade de 2015 revelou que 70% dos paulistanos usam bicicleta 5 vezes por semana e o trajeto de 62% supera os 5 quilômetros. Pesquisa realizada pelo IBOPE e CET aponta que o número de ciclistas aumentou 66% em relação a 2015.

Você enfrenta uma odisseia diária para se deslocar e quer usar a bike todos os dias? Não pense que é só pegar e sair por aí, você tem que se planejar. Elaboramos um tutorial de como andar de bicicleta na cidade com tudo que você precisa saber. Vamos lá?

Escolha da bicicleta

Escolher bicicleta é igual escolher roupa ou sapato: tem que ser do seu tamanho. Alguns modelos de bike possuem tamanhos: pequeno, médio e grande. Você deve experimentar o modelo para ver qual se alinha com o seu físico.

Para pedalar na cidade, especialistas indicam a bike urbana com 21 marchas. O modelo é apropriado para subidas e descidas. Modelos com cestinha são bons porque deixa as costas livres. Os que têm rodas com parafuso facilitam na hora de trocar os pneus.

Equipamentos de segurança

Os capacetes, indispensáveis para a segurança devem ser abertos com uma pala dianteira. Veja algumas dicas para escolher o seu:

  • Prove todos os modelos de capacete e fique alguns minutos com ele na cabeça;
  • O capacete não pode ficar nem muito apertado nem frouxo;
  • O modelo ideal fica a 2 dedos de distância sobre as sobrancelhas;
  • Ao olhar para cima, a borda da pala não pode ficar muito à vista;
  • Veja o interior dele e verifique o sistema de fixação, se está pronto para colocação.
Planejamento

Não queira andar 5 quilômetros logo de cara! Trace rotas simples, com poucas paradas em ruas planas. Outra dica para começar a andar de bicicleta nas cidades é pedalar acompanhado.

Peça ajuda de associações de ciclistas urbanos para ajudar você neste começo. Quer uma sugestão? Clique em “Quero ajuda para pedalar” e preencha um breve cadastro.

Segurança no trânsito

Os ciclistas são figuras frágeis no transito. Uma das situações mais perigosas para eles é passar por uma ponte, por isso, especialistas explicam que eles devem aumentar a velocidade, ocupar a pista e sinalizar claramente suas manobras. Confira outras dicas de segurança:

 

  • Não ande perto da calçada: um dos maiores perigos para quem anda de bicicleta. Especialistas recomendam a ocupação de 1/3 da via;
  • Não fique na contramão: muitas pessoas pedalam na contramão e sofrem acidentes graves;
  • Não ande na calçada: se for necessário, desmonte a bike e tenha cuidado com as pessoas;
  • Sinalização: use roupas claras, faça gestos, olhe para os motoristas antes de fazer manobras e use luzes e refletores durante a noite.

 

E aí, ficou entusiasmado? Coloque nossas dicas em prática e depois nos conte tudo.


Texto escrito por Sumaia de Santana Salgado da Equipe Eu Sem Fronteiras

Sua opinião é bem-vinda, sempre que colocada com a educação e o respeito que todos merecem. Os comentários deixados neste artigo são de exclusiva responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]