Autoconhecimento

Bom mesmo é amadurecer

Silhueta de homem erguendo os braços para cima durante por do sol
patrickheagney / Getty Images Signature / Canva
Escrito por Geise Machulek

Acredite, chega uma fase na vida em que você já não se preocupa tanto com o que vão pensar ou falar sobre você. Você simplesmente toca sua vida, segue seu caminho e realiza seus projetos sem se importar com o peso da opinião alheia.

É quando você começa a entender que certas coisas têm o tempo certo para acontecer e que não adianta tentar acelerar o processo, nem pular etapas colocando ‘o carro à frente dos bois’, pois você faz a sua parte no processo e pronto.

Bem-vindo à fase do viver mais leve, porque bom mesmo é amadurecer!

Sinais de que você amadureceu:

1) Você já não age por impulsividade

Pondera muito bem a consequência de suas atitudes para o futuro e já não permite que um minuto de ira e ações inconsequentes atrapalhem sua vida.

2) Tem humildade e respeita limitações

Mulher feliz tomando uma xícara de café
Jacob Lund / Canva

Você reconhece e tem consciência de suas próprias limitações e respeita as limitações dos outros. Entende que ninguém é perfeito, nem você.

3) É autoconfiante

Nessa fase da vida, você dispensa situações que clamam por autoafirmação, típica de pessoas inseguras.

Não precisa ostentar nada, nem coisa alguma, pois você sabe o seu devido valor.

Já viu muita gente se endividar comprando coisas que não precisava, com o dinheiro que não tinha, para mostrar aos outros que era uma pessoa de sucesso. Você já se deu conta de que sucesso mesmo é fazer o que gosta e ter mais tempo para aproveitar a vida.

4) Aprendeu com seus erros

Compreende que somos todos seres em constante processo de evolução e aprendizado, não sabe tudo, está sempre aberto ao novo. Ademais, reconhece suas falhas e tira verdadeiras lições de uma experiência ruim.

5) Escuta mais do que fala

Aprendeu a dominar o ego e, desde então, as conversas não giram apenas em torno do seu próprio umbigo. Aprendeu a dedicar atenção quando alguém realmente precisa conversar com você.

6) Não julga os outros pela aparência

Amigos conversando no quintal
g-stockstudio / Getty Images Pro / Canva

Julgar um livro pela capa, julgar uma pessoa pelas roupas que ela veste ou pelo carro que dirige são atitudes que já não lhe pertencem mais. Você não faz parte daquele grupinho que mede o sucesso das pessoas pelo carro que dirige, nem pelo celular que usa, tampouco pela casa onde vive. Cada ser humano é único e seus valores não estão estampados em uma etiqueta de compra, e sim no seu íntimo e na maneira de tratar as pessoas e lidar com o mundo ao seu redor.

7) Você não negligencia a própria saúde

A essa altura, você já sabe bem o que é bom para sua saúde e o que é prejudicial, busca fazer escolhas saudáveis com foco em sua qualidade de vida e isso inclui manter sua rotina de atividades físicas, alimentação mais saudável e exames médicos em dia.

8) Aprecia a própria companhia

Não é sobre solidão ou sobre estar só na multidão, é sobre aprender apreciar a beleza e o prazer de momentos de paz e de tranquilidade em sua própria companhia.

Você também pode gostar

Não, definitivamente maturidade não está diretamente ligada à idade, pois é sobre entender o sentido da vida, o seu papel no mundo, o que realmente é importante para você e o que já não faz mais sentido algum. Be happy!

Sobre o autor

Geise Machulek

Nutricionista, terapeuta corporal, mestre em psicologia, pós-graduanda em nutrição clínica, ortomolecular, biofuncional e fitoterapia.

Uma aprendiz de cerâmica manual, fotografia e restauro de antiguidades, amante das coisas simples da vida. Autora do livro “Autoimagem Corporal”, Editora NEA (Novas Edições Acadêmicas), e “Antologias Poéticas”, Editora Beco dos Poetas e Câmara Brasileira de Jovens Escitores (CBJE).

Contatos:

Email: geisedeoliveira@gmail.com
Site: panaceiaagridoce.blogspot.com/