Sagrado Feminino

Camomila: um presente para o feminino

Xícara de chá em uma mesa
freestocks.org/Pexels
Juliana Luz
Escrito por Juliana Luz

Engana-se quem só enxerga a camomila como uma frágil flor. Por trás de toda sua doçura e sua delicadeza existe uma das mais antigas ervas, detentora de uma força de cura como poucas. Utilizada como prova de bruxaria durante a inquisição, é indicada para tratar desequilíbrios físicos, como cólicas de bebês e doenças sexualmente transmissíveis, bem como desequilíbrios emocionais femininos, como dores da alma e a limpeza de memórias uterinas. Seu nome oficial é Matricaria, que significa “útero”, trazendo imediata conexão dessa doce erva com todos os mistérios femininos.

É um presente da mãe terra a todas nós, mulheres, como um bálsamo que nos auxilia a transformarmos dores, medos, culpas, humilhações e traumas dessa e de outras vidas que estão guardadas em nosso ventre. Passada de mãe para filha e de avó para neta, compartilhar sua sabedoria é uma forma de agradecer toda a generosidade e o amor com que a camomila nos acolhe. Conectarmo-nos com nossa mais pura essência é a sagrada vontade dessa delicada flor.

Mulher segurando xícara
Valeria Boltneva/Pexels

Mas, afinal, pra que serve a camomila? Fisicamente, diminui cólicas menstruais e sintomas da TPM, é ansiolítica, calmante e cicatrizante. Energeticamente, conecta-nos à nossa força e ao nosso brilho, cicatriza feridas emocionais, limpa memórias ancestrais e, sobretudo, liberta-nos de culpas que pesam em nossos ombros: culpa por trabalhar demais, culpa por deixar os filhos, culpa por não trabalhar, culpa, culpa e mais culpa que nós mulheres carregamos sem necessidade. É uma erva neutra, então pode ser utilizada por todas as idades e de diversas formas: chá, banhos, escalda-pés, banhos de assentos e vaporização uterina. Seu óleo essencial ameniza o estresse e dores musculares tensionais. É uma das ervas que possui todos os aspectos da Deusa, trabalhando, dessa forma, nossas facetas de feiticeiras, anciãs, guerreiras e mães. A camomila é pura cura, alquimia e força do feminino em ação.

Para se conectar à energia amorosa da camomila, uma sugestão é consumir sua infusão durante 21 dias seguidos. Uma xícara do chá adoçado com mel na hora de dormir já é o suficiente para uma “conversa” com a camomila. Intua e se permita ouvir o que a doce e corajosa camomila traz pra você.

Modo de fazer:

Esquente 250 ml de água filtrada. Assim que começarem a surgir as primeiras bolhas, desligue e adicione um punhado da camomila seca. Deixe em infusão por 10 minutos. Após esse tempo, coe e adoce com mel.

Você também pode gostar

“Permita que a camomila, amorosamente, transforme suas dores, expanda sua força e reative seu poder interno“

Sobre o autor

Juliana Luz

Juliana Luz

Nutricionista, terapeuta holística e astróloga. Atende em consultório com aconselhamento terapêutico, é facilitadora de cursos de gastronomia saudável, nutrição energética, autoconhecimento, ginecologia natural e círculos de mulheres, sendo uma das idealizadoras do projeto “Lua Azul - Despertar do Feminino”.

Pioneira em Nutrição Energética no Brasil e uma das sócias da empresa Cozinha da Iaiá – Geleias Terapêuticas .

Difunde a ideia de que o alimento nutre, não somente o corpo físico, como também fortalece a alma, por meio do equilibro físico, emocional e energético.

Contatos:

E-mail: [email protected]
Facebook: Cozinha da Iaiá | Julliana luz | Julliana Luz Terapeuta
Instagram: @cozinhaiaia | @jullianaluz_terapias
Celular : 11 9 4811 9149 (WhatsApp)
Site: www.nutricaoenergetica.com.br (Em breve)
Youtube: Julliana Luz Terapias