Ervas e Chás Receitas

Chá para ansiedade

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Nos dias atuais, já se sabe que o transtorno de ansiedade é um problema real que deve ser diagnosticado para que, enfim, lhe seja destinado o devido tratamento. Seus sintomas são caracterizados por uma preocupação persistente, excessiva e profunda, bem como o medo de determinadas situações cotidianas. Durante uma crise, a frequência cardíaca costuma elevar-se e uma sensação de intensa exaustão passa a ser perceptível, bem como sudorese, falta de ar, gagueira, desmaios, insônia, tontura e tremores.

São inúmeros os fatores que corroboram com o transtorno de ansiedade, dentre eles o estresse psicológico provocado por rotinas exaustivas, preocupação intensamente voltada a determinados assuntos (problemas na escola, dificuldades no trabalho, obstáculos na vida amorosa etc.), traumas ocorridos na infância, fatores genéticos (a ansiedade pode ser hereditária), uso excessivo de substâncias como nicotina, bebidas alcoólicas ou drogas. Por conta de questões hormonais femininas, são as mulheres o maior público afetado pela ansiedade, consistindo no dobro da quantidade de homens ansiosos.

Mulher ansiosa deitada no sofá e olhando para o telefone esperando ele tocar. Ela está de roupão rosa.

Essa doença torna o indivíduo seu refém, que pode apresentar crises a qualquer momento. A sensação é de constante pânico em relação a algo que pode ou não acontecer.

Em um estágio moderado, a ansiedade é um fator determinante para liberar uma descarga de adrenalina e tornar nosso cérebro alerta perante ocorrências desconhecidas e imprevisíveis. Quando excessiva, o efeito é completamente contrário e passa a ser considerada patológica, necessitando de tratamento.

Você também pode gostar

Segundo um levantamento realizado em 2018 pela Organização Mundial da Saúde (OMS), o Brasil é o país com maior número de ansiosos do mundo. Cerca de 18,6 milhões de brasileiros foram diagnosticados com esse transtorno e sofrem diariamente com seus sintomas.

O tratamento da doença deve sempre configurar proporcionalidade à sua intensidade. Consultas terapêuticas a um psicólogo costumam ser unanimidade durante esse processo, mas também pode-se mostrar necessário o acompanhamento psiquiátrico para tratamento com ansiolíticos ou antidepressivos, que agem amenizando e controlando os sintomas da doença no cérebro.

Mulher deitada na cama. Ela está acordada e olhando para o despertador que está ao lado dela sobre um criado mudo. Ela está ansiosa e não consegue dormir. O relógio marca três da manhã.

Além desse acompanhamento ser de extrema importância, algumas ferramentas naturais podem ser muito bem-vindas para que a ansiedade seja mantida sob controle. Práticas meditativas induzem o relaxamento do corpo e da mente, bem como a yoga, a dança e os demais exercícios físicos, que agem como eficazes complementos para que os níveis de estresse sejam diminuídos e, consequentemente, o ansioso passe a retomar sua qualidade de vida.

Na própria natureza existem diversas ervas e plantas de usos medicinais que retraem os sintomas da ansiedade. A camomila, por exemplo, é uma das mais famosas quando o assunto é calmaria e relaxamento. A lavanda, além de proporcionar um delicioso perfume no ambiente em que é preparada, também ativa no corpo propriedades relaxantes. Há quem aproveite dos presentes da terra utilizando incensos, aromaterapia e óleos essenciais, que são boas maneiras de se usufruir dos benefícios de determinadas ervas por meio do olfato. Entretanto, que tal convidar seu paladar para participar?

Beber da calmaria da natureza pode ajudar a equilibrar seus níveis de ansiedade a qualquer hora do dia. Apenas preparar uma xícara de chá já pode ser uma deliciosa atividade terapêutica. Sentir a efervescência do copo transportar-se para sua boca, a infusão de plantas sendo convidada para dentro de seu corpo e renovando suas células…Tudo isso é possível experimentar quando consumimos chá.

Descubra alguns dos chás que serão perfeitos para controlar a ansiedade!

Xícara de vidro com chá de camomila. A xícara está sobre um pires também de vidro, decorado com margaridas e hortelã.

Chá de camomila:

O chá de camomila é o mais conhecido quando o assunto é relaxamento. Além de aliviar o estresse, ele também é ótimo para insônia e conta com propriedades tranquilizantes para nossa mente e nosso corpo.

Para prepará-lo, disponha as flores de camomila em uma xícara e, em seguida, despeje água quente. Após o tempo de infusão – três minutos -, coe e sirva.

Jarra de vidro com chá de erva cidreira. A jarra está sobre uma mesa de madeira na cor branca. Ao lado da jarra, folhas de cidreira e um pratoo branco também com a erva.

Chá de erva cidreira:

Outra boa opção para tomar antes de dormir é o chá de erva-cidreira (ou melissa, como também é conhecido) é perfeito para aliviar as crises de ansiedade.

Adicione as flores de erva-cidreira em água fervente e deixe em infusão por cinco minutos. Tampe o recipiente para concentrar as propriedades da erva. Coe e sirva.

Chá de Valeriana pronto para ser servido em uma xícara de vidro. Ela está sobre um pires decorado com canela de pau e a erva do chá.

Chá de valeriana:

Para adormecer mais rapidamente, o chá de valeriana é a alternativa perfeita. Suas folhas carregam consigo o poder do relaxamento e, para preparar essa deliciosa bebida, deve-se acrescentar uma colher de chá de raízes e caule de valeriana e mantê-lo em infusão por cerca de cinco minutos. Feito isso, basta coar.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]