Autoconhecimento

Coisas que nunca se deve esquecer sobre si mesmo

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Pode ser realmente difícil ser feliz nas temidas selvas de pedra – que, apesar de temidas, fazem parte do nosso dia a dia. É difícil se concentrar em sonhos e vontades próprias com tantos afazeres, obrigações e preocupações.

Mas, algumas características pessoais podem nos ajudar a lembrarmos da nossa própria felicidade e nos lembrarmos também que, se nós não corrermos atrás dela, ninguém o fará por nós.

Sofo Archon escreveu um artigo a respeito dessas características e o publicou em seu site, o The Unbounded Spirit. O texto original está em inglês, mas o Eu Sem Fronteiras traduziu o artigo na íntegra para vocês, que podem lê-lo, em português, abaixo. Leia e resgate o caminho à sua própria felicidade e paz interior.

Três coisas que você nunca deve esquecer sobre você mesmo
Por Sofo Archon

A maioria de nós, concentrados em vencer as correrias e agitações da vida, tende a esquecer-se de algumas características básicas sobre nós mesmos, que são de extrema importância para viver uma vida de alegria e satisfação.

Esquecer esses itens essenciais nos deixa preocupados, tristes e vazios. Ao lembrá-los, nós podemos mudar imensamente e de forma muito profunda a maneira como vivemos.

Aqui estão as três características fundamentais sobre si mesmo que você deve se certificar de nunca esquecer.

1. Sua criança interior

Quanto mais crescemos e nos tornamos mais velhos, mais temos a tendência de esquecermos a nossa criança interior. Não ser capaz de deixar o passado para trás e estar constantemente preocupado com o futuro é uma característica presente na personalidade de muitos adultos, bem diferente de como costumávamos fazer quando crianças.

Nós não brincamos mais – nós nos tornamos muito sérios, estando sempre focados exclusivamente em nossos trabalhos, quanto dinheiro conseguimos fazer e as posses que podemos comprar.

Nós não fazemos atividades ou compramos coisas porque gostamos daquilo de fato, mas somente porque nós esperamos alguma coisa disso tudo. Absolutamente nada surpreendente, nós experimentamos imensa tristeza e miséria. E somente quando nos encontrarmos com a nossa criança interior, nós seremos capazes de brincar de novo, viver um momento divertido, rir e aproveitar cada momento que a nossa existência nos permite aproveitar.

2. A sua singularidade

Muitas pessoas pensam que não são importantes, que não tem qualquer tipo de beleza e contribuição para esse mundo e, portanto, sentem que a vida não tem significado e propósito.

A verdade, no entanto, é que cada ser humano é único da sua própria forma e é exatamente isso que dá beleza à existência – afinal, se fôssemos todos iguais a vida seria pura monotonia, muito chata e entediante.

É claro que você, assim como qualquer outro ser humano vivo no planeta, não é perfeito, mas você é, sim, único e pode oferecer inúmeras qualidades e talentos ao mundo, que pode ter um impacto muito positivo por isso.

3. Sua parte na natureza

No mundo moderno, onde as pessoas vivem em cidades grandes de concreto, como metrópoles e megalópoles, elas se sentem alienadas e desconectadas com a natureza. Sentem-se separadas disso e, por isso, não conseguem se relacionar com esse mundo natural.

Porém, uma vez que somos intimamente conectados com a natureza, mesmo que não consigamos perceber isso conscientemente, isso tem grandes e negativas consequências para a nossa felicidade e bem-estar, como as pesquisas psicológicas provam constantemente. Ou seja, se viemos da natureza, não podemos nos afastar tanto dela.

Então, ao passar certo tempo na natureza, nós podemos resgatar esse senso de conectividade e começaremos a nos sentir melhor no mesmo instante que fizermos isso. Nos sentiremos mais calmos, mais felizes e em paz com nós mesmos e com aqueles que nos rodeiam.


Texto escrito por Giovanna Frugis da Equipe Eu Sem Fronteiras.

Sua opinião é bem-vinda, sempre que colocada com a educação e o respeito que todos merecem. Os comentários deixados neste artigo são de exclusiva responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]