Comportamento Convivendo

Como é feita a celebração do dia de ação de graças

Imagem de uma linda mesa pronta e decorada para celebrar o dia de ação de graças.
Shawn Karami / Pixabay
Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Em algum momento da vida você ouviu falar sobre o Dia de Ação de Graças dos Estados Unidos e do Canadá. Mas ele também é celebrado em algumas ilhas do Caribe, na Libéria e na Holanda.

O sentimento que se deseja na comemoração é o de reconhecimento por tudo o que se recebeu durante o ano. É o de gratidão. Algumas pessoas costumam agradecer, inclusive, pelos percalços, porque acreditam fortemente que eles também são dádivas e permitem fazer evoluir, portanto, são um aprendizado.

Nesta data, muitos sentimentos surgem com a gratidão, como amor, amizade, esperança, alegria, união e paz e estão presentes na reunião entre familiares e amigos, na qual é comum se fazer uma prece antes do pequeno banquete a ser compartilhado entre todos, que demonstra abundância, não só gastronômica, mas também de boas energias.

Para a economia, principalmente nos Estados Unidos, o Dia de Ação de Graças mobiliza as pessoas a se deslocarem pelo país e incentiva a todos os setores do segmento de Turismo. Tem o início do período das compras que antecedem o fim do ano.

Conheça mais sobre essa celebração centenária que é uma das mais emblemáticas, principalmente nos Estados Unidos e no Canadá!

Origem do Dia de Ação de Graças

Os colonos ingleses de Plymouth em Massachusetts, nos Estados Unidos, em 1621, celebraram o primeiro Dia de Ação de Graças numa festa de outono (Hemisfério Norte) para agradecer a Deus pela boa colheita de milho do verão. Foram feitas ceias ao ar livre que incluíam no cardápio peru, pato, peixes e milho.

O presidente dos Estados Unidos, Abraham Lincoln, declarou a quarta quinta-feira do mês de novembro, em 1863, como o Dia Nacional de Ação de Graças. Mas a data só se tornou feriado em 1941.

Imagem de uma decoração para celebrar o dia de ação de graças. Trata-se de uma carroça de madeira escura e sobre ela um cesto e palha com flores e três tipos de abóbora.
Bernswaelz / Pixabay

Desde então o Dia de Ação de Graças ou Thanksgiving Day vem sendo celebrado nos Estados Unidos, na última quinta-feira do mês de novembro, antecedendo a “Black Friday”, a sexta-feira de descontos e promoções.

Embora a origem não seja confirmada pelos historiadores, a primeira celebração do Dia de Ação de Graças no Canadá foi em 1578, numa festa organizada pelo militar inglês Martin Frobisher para agradecer a Deus por ter sobrevivido a uma longa expedição em busca de caminhos para o oceano Pacífico. Desde então, a data vem sendo comemorada na segunda segunda-feira do mês de outubro, porque no mês de novembro as temperaturas podem atingir menos de zero grau.

Muito a celebrar

O Dia de Ação de Graças reúne a família em torno da mesa para o jantar ou para a ceia. É um dia de agradecimento pela vida, pelas dádivas de Deus, pela solidariedade entre as pessoas, por tudo o que elas têm de melhor e pelos bons acontecimentos do ano.

Há missas, orações, desfiles, jogos de futebol americano, encenações teatrais sobre os ancestrais pioneiros, índios americanos, camponeses e pessoas que trabalham com a terra e tornam a nação uma referência de prosperidade.

Imagem de uma linda mesa de madeira e sobre ela alimentos diversos para celebrar o dia de ação de graças.
Yinan Chen / Pixabay

A “Macy’s Thanksgiving Parade”, em Nova Iorque, é uma das mais conhecidas e teve início em 1924. O evento é produzido por cerca de 10 mil pessoas, atrai três milhões e meio para as ruas de Manhattan e 50 milhões de pessoas acompanham a transmissão do desfile pela televisão.

Há também ações de solidariedade em todo o país e as famílias celebram com bebidas, principalmente a cidra e comidas típicas como o tradicional peru, a torta de abóbora, o purê de batatas, a batata-doce, as maçãs, as nozes, os cookies e outras.

Turkey Day

O prato principal do Dia de Ação de Graças é o peru, por isso, a data foi apelidada como Turkey Day ou Dia do Peru.

Segundo levantamento conduzido pelo canal de TV americano ABC, cerca de 46 milhões de perus foram consumidos no Dia de Ação de Graças, no ano de 2016.

Imagem decorativa de uma colheita de alimentos demonstrando a forma de agradecimento e comemoração ao dia de ação de graças.
Bernswaelz / Pixabay

Durante as comemorações do Dia de Ação de Graças há o chamado “perdão do peru”, quando o presidente dos Estados Unidos em exercício escolhe dois perus para não serem abatidos. O costume teve início em 1947.

A fúrcula, osso do peito do peru semelhante a uma forquilha, é usada como amuleto da sorte. Uma pessoa segura de um lado do osso e a outra do outro, tentando separá-lo. O que ficar com a maior parte terá sorte durante todo o próximo ano. A origem dessa brincadeira é etrusca e foi difundida no mundo pelos romanos.

No Brasil

Foi no governo do presidente Eurico Gaspar Dutra que a Lei nº 781 de 17 de agosto de 1949 institui o Dia de Ação de Graças no Brasil, a ser comemorada na quarta quinta-feira do mês de novembro. Entretanto aqui no país não há a tradição desta celebração e poucas pessoas conhecem sobre essa lei.

Você também pode gostar

Ainda que nossa tradição não seja comemorar o Dia de Ação de Graças, podemos incluir na nossa celebração de Natal ou de Réveillon, a ideia de fazer um balanço sobre tudo o que alcançamos durante o ano e ter um olhar de gratidão, de carinho e de compaixão. Podemos refletir sobre como agimos para construir um mundo melhor e mais próspero e talvez, repensar o consumo do período para torná-lo mais inteligente e menos predatório.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]