Convivendo

Como é o 1º hospital público veterinário de Porto Alegre

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras
O cuidado envolvendo os animais tem aumentado e prova disso foi a inauguração, no final de 2016, do primeiro hospital público veterinário de Porto Alegre (RS). O Hospital Veterinário Victória está localizado na Lomba do Pinheiro, no limite entre a capital e Viamão.

Ele vai atuar no atendimento de animais de rua. Muitos destes animais são vítimas de maus tratos e as ONGs que os recuperam precisam contar com a ajuda de clínicas veterinárias, para cobrir os gastos, e da população que faz doação de materiais. O hospital é destinado também para aqueles donos de cães e gatos que não têm condições de pagar tratamento para seus animais. Não é realmente uma bela iniciativa?

Atender aos que mais precisam

O empreendimento foi construído pelo empresário Alexandre Grendene e leva o nome de sua filha Victória. O hospital veterinário deve atender a cerca de 270 animais por dia. Mas somente este número poderá se confirmar no dia a dia para ver como tudo vai funcionar. Até porque se acredita que este número deva ser maior, isso porque serão incluídos procedimentos de média e alta complexidade.

Foto: Omar Freitas / Agencia RBS

O hospital veterinário ainda conta com cinco blocos cirúrgicos, quatro consultórios, uma unidade de tratamento intensivo, banco de sangue e centros de fisioterapia e quimioterapia. É uma boa estrutura para atender àqueles que mais precisam: gatos e cachorros abandonados ou vítimas de maus tratos.

A iniciativa é comemorada por muitas ONGs de proteção aos animais. É possível que, nesta região, as ONGs possam “desafogar” o número de animais e assim trabalhar apenas na recuperação e acolhida nas ruas, deixando os tratamentos por conta do hospital veterinário. A obra representa um avanço. Nesta época em que se houve tanta notícia triste e pesada, esta merece ser comemorada. Afinal, os pets agradecem!


Escrito por Angélica Weise da Equipe Eu Sem Fronteiras.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]