Energia em Equilíbrio

A sensitividade dos gatos

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Muitas pessoas julgam os gatos como animais preguiçosos e individualistas, porém esse animalzinho possui fortes poderes de espiritualidade, que colaboram para atrair boas energias para seus donos e ambientes

Os gatos são animais sensitivos, capazes de absorver toda energia negativa que carregamos ou que está presente no ambiente em que vive. Ele as elimina enquanto dorme, por isso, quando há muitas pessoas numa casa e apenas um gato, ele fica muito “carregado”. Ás vezes é possível que ele não consiga eliminar toda essa negatividade, que tende a se transformar em gordura, tornado-os obesos.

Quando estamos com algum problema em nosso corpo eles são capazes de sentir. Então, deitam-se sob a parte do corpo que está prejudicada, sugando toda energia negativa que está ali. Se eles se deitam e logo se levantam é porque sentiram que já conseguiram eliminar o problema e se recolhem para descansar. Os gatos têm o poder de transformar energia negativa em energia boa.

Apesar de muitas pessoas alegarem que gatos são apegados à casa e não as pessoas, saiba que eles são verdadeiros protetores de seus donos. Na hora que dormimos, por exemplo, tendem a dormir em nossa cama para afastar qualquer espírito indesejável ou carga negativa que queira nos pegar. Por isso, se sentirem que estamos bem, eles não dormirão conosco. Se for a sua casa alguma pessoa que não lhe queira bem, o gato ficará ao seu redor te protegendo, evitando que nenhum mal atinja você.

shutterstock_202297768

Você também pode gostar:

Os gatos enxergam o lado interior dos humanos, são capazes de perceber seus sentimentos e verdadeiras intenções. Por exemplo: se o carinho for dado com medo, ou maldade interna, ele percebe o receio e se afasta. O homem não sabe enxergar os gatos, mas os gatos sabem ler o homem. Eles sentem desarmonia, solidão, estresse e tentam atuar para amenizar esses conflitos.

Por sua autonomia e forte personalidade, muitas vezes são julgados como egoístas e individualistas, mas, pelo contrário, são muito companheiros e fiéis. Algumas pessoas acreditam inclusive no seu poder de cura, que desde a antiguidade era usado por curandeiros e alguns faraós.

Foto do rosto de um gato preto com olhos verdes.

Se passarmos a observar o comportamento dos gatos, podemos aprender muitas coisas com eles, como: se alongar e exercitar todos os músculos, aproveitar a hora do sono para relaxar totalmente o corpo e ter dedicação e carinho ao próximo. Também é possível compreender alguns avisos do gato, como por exemplo:

Agressividade: Essa não é a característica dos gatos. Se o seu bichano estiver assim, pode estar relacionado à carga negativa presente no ambiente. Ele está avisando que não está conseguindo dar conta sozinho.

Deitar sob as quatro patas: pode ser sinal da chegada de uma tempestade.

Limpar as patas e rosto: chegada de uma visita em breve.


Texto escrito por Carolina Peixoto da Equipe Eu Sem Fronteiras.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]