Doutrina Espírita Espiritualidade

Confiança

Será que podemos ainda confiar em alguém?

Esta pergunta é pertinente em quase todos os diálogos. O ser humano perdeu a confiança no próximo e até em si próprio. Quantos afirmam ao enfrentarem um desafio: não consigo fazer isto. Quantos nem ao menos tentam, para se dar o direito de acertar ou errar?

Estamos à mercê de uma onda densa de negatividade que a tudo impregna seu pessimismo e desconfiança. O senso moral foi denegrido dando lugar às vantagens promissoras. A fidelidade foi abolida em nome do direito de expressão. O companheirismo desaparece deixando tantos na solidão.

Olhamos à volta não a procura do belo, e sim à espreita de um ataque. Somos ladrões de nós mesmos! Roubamos o prazer de ser felizes. Roubamos o desejo de amar e ser amado. Roubamos a paz do dever cumprido. Roubamos a alegria de acreditar na bondade humana.

Confiemos em Deus que a tudo vê e dará a cada qual o que é de direito. Acreditemos nas pessoas mesmo correndo o risco de nos decepcionarmos. Se isso acontecer, o acerto de contas não será nosso. Atraímos aquilo que emanamos.

CONFIAR, SIM, PARA QUE HAJA UM MUNDO MELHOR.

Luz e paz.

Sobre o autor

Ivone Navas Munoz e Marcia Rubinatti

Ivone Navas Munoz e Marcia Rubinatti

Ivone Navas Munoz e Marcia Rubinatti são espíritas desde 1980 e 1988, respectivamente. Além de participarem ativamente da Doutrina, lecionam juntas há mais de 17 anos o Curso de Educação Mediúnica, primeiramente no Grupo Espírita Irmã Clara e atualmente no Grupo Espírita Irmã Diva, em São Caetano do Sul. Ambas fizeram seus cursos de formação através da Federação Espírita de São Paulo.

E-mail Marcia: [email protected]
E-mail Ivone: [email protected]