Cidadania Convivendo Sustentabilidade

Conheça as cidades brasileiras com status de “sustentável”

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras
Na maioria das vezes gostamos de elogiar outros países e esquecemos que o Brasil também passa por transformações positivas (por mais difícil que seja acreditar). E uma destas mudanças é que no país existem cidades sustentáveis ou tentando colocar em prática este princípio.

Para que uma cidade seja considerada mais sustentável ela precisa seguir uma série de princípios. Neste aspecto são analisadas questões como a qualidade de vida dos moradores, além do progresso econômico. E mais, como a cidade vê e participa da questão da preservação dos bens naturais e que mudança positiva busca em relação ao transporte público de qualidade.

Cidades para o bem viver

Vale salientar que as cidades listadas abaixo estão investindo no bem estar de seus cidadãos e buscando cada vez mais alternativas. Estão longe de serem consideradas as cidade perfeitas, pois ainda têm muitos problemas a serem resolvidos, mas podem servir de inspiração para outras localidades conseguirem se planejar a longo prazo. Os gestores pensam na qualidade de vida e em medidas que se tornam efetivas e sustentáveis. Conheça algumas destas cidades:

Curitiba (PR)

Curitiba já é bem conhecida por ser uma cidade planejada e é isso que encanta muitos turistas que conhecem o local. É a cidade mais verde do país e da América Latina. Foi o que apontou um relatório do Índice Verde de Cidades realizado pela Siemens com a Economist Intelligence Unit. Ele mostrou que, de acordo com diversos aspectos, Curitiba é a cidade mais sustentável da América Latina.

Esse resultado é o reflexo de um conjunto de ações. Vale destacar a preservação ambiental — os moradores têm à disposição diversos parques. E também o transporte, que conta com corredores de ônibus com veículos biarticulados, o que o torna o dia a dia mais ágil e eficiente e, claro, facilita a vida dos habitantes.

Londrina (PR)

Londrina é outra cidade do Paraná que faz parte desse grupo. Esse destaque se deve a dois motivos: a implantação da coleta seletiva na cidade desde 1996 e a inclusão de catadores no programa municipal, em 2001.

Com essas duas iniciativas eles conseguiram colocar em prática ações importantes para o desenvolvimento social da cidade, que é promover a inclusão social e gerar trabalho e renda. Além disso, existem outras ações em Londrina voltadas para a educação que conseguem, de certa forma, promover uma conscientização da população.

João Pessoa (PB)

Outra localidade que está na lista é João Pessoa. Isso porque ela foi a primeira cidade brasileira a integrar oficialmente o programa que pretende alcançar 50 cidades da América Latina e do Caribe até o próximo ano. Não é mesmo uma ótima iniciativa? A cidade se preocupa com a preservação ambiental e planeja muito as suas atividades para os próximos anos.

Essas são algumas cidades sustentáveis. Ainda estão na lista: Extrema (MG) e Santana de Parnaíba (SP). Outras cidades que têm planejamento em algum tópico importante para o desenvolvimento da cidade são Paragominas (PA) e Bertioga (SP).


Texto escrito por Angélica Fabiane Weise da Equipe Eu Sem Fronteiras.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]