Arteterapia Autoconhecimento Crônicas da Vida

Criatividade e excesso de autocrítica – como a argila pode ajudar no processo de liberação

Pessoa modelando a argila em formato de coração
StockSnap--894430 / Pixabay / Canva
Vania Kipriadis Ferro

Desde adolescente, “criatividade” é uma palavra que me persegue. Achava que poderia aprender a ser criativa fazendo um curso de artes ou comprando livros sobre o assunto (que nem sempre tive paciência de ler até o final). Me achava incapaz, sem talento, sem tempo, sem dinheiro, e ainda por cima com excesso de autocrítica. Talvez a inspiração fosse algo que cairia de repente do céu, como um relâmpago, e eu fosse abençoada… talvez.

Por falta de coragem ou por não acreditar em meu potencial para ser criativa – potencial esse inerente a TODO ser humano, incluindo você, que me lê agora –, acabei optando por uma carreira corporativa, recheada de números e visões analíticas.

Com o tempo, de alguma forma, preenchia esse vazio exercendo a criatividade na confecção de tabelas e relatórios, e que maravilha quando descobri os recursos do bom e velho Power Point! Aquilo satisfazia de alguma forma meus impulsos criativos e me deixava feliz, temporariamente.

Fiz algumas buscas, até o dia em que descobri a Cerâmica. E por meio da prática – que envolve muitas tentativas, frustrações e aprendizados – acabei me identificando com essa forma de expressão e com suas milhares de possibilidades para exercer, enfim, a tão sonhada “Criatividade”.

E para você o que é Criatividade? Você se considera uma pessoa criativa? Acha que “não nasceu para isso”? Aí que está a armadilha, [email protected]… A criatividade é uma forma de ver a vida e de resolver os problemas que te acometem diariamente, e não é de uso exclusivo para artistas talentosos e famosos.

Um quadro em meu ateliê diz: “A mente é como um paraquedas, só funciona se estiver Aberta”. Criatividade é isso, é um processo, uma busca, mas só vai acontecer se você se predispuser a olhar para o que quer que seja de forma aberta, sem preconceitos, pré-julgamentos, críticas, medos, e tudo o mais que o impeça de realizar coisas.

CRIAR inclui, claro, eventuais dons “artísticos”, mas também atividades como cozinhar, arrumar armários, dirigir pela cidade, arrumar uma mesa, se vestir, limpar a casa, praticar esportes, e segue por aí uma lista infinita de tarefas e hábitos que podem ser mais criativos.

Sobretudo, considero que exercemos nossa Criatividade quando nos deparamos com problemas de qualquer espécie, e buscamos as soluções. Mas é preciso PRATICAR.

A argila oferece essa oportunidade de treinar o cérebro para testar e tentar novos caminhos a fim de solucionar uma série de “problemas” que nos aparecem por meio do processo da cerâmica. Escrevo “problema” entre aspas, pois muitas vezes o que enxergamos como tal pode ser a solução em si mesmo ou no mínimo será um aprendizado muito útil para quando o mesmo problema ocorrer novamente.

Isso se aplica ao cotidiano, sem dúvida! E quanto mais você habitua sua mente a procurar saídas mais sinapses você cria, e mais criativo você fica! Bingo!

Teoricamente o processo seria algo como…

Gráfico contendo os passos da solução do problema, cedido pelo autor.
Imagem cedida pelo autor Vania Kipriadis Ferro
Você também pode gostar

Com a Cerâmica, a diferença é que a Solução do “Problema” quase nunca é teorizada, mas INTUÍDA, experienciada, “brota” de algum lugar que está inconsciente até então. Em outras palavras, a Magia acontece! Mas isso é um tema para um próximo post.

Venha experimentar você também!

  • sessões arteterapêuticas com argila
  • aulas de cerâmica
  • workshops

Sobre o autor

Vania Kipriadis Ferro

Vania Kipriadis Ferro

Atendimento arteterapêutico, em que utiliza materiais expressivos para ajudar na comunicação e resoluções de questões que muitas vezes estão inconscientes. Tem a argila como material expressivo principal, mas também utiliza outros.

Como terapeuta floral, conduz o indivíduo na busca do autoconhecimento, indicando os florais mais adequados para a situação atual. Certificada pelo Bach Center da Inglaterra.

Também dá aulas de cerâmica, individuais ou em grupo.

Telefone: (11) 9 9932-7166
E-mail: [email protected]
Instagram: @alkimia_ceramica