Energia em Equilíbrio Espiritualidade Xamanismo

Cura Xamânica Ama Deus e a Amizade

Tereza Gurgel
Escrito por Tereza Gurgel

A amizade é a relação afetiva entre pessoas, de afeto, carinho, lealdade, proteção. É um relacionamento social voluntário de intimidade. Algumas bases deste sentimento são a reciprocidade do afeto, a ajuda mútua, a compreensão e a confiança. O filósofo grego Aristóteles (384 a.C. / 322 a.C.) chegou a afirmar que a amizade é um equipamento necessário para a felicidade.

Neste mês de julho, no dia 20, celebra-se o “Dia do Amigo”. Esta data foi criada em 1969 pelo argentino Enrique Ernesto Febbraro, que considerou a chegada do homem à Lua (ocorrida nesta data) como símbolo de união entre todos os seres humanos. Esta comemoração foi celebrada primeiramente em Buenos Aires, na Argentina, através de um decreto. Aos poucos, passou a ser comemorada em outras partes do mundo.

Se pararmos para pensar um pouco, veremos que ter amigos e conservá-los é uma arte e uma benção.

Arte porque no contato com o outro, deixamos de lado nós mesmos — momentaneamente — e nos tornamos algo maior que o simples “eu”. Passamos a ser “nós”. Aquilo que afeta meu amigo a mim também afeta, na alegria e na dor.

Amigo também é benção na vida de todos. Me refiro ao verdadeiro amigo, que nos apóia, mesmo apontando aquilo que temos de ruim. O verdadeiro amigo não julga, mas serve como espelho de nossa alma. E, como tal, nos acompanha na jornada de evolução de alma.

As ditas “comunidades primitivas” brasileiras, os índios, antigos donos de nosso país, viviam numa cultura que respeitava profundamente o ambiente ao redor e os seres vivos — fossem pessoas, animais, plantas etc.

A existência se revestia de um sentido “sagrado”. Toda vida era respeitada. Nas comunidades, não existia a propriedade privada, pois os únicos bens individuais eram os instrumentos de caça, pesca e trabalho, como o arco, as flechas e os machados de pedra. A terra, essencialmente vital para o índio, pertencia a todos e dela se extraía o sustento da comunidade.

O que era produzido tinha como destino a subsistência da tribo. Não havia necessidade de se produzir além daquilo que a comunidade precisava — não havia desperdício nem esgotamento dos recursos. Os produtos da caça, pesca e agricultura eram divididos entre os parentes, mas quem estivesse precisando também receberia seu quinhão.

Você também pode gostar de:

 

Girl Women Celebration Friendship Leisure Party ConceptO convívio entre os membros da tribo era marcado pelos fortes laços de amizade: poderiam ser entre dois homens ou duas mulheres, ou entre dois casais. O clima entre amigos era de camaradagem; os amigos, carinhosos e felizes, partilhavam livremente dos bens dos outros.

A generosidade entre os membros da comunidade era uma condição de prestígio político e condição essencial para a existência da tribo.

Na língua tupi-guarani, aré é amigo. O sistema de cura xamânica Ama Deus reverencia a amizade como um presente divino, ponto de apoio, alegria, compartilhamento e consolação diante das dificuldades da vida. Entre os símbolos de cura empregados pelo xamã, existe um especial para ser usado quando alguém vai visitar um amigo. Isto denota a profunda reverência pelo sentimento de amizade, quando a preocupação pelo bem-estar do outro é fundamental.

O desenho do símbolo lembra uma ponte, como que unindo as pessoas pelo sentimento em comum.

Quando se pretende visitar a casa de um amigo, o xamã utiliza este símbolo específico com o consentimento da pessoa em questão ou com o consentimento de seu próprio Eu Superior, dado através de sua intuição. Este símbolo só pode ser usado em pessoas vivas, com os mais profundos sentimentos de amizade ou amor. Se for necessário, o símbolo também poderá ser utilizado durante uma sessão para encontrar uma pessoa desaparecida ou um amor antigo; porém, os resultados devem sempre serem colocados nas mãos do Deus-Pai e da Deusa-Mãe.


Referências:
Dicionário Tupi-Guarani
Significado de Amizade
Dia do Amigo e Internacional da Amizade

Sobre o autor

Tereza Gurgel

Tereza Gurgel

Formada em Psicologia (F.F.C.L. São Marcos - SP). Filiada à ABRATH (Associação Brasileira dos Terapeutas Holísticos) sob o número CRTH-BR 0271. Atua na área Holística com Reiki, Terapia de Regressão e Florais de Bach. Mestrado em Reiki Essencial Metafísico e Bioenergético Usui Reiki Ryoho, Shiki, Tibetano e Celtic Reiki. Ministra cursos de Reiki e atende em São Paulo (SP).

E-mail: [email protected]
Telefone: 11 987728173
Site: mtgurgel.wixsite.com/mundoholistico
Skype: tk.gurgel