Convivendo

Das pequenas gentilezas do dia a dia

Mão de uma criança branca segurando um coração de pano vermelho.
Olá, estimados leitores e amigos!  Quero aproveitar este nosso encontro para falar sobre aquelas pequenas gentilezas, aqueles gestos mais simples e carinhosos que podem transformar o nosso dia, sabe?

A minha formação em Direito propiciou-me uma ampla gama de conhecimento jurídico, dentre eles as leis que nos obrigam a agir de acordo com o ordenamento; porém, contudo e todavia…rs… existe uma outra gama de leis, ou melhor dizendo, de costumes diários, que facilitam e melhoram e muuuuito o nosso convívio em sociedade: elas não se fazem obrigatórias e o seu descumprimento não infringe multa ou detenção, nada disso: são apenas as chamadas regras da boa convivência e só vejo vantagens em praticá-las.

Bom Dia!Boa tarde!Boa Noite!Como vai? 
Essa aí é clássica: desejar um Bom Dia àquele que entra no elevador, ou àquela pessoa que segue em nossa direção na calçada, enfim, é bacana, faz bem, e você deixa sua energia positiva ao outro!

Posso ajudar? 

gentilezas
Amigos, não custa nada perguntar a um colega do trabalho, um vizinho ou a uma pessoa que nos deparamos e não nos parece confortável se podemos fazer algo a fim de ajudá-la, concorda?

Desculpe 
Isso aí: pisou na bola, no trânsito ou em qualquer outra situação, sem problemas: peça desculpas e siga em frente! É digno desculpar-se, é digno dizer que pisou na bola, somos humanos e estamos em processo de aprendizado, é normal que erros aconteçam no percurso!

Tudo vai ficar bem 
E vai. Acredite e ajude o seu irmão a compreender que o processo da dor, da tristeza ou qualquer outro sentimento que lhe afete no momento, precisa ser administrado com sabedoria e carinho por parte daqueles que o cercam; que tal você dar aquela forcinha abençoada e mandar um ”conta comigo, amigãoooo”???

Sorrisão lindo e gratuito! Tudo! 

gentilezas
O sorriso é a carta na manga quando nos faltam palavras, ou até aquela coragem de sermos mais atrevidos, sabe? Muitas vezes não conseguimos dizer o que realmente queremos, e lançar mão do sorrisão muda tudo: parece que clareia o dia cinzento…xiiii…me empolguei!!!!

Enfim, amigos, as pequenas gentilezas do dia a dia são deliciosas de praticar e deixam marcas positivas e frutíferas, contagia e fazem do espaço a nossa volta um lugar mais positivo e mais agradável, e aí se expandem, criando uma fonte de energia para além dos limites possíveis. Podem acreditar!

Aqui os deixo com um Bom Dia, um Conta Comigo, e um Sorrisão daqueles!!!!


Você também pode gostar de outros artigos da autora: Eterno aprendiz

Sobre o autor

Claudia Jana Sinibaldi Bento

Claudia Jana Sinibaldi Bento

Sou Claudia Sinibaldi Bento, paulistana, graduada em direito e pós graduada em relações internacionais. Sou defensora dos direitos das mulheres e crianças, tenho colaborado com ONGs de muitas partes do mundo.

Minhas experiências me ensinaram que, mais do que ajudar, você aprende com aqueles que necessitam de ajuda e jamais falar de direitos humanos deve ser um tabu ou um lugar comum.

Não, defender os direitos do outro é primar pela dignidade e conscientização de que uma nação só será igualitária quando todos receberem o mesmo tratamento e forem todos percebidos como seres humanos, porque somos todos entes dotados de deveres e direitos, estas sim, são condições que nos fazem titulares dos direitos à vida, à dignidade, à integridade física e moral e à liberdade.

Email: [email protected]