Convivendo

De onde nasce o medo e como lidar com essa emoção?

Deise Aur
Escrito por Deise Aur

Por muitas vezes, nos deparamos com o medo em nós e sentimos dificuldade de encarar e de lidar com essa emoção, que acabamos criando um padrão e uma realidade em nossas vidas. Quem de nós, em menor ou maior grau, já não sentiu medo, ou pior, vive influenciado por essa emoção? Medo da rejeição, da morte, de ser humilhado, do fracasso, da doença, da violência, do engano, do sofrimento…

Motivos não faltam para vivermos com medo. Mas, como lidar com isso e compreender esse estado em nós?

Portrait of an attractive woman at the table with cup and laptop, book, notebook on it, grabbing her head. Bookshelf at the background, concept photo

Antes de tudo, é importante nos auto-observar para reconhecer e ver como o medo atua em nós. E, então, aceitá-lo e prestar atenção em como se manifesta em nosso dia a dia. Com isso, poderemos ter a percepção de como surge, o que nos faz temer e o que provoca em nós. Essas questões vão nos ajudar a refletir e investigar como se processa o medo em nossas vidas. Mas, sem julgamento, ou seja, sem culpa ou vergonha, simplesmente com lucidez.

Em cada um de nós, esse estado e padrão teve origem e foram crescendo, muitas vezes, enraizado em nosso inconsciente, provocado por condicionamentos, traumas, bloqueios e mecanismos de defesas que surgiram a partir de experiências difíceis ou condições repressivas e que resultaram em coisas negativas ou até pela tentativa frustrada de o nosso ego autoafirmar-se e conquistar o seu espaço em meio as limitações internas e/ou externas. As razões podem ser muitas, mas o fato é que cada indivíduo manifesta de uma maneira a expressão do medo em sua vida.

Algumas pessoas são tímidas, outras exibicionistas, outras agressivas. Em casos mais extremos, temos as síndromes e psicopatias. Mas, a boa notícia é que temos como buscar formas construtivas e mais conscientes de lidar com o medo em nossa vida sem nos sentirmos diminuídos ou anormais, mesmo porque isso não é exclusividade de ninguém e realmente por sermos humanos e vivermos em meio a complexidade, tanto a nossa que é interna, como a do mundo no qual vivemos que é externa.

Podemos ampliar a nossa compreensão e nos fortalecer, transformando a percepção dessa emoção em nós em ferramenta de autoconhecimento e expansão de nossa consciência. Podemos transformar as nossas vidas a partir da descoberta de como o medo atua em nós, nos levando a pensar e agir como agimos, a viver como vivemos e a fazer as escolhas que queremos fazer! Por isso, lidar com o medo de uma forma mais atenta e consciente é uma postura amorosa para nós mesmos, contribuindo também para que o nosso relacionamento com o mundo seja melhor.

Por Deise Aur, um ser humano que tem medo, mas o reconhece em si.

Imagem de capa disponível aqui.

Sobre o autor

Deise Aur

Deise Aur

Meu nome é Deise Aur. Exerci a carreira de professora, primeiro de alfabetizadora, depois de professor de História, até me aposentar.

Em sala de aula procurava despertar nos seres humanos a sensibilidade para a arte, filosofia, mística e psicologia. Atualmente, faço isso através das mídias digitais.

Tenho diversas áreas de interesse, focando vários temas como Vida, Veganismo, História e Moda.

Gosto de escrever, expressando inquietudes e anseios que habitam na nossa alma e traduzo em palavras, utilizando minha sensibilidade, principalmente, com relação à espiritualidade e também aos sentimentos humanos.

Contatos:

Sites:

deiseaur.blogspot.com.br

veganpelavida.com.br

historia-dinamica.blogspot.com.br

E-mail: [email protected]

Youtube: Canal Deise Aur