Autoconhecimento Saúde Integral

Os efeitos de um sorriso

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras
Harvey Ball é um artista estadunidense que criou a imagem do “smile”, um círculo amarelo sorridente. Em homenagem a ele, O Dia Mundial do Sorriso é comemorado em toda primeira sexta-feira do mês de outubro. Essa data ainda permite que as pessoas coloquem em prática o ato de sorrir, aproveitando os benefícios que esse gesto traz.

A principal vantagem fisiológica que um sorriso fornece para o corpo de uma pessoa é a liberação de endorfina. Essa é a mesma substância química liberada durante momentos de prazer e de alegria. Com a endorfina em grande quantidade no seu corpo, algumas melhorias podem ser percebidas no seu organismo.

Batimentos cardíacos acelerados, redução da sensação de tensão e melhoria no sistema imunológico são exemplos do impacto da endorfina no corpo. Se você estiver passando por uma situação difícil, por exemplo, até um sorriso amarelo pode fazer você se sentir melhor. A movimentação dos músculos do rosto já é capaz de favorecer a liberação da substância.

Outra vantagem fisiológica do sorriso é a melhoria na elasticidade da pele. Quanto mais você sorri, mais sua pele vai se tornar elástica, prevenindo o aparecimento de rugas. Além disso, um estudo da Universidade de Loma Linda comprovou que as risadas podem até aumentar os níveis de HDL (colesterol bom) no sangue. Outro estudo, realizado pela Universidade de Oxford, mostrou que rir pode ser essencial na hora de aliviar a sensação de dor.

Pensando na função social de um sorriso, é possível observar que esse gesto promove a confiança entre as pessoas. Um sorriso para alguém que você conhece ou para alguém que você não conhece já é suficiente para que essa pessoa se sinta próxima a você. Empatia e simpatia podem ser transmitidas por meio de uma risada, por exemplo.

Em imagens de propagandas, em situações sociais ou em apresentações importantes, um sorriso transmite credibilidade, poder, conforto e segurança. É um ótimo hábito para pessoas que se sentem nervosas nesse tipo de interação, já que um sorriso sempre vai causar uma boa impressão, em qualquer lugar que alguém vá.

Você também pode gostar:

Considerando todas as vantagens que o ato de sorrir traz para a sociedade e para cada pessoa individualmente, desenvolveu-se uma terapia que o coloca como foco. A chamada risoterapia tem como mote a recuperação do universo da infância e da espontaneidade, para que uma pessoa adulta conecte-se com sua criança interior e seja capaz de rir mais vezes durante o dia.

O trabalho realizado pelos Doutores da Alegria, por exemplo, de levar o humor para pacientes internados em hospitais, baseia-se na risoterapia. Essa técnica oriental de cuidado com pessoas que tenham pensamentos depressivos ou sensações negativas deve ser alinhada a outros tratamentos. No entanto, a base científica para realização da risoterapia está no impacto fisiológico do ato de sorrir, explicado anteriormente, que promove a liberação de endorfina no corpo, trazendo a sensação de felicidade e disposição.

Segundo Mario Eduardo Paes, coordenador geral da ONG Hospitalhaços, é possível incluir a risoterapia no cotidiano de cada pessoa. Mentalizar pensamentos positivos, rir para si mesmo de frente para um espelho e cumprimentar as pessoas com um sorriso são ações que podem melhorar a forma como você se sente durante o dia.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]