Comportamento Convivendo

Descarte. Sua importância e dicas de como fazer

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Você sabia que existe um tipo de descarte específico para cada tipo de material? Sim! Diversos resíduos, quando descartados de forma incorreta, podem impactar negativamente no meio ambiente, causando danos ao planeta. Há muitas especificações que devem ser consideradas na hora do descarte, levando em conta que cada material tem um destino específico. Você sabe qual é a forma correta de descartar o lixo? Nós vamos te ensinar!

A sociedade têm a consciência de que determinados produtos poluem o meio ambiente, mas, no cotidiano, muitas coisas são jogadas no lixo de forma incorreta por falta de conhecimento. Descartamos diariamente materiais como isopor, embalagens e sacolas plásticas, pilhas, lâmpadas, cacos de vidro, medicamentos vencidos, eletrônicos, óleo, plásticos, entre diversos outros que deveriam ser descartados de formas diferentes. Veja a seguir a forma correta de descarte de diversos materiais:

Imagem de vários tecidos rústicos e de várias cores e modelos. Em um deles de cor azul, está o símbolo da reciclagem desenhado em branco e a palacra re-use escrita também em branco.
Imagem de Shirley Hirst por Pixabay

Coleta seletiva

Esse tipo de coleta é o mais básico: você separa o lixo seco do lixo úmido, ou seja, o lixo inorgânico do lixo orgânico. O que é o lixo orgânico? Qualquer um que possuir origem vegetal ou animal, como restos de alimentos, por exemplo. E o lixo seco? Esse possui origem industrial, como sacolas plásticas, recipientes de vidro, entre outros.

O intuito da coleta seletiva é separar os materiais que podem ser reaproveitados e reciclados para que em seguida sejam levados aos Centros de Reciclagem. Então, faça a sua parte separando os itens de vidro, plástico ou metal e leve até a Coleta Seletiva. O lixo orgânico pode ser usado como adubo em uma horta ou em vasos, se você preferir.

Atente-se aos itens que não são recicláveis: papéis sujos, fitas, adesivos, papéis plastificados ou metalizados, esponjas de louça, latas de combustível ou de tinta, isopor, espelhos, espumas, cerâmica, cristal, tomadas e vidros temperados.

Obs: se você deseja descartar algum item cortante como caco de vidro, coloque-o em um recipiente rígido e sinalize para que ninguém se machuque!

Imagem de diversos materiais eletrônicos prontos para ser reciclados.
Imagem de beear por Pixabay

Materiais eletrônicos

Um dos materiais que mais deixam um ponto de interrogação na hora do descarte é o lixo eletrônico. Sabe aquela TV que estragou ou aquela peça eletrônica que você precisa descartar? Também existe um tipo de descarte específico para esses itens!

Esse tipo de material deve ser separado. Em todas as cidades, existem cooperativas que reciclam os materiais eletrônicos, então, procure na internet a mais próxima de você! Caso tenha dificuldades para encontrar, informe-se nos ecopontos existentes na sua cidade!

Itens que devem ser levados até essas cooperativas: baterias, pilhas, fones, celulares, impressoras, monitores, lâmpadas, entre muitos outros.

Imagem de vários troncos de madeira prontos para serem reciclados.
Imagem de JamesDeMers por Pixabay

Móveis de madeira

Existem diversos sites e grupos em redes sociais que foram criados para a doação e até mesmo venda de móveis de madeira que seriam colocados no lixo. Além do mundo virtual, existem pontos específicos em diversas cidades que também reutilizam esse tipo de material. Procure um desses locais mais próximos da sua casa e leve as madeiras para fazer o descarte consciente!

Obs: há alguns sites que disponibilizam dicas de lugares que coletam produtos e materiais, como eletrodomésticos, eletrônicos, móveis, óleo de cozinha, etc. É bem fácil, basta informar onde você mora e o que deseja descartar! Isso pode ser uma boa opção, não acha?

Você também pode gostar
Imagem de uma garrafa transparente cheia de óleo de cozinha pronto para reuso.
Direitos autorais : Attapol Nowat

Óleo de cozinha

De forma alguma despeje o óleo de cozinha na pia, pois ele pode entupir as tubulações e, assim, dificultar os processos de tratamento de esgoto e água. Descartá-lo no lixo comum também pode causar graves danos ao ambiente, porque, ao entrar em contato com terrenos baldios, pode contaminar os lençóis freáticos. A forma correta de se desfazer do óleo de cozinha é levá-lo até um posto de coleta, ou doá-lo para algum produtor de sabão. 

Importante: armazene o óleo em uma garrafa pet ou em um vidro bem fechado.

Imagem da separaração de vários tipos de tecidos para reciclagem.
Imagem de citypraiser por Pixabay

Têxteis

Os resíduos têxteis podem ser descartados em centros automotivos, em fábricas de produtos esportivos ou doados para alguns artesãos. Preserve o meio ambiente descartando esse tipo de material da forma correta, pois o seu descarte incorreto é considerado crime ambiental!

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]