Autoconhecimento Comportamento Convivendo

Descubra o que fazer quando o desânimo bater à sua porta

Menina triste sentada em banco de parque, olhando para baixo.

Quando o desânimo bate à porta, escute, espie no olho mágico, se prepare, e abra a porta com cuidado. Sim, abra a porta e encare-o de frente. Observe o que o trouxe até você. Quais foram suas causas? Porque, acredite, ele não está batendo à toa na sua porta. Ele pode ter vindo em razão de alguns “nãos” que você possa ter recebido, em razão de situações frustrantes, de algum sentimento de rejeição ou de impotência.

Menina com a cabeça baixa anda arrastando um urso de pelúcio grande atrás dela, por uma estrada de terra.

Não nos damos conta, muitas vezes, que todas nossas atitudes podem influenciar positiva ou negativamente as outras pessoas, e vice-versa, os outros também podem nos influenciar. A questão é estarmos atentos a isso e estarmos no comando de nossas emoções e pensamentos. No comando do nosso amor próprio, para que, quando surgirem às influências negativas, não sejamos afetados ou ao menos, a dor possa ser amenizada.

Você também pode gostar

O desânimo também pode aparecer, quando deixamos as situações adversas se sobressaírem e abafamos nossa fé e esperança. Não é questão de otimismo demais, mas uma dose de fé nos melhores resultados deve nos acompanhar sempre. Acreditar na existência da solução, na cura, na felicidade é o que poderá nos mover. É o que manterá acesa a luz da consciência que lhe dirá todos os dias: “vai e faz, vai e acredita, vai e aguarde”.

E, por isso, digo sempre: prefiro olhar o copo meio cheio, ao invés de meio vazio. Em toda situação há vários aspectos, o lado positivo, negativo e, talvez, tantos outros, que nossa percepção, muitas vezes, fixada no problema, sequer alcança.

É importante ampliarmos nossa visão, nossa percepção. Olharmos os aspectos negativos sem aumentá-los e perceber o lado bom da vida que está sempre presente.

Silhueta de mulher sentada em frente de janela durante o dia, observando através dela.

Enfim, olhe de frente para o desânimo, entenda o que trouxe ele até você e agradeça a sua visita. Diga-lhe que agora você não poderá permanecer com ele, pois está ocupado com seu amor próprio, envolvido na solução dos seus problemas e completamente absorvido pela fé e esperança.

Tenha certeza que por um bom período ele não arriscará a bater novamente à sua porta.

Sobre o autor

Úrsula Petrilli Dutra Christini

Úrsula Petrilli Dutra Christini

Blogueira com formação em Life Coach, Professional Coach e Leitura de Registros Akashicos. Criadora do site/blog www.reconduza.com e autora do livro “Gratidão, Traga-Me Mais”, da Editora AGE, com lançamento em novembro de 2019. Servidora pública, bacharel em direito, assessora jurídica. Voluntária da ONG Arte de Viver e responsável pela Meditação da Lua Cheia por mais de 4 anos. Blogueira do Zh Moinhos por 8 anos.

Apaixonada pela escrita motivacional, me realizo escrevendo, com a possibilidade de tocar o outro ser humano positivamente. Uso a meditação e o Acesso aos Registros Akashicos para a inspiração de meus textos.

Por meio de meus artigos, procuro aplicar o coaching para ajudar o outro ser humano a ir do “ponto A ao ponto B” ou quem sabe do “B reconduzir ao A ou ao C”.

Acredito no poder de uma “Postura” Positiva. Não é só o pensamento positivo. É um olhar positivo, crenças positivas, emoções positivas, palavras positivas, postura positiva. Aí, sim, podemos começar a falar em poder do pensamento positivo.

Nesse tempo de Despertar, trazer palavras de Luz para este universo digital, é algo que todos nós podemos fazer!

Fica a dica ?

Gratidão ao Eu Sem Fronteiras!?

Contatos:
Email: [email protected]
Site: reconduza.com
Facebook: facebook.com/ursula.christini
Instagram: @reconduza_por_ursula
Youtube: RE CONDUZA por Úrsula Dutra Christini
Twitter: @Reconduza_com