Energia em Equilíbrio

10 ladrões de energia

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Tudo depende de energia. Um carro, por exemplo, somente consegue rodar se suas peças estão em ordem, se a quantidade de óleo está adequada, se tem água suficiente no motor e se tem combustível. Porém, se este combustível tiver misturado a sua fórmula original qualquer elemento a mais ou a menos, ele poderá danificar o carro. Para os automóveis, a equação água, óleo e combustível de boa qualidade constituem a energia vital do carro.

shutterstock_226563391Nós também possuímos energia. Quando conseguimos utilizá-la corretamente, trabalhamos com prazer, estudamos com motivação, acreditamos na beleza das relações, vemos a beleza da vida e enfrentamos os desafios de cabeça erguida e coração aberto. Ao contrário do carro que depende do homem para montá-lo e cuidar para que não faltem água, óleo e combustível, cabe a nós aprendermos a dominar e ter acesso a nossa energia.

Existem agentes externos que podem interferir, até mesmo sugar nossa energia. Existem pessoas que são verdadeiras “seca pimenteiras”. Quem nunca passou pela situação de cuidar de uma planta com todo carinho e se ficar chateado porque ela morreu sem mais nem menos? Conversando com familiares e amigos, você relata o problema e chega à conclusão que a planta perdeu a vida após você ter recebido a visita de um amigo ou vizinho? Outra situação comum de roubo de energia vital é quando você está super disposto e, após encontrar com determinada pessoa a situação inicial transforma-se em desânimo.

10 ladrões de energia

Segundo o líder espiritual Dalai Lama, existem 10 situações que roubam nossa energia. Vejam quais são elas:

1. Pessoas tóxicas

Elas abrem suas bocas apenas para falar sobre seus problemas e lamentarem a falta de sorte. Elas procuram lixeiras para descarregar. Não permita que sua mente vire lixeira dos sentimentos tóxicos.

2. Ficar devendo

Pague suas contas em dia. Ter responsabilidade financeira nos permite encarar os outros (e a nós mesmos) com a cabeça erguida.

3. Não cumprir promessas

Promessas devem ser levadas a sério. Caso você não possa atender algum pedido, diga não.

4. Não delegar tarefas

Não se trata de empurrar suas responsabilidades para os outros. Precisamos ter a consciência de que não temos capacidade suficiente para executar certas atividades. Pode acontecer também de você não estar em um bom momento e atrapalhar as coisas.

5. Não descansar

Às vezes precisamos parar. Em um mundo onde o agora é a palavra de ordem, saber o momento de parar e refletir é sinal de sapiência.

6. Não organizar seu espaço

Coisas e sentimentos que não nos fazem bem devem ser deixados para trás.

7. Não cuidar da sua saúde

De nada adianta ter o melhor emprego, dinheiro e bens materiais se não tivermos saúde. Alimente-se bem, faça exercícios físicos e consulte um médico.

8. Não encarar as situações difíceis

Não assumir os desafios é transformá-los em coisas mais graves. Tome consciência deles, analise como resolvê-los e foque primeiro nas situações mais complicadas.

9. Não conseguir aceitar

Em alguns casos, precisamos aceitar que não podemos mudar certas coisas. Precisamos distingui-las e mirar nas situações as quais podemos e devemos interferir.

10. Não conseguir perdoar

Quem não é perdoado segue em frente, porém, quem não perdoa fica estagnado. Quando somos guiados pelo ódio e pelo rancor tomamos decisões precipitadas. Liberte seu coração de sentimentos negativos e viva mais e melhor.

Crianças, elas também são alvo

O “quebranto”, “quebrante” ou simplesmente mau olhado também atinge as crianças. Pais e mães com certeza já passaram pela situação de ver sua criança molinha, chorona e com diarreia e voltar do pediatra sem um diagnóstico. Avós, avôs e outros parentes mais velhos logo dizem que a criança está com “quebranto” ou “quebrante”. A sabedoria popular diz que crianças saudáveis, espertas e bonitas recebem energia negativa através de elogios. As benzedeiras são procuradas logo após a identificação do problema. Elas removem a energia negativa com rezas e ervas.

A pergunta que fica é o que leva uma pessoa a ser invejosa ou “seca pimenteira”? Será que ela transfere sua energia negativa propositadamente? Antes de julgarmos, precisamos analisar porque suas atitudes são sempre negativas. Quando uma planta morre após ser olhada e tocada por alguém invejoso, provavelmente é sinal que ela não consegue cultivar nenhum vínculo. Esta incapacidade funciona da mesma forma que uma erva daninha que estraga a plantação. Quando uma criança fica desanimada e apresenta sintomas clínicos sem estar doente, pode ser que seja uma mãe ou um pai que perdeu um filho ainda criança e não conseguiu superar o trauma.

Identificando um invejoso

A inveja manifesta-se de várias formas. Vamos conferir alguns tipos de invejosos. Quem sabe você não identifica alguns deles.

Ioiô

O invejoso ioiô exige que tudo de bom gire ao redor dele. Não aceitam que ninguém tenha bons empregos, realizem sonhos de consumo. Quando vê que alguém comprou uma máquina de lavar, o invejoso ioiô corre para a primeira loja e compra uma máquina de lavar, mesmo que a sua esteja novinha.

Intrometido

Não fala nada sobre si, em compensação se mete na vida dos outros, querendo saber o que “fulano” comprou, como “sicrano” viaja tanto. Quanto mais uma pessoa fala dos outros, mais tem a esconder.

Broca

Sempre fornece sua perspectiva negativa. Se a pessoa conta que está namorando, fala que será traído. Quem fala que conseguiu emprego, avisa que vai perdê-lo por conta da crise econômica.

Bala direta

Este tipo de inveja é parecida com uma bala de revólver, acerta em cheio e machuca. Uma mulher que olha para outra e diz “você está gorda feito um elefante” possui problemas com o próprio corpo, e não suporta quem esteja com a autoestima em dia.

A inveja, infelizmente está presente em todos os lugares. Essa toxidade contamina o ambiente de trabalho e pode sugar seu ânimo para trabalhar, isso quando o invejoso, não aguentando seu sucesso profissional torna-se capaz de criar intrigas. Caso você esteja sentindo-se desanimado, com a sensação que tem algo puxando você para trás, vejam algumas dicas de como lidar a inveja no trabalho:

  • Coloque um espelho discreto em sua estação de trabalho. Posicione-o na direção de quem faz tudo para puxar seu tapete. O que ela desejar de ruim para você será refletido e voltará contra ela.
  • Tenha em mente mantras ou salmos. Dois exemplos são: “O senhor é meu Pastor e nada me faltará”, “A cada desejo negativo dele, maior a minha proteção e ascensão”. Escolha e repita-o mentalmente quando o invejoso se aproximar.
  • Pratique ioga, meditação ou qualquer atividade que trabalhe a mente.
  • Faça um patuá com um pingente de pimenta, olho grego, o cristal do seu signo, uma turmalina negra e um trevo de quatro folhas. Amarre tudo com uma fita amarela e uma vermelha.
  • Tenha em casa um vaso com alecrim e arruda. Coloque um papel com o nome do invejoso. Isso não trará prejuízos, apenas afastará você da energia negativa. Outras plantas boas para afastar a inveja são: a espada de São Jorge, comigo-ninguém-pode e pimenta.

Pessoas que têm por objetivo espalhar sua negatividade são, na verdade, seres não iluminadas, sem força para superarem suas limitações e para compensar esta incapacidade, fazem comentários maldosos, desejam viver a vida dos outros, porque as delas são infelizes. Entretanto, por mais que mereçam compreensão e compaixão, a presença delas deve ser evitada. Elas são extremamente tóxicas e tudo que é tóxico contamina e pode até matar. Ficar perto de um invejoso deixa você cansado física e mentalmente.

Caso não seja possível evitar a proximidade, existem dicas para você recarregar suas energias. Anotem no caderninho para aplicar no seu dia a dia:

Saia de casa

Frequente as áreas de lazer do seu prédio, faça uma caminhada ou leia. Se encontrar alguém conhecido, puxe conversa. Respirar novos ares renovará seu ser.

Faça algo diferente

Escute um estilo musical que você nunca ouviu. Troque o caminho que você faz para o trabalho.

Organize suas coisas

shutterstock_210979942Se tiver roupas e sapatos que não use mais em bom estado, doe para instituições de caridade. Pegue sua pasta de documentos e veja o que pode ser descartado.

Mexa com a terra

Cuidar de plantas é uma excelente terapia. Se tiver espaço, faça uma horta em casa. Já pensou ter verduras e temperos fresquinhos?

Deite no chão

Quando for ao parque, deite no chão. Em casa, cultive o hábito de deitar no chão e acenda um incenso de lavanda ou de alfazema, eles perfumam e trazem leveza.

Beba água gelada

A temperatura estimula o organismo a funcionar melhor, pois, limpa os órgãos.

Tome banho gelado

A água gelada ativa a circulação e faz despertar.

O banho é um grande aliado na recuperação de energia, tanto que vamos prolongar este tópico e dar mais dicas de como transformá-lo em um verdadeiro ritual:

  • Ferva três litros de água e jogue três girassóis no recipiente. Desligue o fogo e coloque uma espada de São Jorge picada. Quando estiver morna, acrescente três gotas de essência de camomila. Jogue esse preparado em seu corpo do pescoço para baixo.
  • Coloque três violetas ao sol. Quando secarem, coloque-as em um litro de água e acrescente cinco gotas de perfume de lavanda. Jogue no corpo e deixe secar naturalmente.
  • Pingue gotas de essência de canela em dois litros de água quente. Espere amornar e acenda um incenso de canela. Jogue a água no corpo bem devagar. Deixe secar naturalmente.
  • Encha a banheira com água morna. Coloque flores do campo e fique com os olhos fechados por meia hora, tendo uma música que imite sons da natureza como trilha sonora. Após, tome banho normalmente.
  • Acenda velas brancas na banheira e encha a banheira. Coloque camomila, alecrim e erva-doce e fique com os olhos fechados por 30 minutos. Após esse tempo, tome seu banho normalmente.
Alimentação

Alimentação balanceada nutre corpo e alma. Consumindo esses alimentos, você consegue recuperar sua energia:

Ômega 3

Ele aumenta a produção de serotonina, dopamina e noradrenalina, substâncias responsáveis pelo bem-estar. Invista em salmão, atum, sardinha, agrião, linhaça, chia e nozes.

Potássio

Banana, mamão, abacate, tomate, batata, feijão, acelga e o espinafre são ricos nesse mineral. Eles hidratam e trazem a energia de volta.

Magnésio

Melhora o desempenho físico. Consumir castanha-do-pará, beterraba, sementes de abóbora e girassol deixam você pronto para fazer exercícios, atividades recomendadas para recuperar a energia.

Feng Shui

Esta milenar técnica chinesa tem como objetivo estabelecer uma conexão entre o yin (água) e o yang (vento) – as forças necessárias para conservar as influências positivas de um lugar e redirecionar as forças negativas.

Uma forma prática de aplicar o Feng Shui em sua casa é colocando fontes de água para desbloquear canais energéticos, além de sinos dos ventos. Eles podem ser feitos de madeira ou bambu, estimulam a criatividade e autoconfiança. Indicado para os cômodos silenciosos, o que fortalece relações familiares. Há sinos dos ventos feitos de metal, eles atraem dinheiro e devem ser colocadas perto de janelas, portas, varandas e na entrada de casa. Em relação às cores, azul e vermelho para salas e quartos, coloridos (arco-íris) para áreas externas.

Não deixe que pessoas invejosas roubem sua energia. Afaste-se da toxidade delas, mas, lembre-se que elas merecem compaixão, pois, são seres não iluminados. Faça seus rituais para afastar a energia negativa delas, porém, lembre-se de fazer uma prece ou desejar que ela encontre o caminho da luz, para ela poder finalmente viver uma vida feliz.

Os maus hábitos do dia a dia também são ladrões de energia. Não aceite altas demandas de trabalho, pois, com certeza você terá que sacrificar horas de sono, alimentar-se mal e privar-se da companhia de pessoas queridas. Cuidar da sua saúde é um importante passo para recuperar a energia. Durma bem, beba bastante água e alimente-se corretamente.

Lembre-se do início desta conversa. O veículo precisa do homem para ser montado e para receber água, óleo e combustível de boa qualidade. Contudo, a sua energia depende apenas de você. Tome as medidas necessárias para captar, reter e renovar sua energia. Você é o único responsável pela sua felicidade, nunca esqueça isso.


  • Texto escrito por Sumaia Santana da Equipe Eu Sem Fronteiras.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]