Autoconhecimento

Dicas para viver bem sem precisar de muito

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Quando pensamos em estilo de vida ideal, esquecemos que nem tudo se resume a uma alimentação equilibrada ou fazer exercícios físicos. Embora cuidar da saúde seja o passo mais importante para se ter uma vida boa, existem outros atributos que também fazem parte quando o assunto é viver bem.

O segredo para quem procura uma vida mais zen, está nas pequenas mudanças e até percepções em sua vida. Não precisamos de muito para sermos felizes, mas se pararmos para observar tudo o que está a nossa volta, podemos nos surpreender com pequenos detalhes e gestos que com certeza fazem a diferença. Pensando nisso, listamos algumas dicas de como viver bem sem precisar de muito.

Seja positivo e pense no presente: Muitas vezes deixamos de viver o presente por pensarmos tanto no futuro e no passado. Quantas vezes você já se viu preso nos seus próprios pensamentos e deixou de aproveitar o momento? Chegou a hora de colocar a cabeça no lugar, respirar fundo e pensar positivo. Deixe que as coisas aconteçam normalmente sem precisar sofrer tanto por antecipação. Viva o agora sem se preocupar com o que pode ou não acontecer e deixe o passado no lugar dele. Viver o presente é se ter por completo.

Aproveite as coisas simples da vida: Quanto mais nos preocupamos com coisas supérfluas, mais deixamos os momentos simples de lado. Uma comida caseira, algumas mudas de roupa, um trabalho que dê para se sustentar, uma tarde com os amigos, são detalhes importantíssimos que devemos observar e valorizar.

Seja feliz com o necessário: Você deve estar se perguntando, o que é necessário? Pois bem, o necessário é tudo aquilo que você precisa para ser feliz. Corra atrás dos seus objetivos, mas queira pouco e faça tudo de coração. Não adianta ser rico e não ser feliz, pense nisso.

shutterstock_173387264

Dê valor ao que você tem e as pessoas a sua volta: Muitas vezes queremos algo novo em nossa vida como um motivo de refúgio, ou pelo simples fato de querer. Não é errado mudar algo que esteja lhe incomodando, mas a verdade é que aquilo que temos já é o suficiente. As pessoas com quem convivemos, tudo aquilo que conquistamos merece ser valorizado.

Seja grato pelos pequenos prazeres da vida: Um abraço inesperado, um beijo de boa noite, uma caixa cheia de chocolates, um sorvete de casquinha, uma mão estendida, um livro do autor que você gosta, assistir um filma com a família, essas pequenas coisas são tão grandes em nossas vidas. Aproveite esses momentos e seja sempre grato por tudo, porque é por momentos assim que vale a pena existir.

Não deixe que o medo lhe impeça de viver: Somos seres humanos e é natural sentir medo, afinal somos movidos por sentimentos. O problema é que muitas vezes deixamos de viver porque sentimos tanto medo de errar, de fracassar, ou de até mesmo perder algo que amamos tanto. Sentimos medo das mudanças, mas a vida está sujeita a isso e viver é aceitar que nem tudo é como a gente quer. Conduza a vida com mais felicidade, deixe de lado esses sentimentos pesados que só sabem te deixar para baixo. Faça tudo aquilo que for te fazer feliz e não sinta medo se der errado, sempre existe uma forma de recomeçar e o recomeço é a chave para nos tornarmos mais fortes.

Pratique a compaixão pelos outros e por você: Ajudar ao próximo é uma maneira de ajudar a si mesmo. Quem pratica a compaixão carrega uma vida valiosa e cheia de amor. Outra forma de compaixão é cuidar de si, cuidar da sua saúde e bem-estar. Não deixe de se olhar no espelho e se amar.

Esqueça dos números: Ter um objetivo é importante, mas passar o seu dia apenas focado nisso, não é saudável. O ideal é você unir o útil ao agradável. Procure sempre tirar um tempo do seu dia para desfrutar dos pequenos prazeres da vida. Não esqueça que viver é presente.

A maior lição, é que você precisa se amar acima de tudo e amar tudo aquilo que você tem. O tempo não para e vivemos todos os dias atrás dos nossos ideias e sonhos. Faça tudo com amor e a recompensa será digna. Aproveite o agora, o presente, aproveite os sabores da vida que sem dúvida estão nos abraços, nos beijos, nos silêncios e no toque das mãos.”


  • Escrito por Letícia Espíndola da Equipe Eu Sem Fronteiras.

Sua opinião é bem-vinda, sempre que colocada com a educação e o respeito que todos merecem. Os comentários deixados neste artigo são de exclusiva responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]