Convivendo

Duarte House Comunicação e a pandemia

Homem conceitua estratégia em superfície lisa e transparente.
everythingpossible / 123RF

Com a pandemia tivemos de inovar e agregar produtos ao nosso portfólio. Assim como muitos nesta fase, quebramos a cabeça para descobrir maneiras de nos mantermos firmes na missão e agregar valor e também garantir remuneração financeira.

Como escapar desta pandemia? Como manter o foco no essencial?

Estamos vivendo mudanças em âmbito mundial e muitas empresas, negócios, empresários autônomos estão atônitos em manter os negócios girando. Não é tempo de perdermos as esperanças. É tempo de se adaptar!

Você, pequeno ou grande empresário, consegue ampliar seu leque de serviços? Fazer parcerias de negócios?

Nosso foco principal era comunicação e vendas de alguns produtos. Mas temos feito parcerias de negócios, ampliado o leque de produtos a serem comercializados e isso não nos desmerece. Ao contrário, mostra que estamos atentos às demandas do mercado.

Peguei nosso pequeno negócio como exemplo, mas o intuito é te fazer refletir: o que você pode fazer para “salvar” seu empreendimento? Ofereça novos serviços que o mercado está sedento para ter, com sua qualidade de atendimento.

Mulher sentada à mesa mexe em computador. Ela bebe em caneca de porcelana branca.
Burst / Pexels

Quem é o seu negócio? Quem está por trás do que os clientes buscam? No caso da Duarte House, o cliente encontra Daniela Duarte da Silva. E no seu negócio? Quem é o negócio de fato?

São reflexões imprescindíveis em meio a essas transformações mundiais.

Seu negócio são os funcionários? Algum gerente de excelência que faz a diferença? Valorize essa pessoa que tem feito sua empresa brilhar. Dê destaque, reconhecimento.

Esta pandemia não irá passar. É o início de uma nova era, uma nova jornada para o mundo dos negócios, das relações, da vida.

Você também pode gostar

A certa altura teremos todos vacinados, mas enfrentaremos outros desafios, outras vacinas serão necessárias, novos hábitos de saúde e higiene serão adotados e até outra forma de ter contato entre as pessoas.

Não se engane, esperando a maré melhorar. Arregace as mangas agora e mude a direção do barco, se for preciso, a tempo. É hora de se mexer, pois ficar prostrado não te servirá em nada de produtivo. Não espere o pior chegar. Não espere o melhor chegar. O momento de ir se ajustando é AGORA.

Bons ventos e muito sucesso!

Sobre o autor

Daniela Duarte da Silva

Daniela Duarte da Silva

Jornalista especializada na área da saúde, pós-graduada em marketing. Com formação como auxiliar de enfermagem. E corretora de planos de saúde.

Contatos
Email: [email protected]
Site: duartehousecomunicacao.blogspot.com
Youtube: doolandia
Instagram: @duartehouse.comunicacao