Autoconhecimento Espiritualidade

Escarafunchando Osho

Retrato de Osho com as mãos para o alto, sorrindo
ANDREA JANDA / PUBLIC HISTORY PDX
Anand Nisargan
Escrito por Anand Nisargan

Escarafunchando Osho é o tema do vídeo de hoje. Nisargan busca investigar quais são os impactos reais que as mensagens de Osho têm nas vidas das pessoas.

O mestre Nisargan passou muitos anos achando, por ter ouvido muito Osho ao vivo, por ter traduzido dezenas de livros e vídeos e por ter lido muitos livros do Osho, que ele tinha uma elevação de consciência.

A pergunta que ele faz inicialmente na sua apresentação é: a pessoa que esteve presente com Osho, que ouviu Osho e que traduziu Osho necessariamente é uma pessoa mais consciente?

Uma pessoa que lê Osho, mesmo que nunca tenha visto Osho, concorda com o que Osho fala? Aprecia o que Osho fala? Isso é de fato relevante? Existe uma diferença importante de conhecimento e sabedoria.

Conhecimento é ter ciência, é ter a memória de algo. Poderia dizer o que é o certo, o que é o errado, o que é o adequado e o que não é o adequado. Sabedoria é quando a gente vive aquilo, vivencia algo, é um exemplo daquilo.

Com essas observações e atenção, Nisargan se deu conta de que ele tinha somente conhecimento. Ele começou a saborear o que realmente entende por sabedoria a partir do momento em que passou a reconhecer a consciência desperta.

Olhos e nariz de um homem vistos de perto.
Josh Sorenson / Pexels

Nisargan relata que tal compreensão não se deu exatamente com Osho. Quando ele estava com Osho, quando passou anos na presença física de Osho, havia nele certa inconsciência; ele estava lá, saboreava, apreciava, emocionava-se, mas a consciência não estava suficientemente desperta. Não havia realmente a vivência desse observador interno.

A partir do momento em que ele começou a ver o reconhecimento de que há um observador, de que há uma consciência desperta nas suas ações, quando ele meditava, realmente passou a reconhecer essa presença.

Quando está fazendo qualquer atividade, ele reconhece que há uma consciência desperta no momento. Conforme essa consciência desperta for ficando clara, as coisas mudam completamente.

Você também pode gostar

Nisargan percebeu que dizer o que o Osho acha, o que o Osho não acha, repetir e escrever a respeito não querem dizer nada. O que importa realmente é a vivência.

Ele acredita que existe um perigo muito grande em ler, ler, ler e se satisfazer apenas com isso, sem realmente entender o que é a vivência dessa consciência desperta e sem de fato colocar energia na ampliação dessa consciência desperta no dia a dia, cada vez mais.

É isso que desencadeia verdadeiras transformações. Não é ter decorado, sabido, apreciado ou mesmo venerado Osho ou qualquer outro mestre. O que importa é que as pessoas sintam profundamente.

E então, você está desperto conscientemente? Tudo o que você sente é profundo? Consegue investigar alguns impactos que tanto Osho quanto outros mestres podem trazer para a sua vida? Confira aqui e compreenda o que Nisargan ainda nos diz a respeito sobre isso.

Sobre o autor

Anand Nisargan

Anand Nisargan

Anand Nisargan é o criador do ESPAÇO PRESENÇA e focalizador de seus Retiros de Meditação.

Formado em Medicina na Unicamp, em 1994 abandonou seu trabalho como médico psiquiatra para tornar-se instrutor de meditação.

Bebeu da fonte do Mestre Osho em sua própria presença física e foi membro de suas comunas na Alemanha, Itália e Brasil, sendo tradutor de dezenas de seus livros e vídeos. Autor do livro “A Arte de Estar Presente”.

Site: espacopresenca.com.br
E-mail: [email protected]
Telefone: (12) 99700.5670 (Vivo | WhatsApp)