Alimentação consciente Ervas e Chás Saúde Integral

Estévia – saiba mais sobre os benefícios dessa folha

Planta Estévia
taira42 / 123RF
Gabriela E Cezar
Escrito por Gabriela E Cezar

Olá, eu sou a Gabi Cezar. Sou terapeuta holística especializada em fitoterapia, aromaterapia, terapia com florais de Bach e florais de Saint Germain e fitoenergia. Hoje vamos falar de uma plantinha linda, com pequeninas flores brancas, que é muito fácil de plantar por meio da estaquia e dá pra cultivar em vaso em qualquer lugar da casa.

Estamos falando da estévia, que apenas em 1987 foi descoberta como adoçante e somente em 1995 liberada para ser comercializada como tal.

Bem diferente de seus concorrentes totalmente químicos, como o Aspartame, o ciclamato e a sacarina, que deram câncer em ratos de laboratório, nossa amiga estévia é naturalíssima e você pode secá-la, triturá-la e terá seu adoçante natural e caseiro. Não é maravilhoso?

Bom, então você que é diabético, ou você que conhece um diabético presta atenção nessa matéria e compartilhe essas informações.

Folhas de Estévia em um potinho
handmadepictures / 123RF

ESTÉVIA, folha

NOME CIENTIFICO: Stevia rebaudiana

BENEFÍCIOS MEDICINAIS: rica em betacaroteno, cálcio, flúor, ferro, fósforo, zinco, manganês, vitaminas A, C e vitaminas do Complexo B.

Essa quantidade de nutrientes e vitaminas faz dessa folha uma excelente opção de combate a diabetes por diminuir o açúcar do sangue, justamente por ser um adoçante natural, trabalhando como emagrecedor e combatendo a obesidade.

Melhora a hiperatividade, regula a pressão alta, ajuda nos problemas ligados ao sistema digestivo, como indigestão. E combate a candidíase.

Mastigar folha de estévia ajuda a parar de fumar. Mastigue 1 folha sempre que tiver vontade de fumar. Não ultrapassando a quantidade de 8 a 10 por dia.

Você também pode gostar

BENEFÍCIOS MÍSTICOS: um banho ou uma defumação usando as folhas da estévia vai trazer calma e uma autoavaliação sobre o nosso estado de consciência, sobre o que temos feito e como.

CULINÁRIA: é um importante adoçante natural e é usado em diversas receitas de doces e bolos para pessoas com diabetes ou com restrição de açúcar.

FORMAS DE USO: chá, tintura, adoçante, banho, banho de assento, incenso natural, defumador.

DOSAGEM DE USO: 1 colher de sopa da erva seca para 500 ml de água ou 2 colheres de sopa da erva fresca para 500ml de água.

CONTRAINDICAÇÕES: alérgicos a estévia ou a seus componentes.

Sobre o autor

Gabriela E Cezar

Gabriela E Cezar

Gabriela E. Cezar, 44 anos, formada em publicidade, administração, terapeuta holística, especializada em fitoterapia, aromaterapia e florais de Bach e Saint Germain.

Após me deparar com uma síndrome do pânico causada pelo stress e pela pressão do trabalho insano de uma agência de eventos, fui curada pelo trabalho das plantas e ervas medicinais com a ajuda de um centro de umbanda. Lá aprendi a me conectar com a energia sutil das ervas e entidades e que me apresentaram um novo caminho, o qual eu não conhecia. A partir desse momento, entendi que eu poderia fazer o mesmo pelas pessoas que procuravam ajuda. Então fundei o projeto Eu Ervas Cascas e Sementes, que ensina as pessoas a se curarem com as ervas e plantas medicinais, bem como a parte fitoenergética delas, com o uso de aromaterapia por meio de incensos naturais e florais.

Hoje, o projeto já está bem maior do que eu poderia imaginar, e consigo junto a uma equipe auxiliar milhares de pessoas que precisam da ajuda das ervas.

Email: [email protected]
Site: euervascascasesementes.com
Facebook: Eu Ervas Sementes e cascas
Youtube: Eu Ervas Cascas e Sementes Gabi