Saúde Integral

Como o eucalipto pode te ajudar a respirar melhor?

Ramos de eucalipto, entre frascos e potes de cosméticos.
Julia Sudnitskaya / 123RF
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Há algumas décadas era desejado o odor de eucalipto em desinfetantes e detergentes para um ar fresco e perfumado nos ambientes.

Com mais de 700 espécies, o eucalipto é da família das Mirtáceas. É originário da Oceania, principalmente da Austrália. Adapta-se a condições climáticas variadas. É uma árvore de grande porte, atingindo, em média, 70 metros de altura. Tem casca grossa, lisa ou rugosa, que cobre um caule claro e liso. Tem folhas persistentes redondas, ovais ou lanceoladas, que podem ser muito aromáticas por possuírem glândulas secretoras de óleos. Tem flores e frutos cônicos e lenhosos que expelem muitas sementes.

Com grande versatilidade, o eucalipto tem todas as partes aproveitadas comercialmente. Destina-se à produção de energia, celulose, papel, como insumo para construção civil (estacas, cavaletes, assoalhos etc). Pode ser empregado ainda como dormentes, mourões, na indústria moveleira, naval, de tecidos, de alimentos, de cosméticos, de medicamentos, de adesivos, como pasto para abelhas e outros.

O eucalipto tem uma importância elevada para a saúde, principalmente contra disfunções do trato respiratório, como é o caso da bronquite e da asma. Continue a leitura e saiba como o eucalipto pode te ajudar a respirar melhor!

As propriedades do eucalipto podem variar de acordo com a espécie. O eucalipto-comum (Eucalyptus globulus), por exemplo, possui componentes como o cineol (eucaliptol) e o citronelol, que tornam as secreções nas vias respiratórias mais fluidas, facilitando a eliminação (expectoração) e dilatam os brônquios, melhorando a respiração. Os taninos da planta, por sua vez, reduzem a quantidade de muco.

Para prevenir crises de bronquite ou de asma ou no caso de sinusite, principalmente no sentido de promover um alívio das vias respiratórias, ter algumas receitas com eucalipto pode ser um bom auxílio.

Receitas com eucalipto para bronquite e asma

O eucalipto é utilizado para tratar gripe, resfriado, rinite, sinusite, amigdalite, pneumonia, tuberculose, vermes intestinais, mau-hálito, dores musculares, bronquites e asma. É conhecido por ser descongestionante, expectorante, anti-inflamatório e por estimular o sistema imunológico.

Contudo pessoas com asma sem catarro, mulheres grávidas, pacientes de doenças inflamatórias ou hepáticas e crianças com menos de três anos de idade não devem fazer uso de produtos com eucalipto.

Folhas de eucalipto em uma mesa, com um copo de água ao lado, e algumas folhas dentro do copo.
Shutterstock / Africa Studio

Consultar um médico é sempre o mais indicado quando os sintomas forem além de tosse e cansaço, pois bronquites, sinusites e asma são disfunções sérias, que exigem tratamento. Fazer uso de receitas com eucalipto pode ser um auxiliar para evitar as crises.

A asma, por exemplo, é o estreitamento dos brônquios, dificultando a passagem do ar, provocando contrações e, nas crises, tornando a respiração difícil. Por causa dela, é mais fácil inspirar do que expirar, já que o ar se mantém nos pulmões e provoca a sensação de sufocamento. Pode ser alérgica (provocada por poeira, mofo, fumaça de cigarro etc.) e não alérgica (devido a clima frio, ar seco, estresse e ansiedade). Pode ser grave, moderada ou leve. Entre os sintomas estão: tosse, falta de ar, sensação de sufocamento, cansaço, pressão no peito, chiado audível, cor azulada no rosto e nos lábios, pulsação rápida, sonolência exagerada, sudorese e confusão mental. Pode causar insuficiência respiratória.

As receitas com eucalipto para bronquite e asma são preparações simples e caseiras para complemento ao tratamento médico e se referem a chás, inalações, compressas e massagens que visam desobstruir as vias respiratórias.

Inalação com eucalipto para sinusite

A sinusite (rinossinusite) é uma inflamação da mucosa dos seios da face e da mucosa nasal que acontece quando não há a adequada drenagem de secreção.

O uso do eucalipto ajuda a desobstruir a mucosa e a eliminar a secreção, trazendo alívio. Para essa finalidade, a inalação é adequada, desde que a pessoa não seja alérgica à planta.

Faça a inalação com eucalipto para sinusite adicionando, em um litro de água fervente, de seis a oito folhas de eucalipto (vendidas em lojas de produtos naturais). Inspire o vapor repetidas vezes, até ele se esvaia completamente do recipiente. Faça a inalação duas vezes ao dia.

Outra opção é adicionar cinco gotas do óleo essencial de eucalipto em um litro de água fervente. Passe para uma tigela. Mantenha o vapor concentrado, cobrindo a cabeça com uma toalha até o recipiente, fazendo uma tenda. Inale o vapor.

Eucalipto em vaso.
Daria Shevtsova / Pexels

Outro método é aplicar duas gotas do óleo essencial de eucalipto sobre um lenço de papel e aspirar.

Chá de eucalipto para bronquite

É importante saber que bronquite é uma inflamação dos brônquios (canais cartilaginosos que levam o ar inalado aos alvéolos pulmonares), podendo ser aguda ou crônica, dependendo da duração e do agravamento das crises e dos sintomas.

A tosse é o principal sintoma. Na bronquite aguda, ela pode ser seca ou com muco. Na crônica, ela é sempre acompanhada de muco, inicialmente com expectoração clara, podendo se tornar amarelada e espessa, conforme a enfermidade evolui. Falta de ar e chiado ao respirar, febre e calafrios são outros sintomas.

O chá de eucalipto ajuda a tratar a bronquite, eliminando o desconforto da tosse, as secreções acumuladas durante a enfermidade e prevenindo a formação de muco nos brônquios.

Chá sendo servido em xícara de porcelana branca.
NIKOLAY OSMACHIKO / Pexels

Para fazer o chá da planta, coloque uma xícara (chá) de água fervente sobre uma colher (sopa) de folhas picadas de eucalipto. Tampe e deixe amornar, coe e tome de duas a três vezes ao dia. Caso queira adoçar, opte pelo mel, principalmente o de eucalipto.

É possível encontrar sachês para chá de eucalipto (embora misturado a outras plantas) em lojas de produtos naturais, sendo um para cada xícara (chá) de água fervente.

Compressa com óleo essencial de eucalipto

O óleo essencial de eucalipto é predominante nas folhas da planta, possui vários compostos orgânicos e pode ser agrupado em três categorias, conforme o uso final: medicinal, industrial e para a perfumaria.

O óleo essencial de eucalipto é conhecido por ser antiviral, bactericida, anti-inflamatório, expectorante, repelente para moscas, mosquitos e pulgas e fungicida.

A compressa com o óleo essencial de eucalipto auxilia na liberação de secreção respiratória e alivia os pulmões. Para prepará-la:

Em uma bacia com um litro de água quente, acrescente de três a seis gotas de óleo essencial de eucalipto e misture muito bem. Embeba uma toalha limpa e aplique no peito por 30 minutos.

Massagem com óleo essencial de eucalipto

Pequeno frasco de extrato de eucalipto entre folhas do mesmo.
Pexels / Laryssa Suaid

Além de ser uma forma de tranquilizar quem sofre de bronquite ou de asma, a massagem com óleo essencial de eucalipto auxilia a expectorar e a respirar melhor.

Aplique 4 gotas do óleo essencial na palma de uma das mãos e friccione, aquecendo um pouco. Espalhe no peito e faça movimentos circulares suaves em toda a extensão.

Para as crianças, misture três gotas do óleo essencial de eucalipto com três gotas de óleo de amêndoas, de cozinha ou azeite, esfregue nas mãos para aquecer e aplique nas plantas dos pés, com movimentos leves do calcanhar para os dedos.

Utilização do eucalipto no quarto

O quarto é essencialmente um local para relaxamento e descanso tanto do corpo quanto da mente.

O aroma balsâmico das folhas de eucalipto é um dos mais usados na aromaterapia, pois é relaxante, limpa a mente e estimula os sentidos.

Várias são as formas de utilização do eucalipto no quarto. Acompanhe algumas sugestões:

Pout-pourri de folhas de eucalipto

Material: pedaços de madeira, raízes, galhos ou pinhas; folhas secas de eucalipto, sementes de eucalipto (se você tiver facilidade de ter uma árvore por perto), cascas de laranja e de limão (sem a entrecasca — parte branca); óleo essencial de eucalipto, dois recipientes (preferencialmente de vidro), sendo um com tampa de boa vedação.

Preparação: comece misturando o material seco (os pedaços de madeira, as raízes, os galhos ou as pinhas e as folhas secas de eucalipto) no recipiente com tampa. No outro recipiente, misture as cascas de frutas cítricas (devem estar secas) e acrescente de três a dez gotas do óleo essencial. Junte as duas partes no recipiente com tampa, misture e feche muito bem. Deixe descansar de quatro a oito semanas. Abra o recipiente e deixe o aroma invadir o quarto por uns vinte minutos antes de dormir. Depois é só tampar. Quando o aroma do recipiente ficar enfraquecido, adicione mais gotas de óleo e deixe descansar novamente.

Travesseiro aromatizado com eucalipto

O eucalipto pode ajudar a respirar melhor e a ter um travesseiro aromatizado, o que significa ter um sono tranquilo e saudável.

Se você domina a arte de costurar, faça o seu travesseiro:

Travesseiros e lençóis brancos sobre cama.
Jaymantri / Pexels

Material: dois quadrados ou retângulos de tecido na mesma medida (do tamanho que você desejar); fibra de poliéster (manta acrílica) suficiente para encher o travesseiro, linha, máquina de costura; tesoura; agulha; dois tecidos quadrados de 12 centímetros de lado; meia xícara (chá) de folhas secas trituradas de eucalipto; ¼ de xícara (chá) de alecrim seco; 5 cravos-da-índia; óleo essencial de eucalipto; recipiente para misturar as folhas e os temperos.

Como fazer: num recipiente, misture muito bem as folhas de eucalipto, o alecrim e o cravo. Acrescente de três a cinco gotas do óleo essencial e misture. Tampe e reserve. Passe uma costura reta nos dois quadrados de 12 cm bem alinhados e unidos, deixando uma abertura para virar ao direito e para acrescentar a mistura de folhas e temperos. Vire a peça e acrescente a mistura. Costure a abertura manualmente, finalizando o trabalho. Junte os dois quadrados ou retângulos (maiores) e passe uma costura reta, deixando uma abertura. Vire o trabalho e recheie com a manta acrílica pela abertura. Enrole o “sachê” de folhas com a manta acrílica, de forma que fique protegido e não machuque a cabeça depois. Inclua no travesseiro e continue a rechear até que fique com volume e firmeza desejados. Finalize o trabalho com uma costura à mão na abertura.

Curiosidades sobre o eucalipto

O eucalipto está entre as árvores mais altas do mundo e tem raízes que não ultrapassam dois metros e meio de profundidade, não atingindo os lençóis freáticos. Além disso, ele equilibra a quantidade de água do solo em regiões pantanosas.

O Eucalyptus deglupta é a única espécie que vive em floresta tropical (Austrália, Indonésia, Papua Nova Guiné e Filipinas). É chamado de eucalipto arco-íris, pois quando as cascas do tronco se soltam fica multicolorido.

No Brasil, os primeiros plantios de eucalipto em escala comercial ocorreram em 1868, no Rio Grande do Sul, por iniciativa do político Joaquim Francisco de Assis Brasil. Entre as espécies mais cultivadas estão: Eucalyptus grandis, E. saligna, E. urophylla, E. viminalis, E. dunnii e o híbrido entre E. grandis e E. urophylla.

As florestas de eucalipto geram cerca de 4,23 milhões de empregos diretos e indiretos no país (Indústria Brasileira de Árvores/2015), que envolvem infraestrutura, logística e outros.

Aqui, a Região Sudeste concentra a maior quantidade de áreas plantadas de eucalipto. Minas Gerais é um dos maiores produtores de óleo essencial da planta no mundo, concorrendo com a China, a Austrália, a Espanha e Portugal. Os maiores importadores são a França, os Estados Unidos e a Espanha.

Você também pode gostar

O óleo essencial do eucalipto citriodora é potencial aliado na luta contra as bactérias da tuberculose, principalmente as resistentes aos medicamentos inalantes MDR/XDR-TB, conforme aponta um estudo publicado em março/2019 no Journal of Natural Products.

As folhas de eucalipto não devem ser ingeridas por pessoas ou animais. Mas elas são alimento para os coalas, que escolhem as folhas e consomem as menos tóxicas. O organismo deles é geneticamente hábil para eliminar as toxinas da planta, segundo pesquisa desenvolvida pela geneticista Rebecca Johnson, em artigo publicado na revista Nature Genetics (2/julho/2018). As folhas contém poucas calorias, suficientes para esses animais que dormem 22 horas por dia.

Há vários benefícios associados ao eucalipto: melhoram a aeração, a drenagem e o armazenamento da água no solo, reduzindo a intensidade de erosões. Age como antisséptico, analgésico, relaxante, cicatrizante, estimulante do sistema nervoso, promovendo a concentração e agindo contra a fadiga mental; purificador do ar, repelente de insetos e desinfetante de ambientes, com propriedades antibacterianas. É uma alternativa natural contra os piolhos. Auxiliar no tratamento de acnes.

O uso excessivo de preparações com eucalipto pode trazer efeitos colaterais como dermatites, dificuldade para respirar, taquicardia, sonolência e hiperatividade. Pessoas com problemas hepáticos, renais, da vesícula e de coagulação sanguínea não devem fazer uso de produtos à base de eucalipto, a menos que haja indicação médica.

O uso de eucalipto no chuveiro

Mulher toma banho; sobre a sua imagem há uma planta.
ArtHouse Studio / Pexels

Para transformar o banheiro num verdadeiro spa, reduzir o estresse e conseguir uma boa noite de sono ou começar o dia com energia, um jeito simples é pendurar um bouquet de eucalipto no cano do chuveiro ou da ducha.

Depois de amarrar os caules é só prender no cano, de modo que os galhos não interfiram no fluxo de água. O vapor d’água é suficiente para fazer as folhas liberarem os óleos essenciais, criando um banho aromático que age como descongestionante e estimula o sistema imunológico, principalmente contra gripes e resfriados. Outros ramos podem ser associados aos de eucalipto, como a lavanda, o alecrim e o louro, podendo durar, se frescos, até um mês.

Para a segurança, é essencial evitar que a fiação do chuveiro esteja em contato com os ramos. Nesse caso, o melhor é prendê-los na parte superior do box com o uso de um gancho ou deixá-los onde as folhas só recebam vapor.

O eucalipto traz benefícios para animais e seres humanos. Muito cultivado em florestas para fins comerciais, ele vem sendo pesquisado e apresenta alternativas aos tratamentos de enfermidades respiratórias, por exemplo: sinusite, bronquite e asma.

Porém o uso de medicamentos recomendados pelos médicos não deve ser substituído pela adoção de alternativas caseiras com o eucalipto, porque elas são auxiliares.

A natureza mais uma vez nos presenteia com um recurso que nos ajuda a respirar, a ter saúde e a viver melhor. Alguns de nós têm memórias incríveis ligadas a essa espécie da flora. Envolva-se pelo perfumado ar balsâmico do eucalipto e aproveite a vida!

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para colunistas@eusemfronteiras.com.br