Convivendo

Mês de Agosto – mês de fortes emoções

Entramos no mês de agosto, um mês de emoções fortes, primeiro porque está chegando o fim do ano. Mais alguns meses e lá se vai mais um ano!

Sim, dezembro está logo ali, aí vem o Natal, Ano Novo, férias pra muitos… Hora de pensar nas metas novamente… Já estamos no segundo semestre do ano.
Consciente ou inconscientemente, isso mexe com a nossa cabeça, não tem jeito!
Outro fator que faz com que o mês de agosto seja um mês de emoções fortes envolve as nossas crenças.

Se pensarmos de acordo com que foi escrito acima, entendemos por que chamam agosto de o mês do “cachorro louco” (expressão popular).

Também pode ser conhecido como o mês do desgosto!

Uma mulher fazendo um semblante de nojo.
izusek de Getty Images Signature / Canva

Porque, se pararmos para pensar, ao nos darmos conta de que estamos no segundo semestre do ano, isso gera em nós um misto de emoções e sentimentos que talvez não gostemos de sentir.

Segundo semestre e nossas metas de fim de ano… onde estão?
O mês de agosto é o segundo mês do segundo semestre… Sabe aquela sensação de o tempo estar se esvaindo das nossas mãos? Então, será que não é isso que acontece quando chega agosto?

Sim, eu sei, a “culpa” não é do mês em si! Acredito que é dos nossos pensamentos. Se escolhermos pensarmos que é um mês ruim, a tendência é ficar pior!

Mas se entendermos que ainda temos 4 meses pela frente, parece pouco, mas não é, pois tudo pode mudar.

Sim, é só um ponto de vista! É uma forma de vermos as coisas de maneira diferente!
Agosto – mês do desgosto, além das nossas crenças. Sim, as crenças de que o mês de agosto é um mês de desgosto faz sentido. Por quê?

• Estamos chegando ao fim do ano e muitos encaram como fim de ciclo, o que causa desgosto;
• Temos as metas de fim de ano e muitas ainda não foram cumpridas;
• Talvez já estejamos cansados por causa do trabalho e precisamos de férias;
• Além de tudo, é o fim do inverno… Isso merece um parágrafo especial!

Sim, o fim do inverno aqui no Hemisfério Sul é um período que, queiramos ou não, é de introspecção! Você já parou para pensar que talvez é por isso que o mês de agosto mexe com as nossas emoções e os nossos sentimentos?

Um homem de mochila contemplando uma ilha.
Viktor Gladkov / Canva

Talvez sintamos aquela falta de energia que o Sol muitas vezes nos proporciona. Sabe quando vai chegando o fim de um processo? Talvez seja apenas isso… cansaço!
Pense nisso na próxima vez em que reclamar do agosto!

Mas o que fazer? Pular diretamente para setembro? Não, isso não é possível, sabemos bem, mas o que fazer, afinal?

Antes de tudo, ter consciência das nossas emoções e dos nossos sentimentos relacionados a isso! É preciso saber lidar com essas emoções.

Sim, é importante trabalhar as nossas emoções e os nossos sentimentos para também lidar com o mês de agosto. Pois quando nos conhecemos, entendemos o que nos deixa desgostosos com um mês no calendário!

E vamos parar de “culpar” o ciclo da vida, pois somos o que pensamos, resultado daquilo que sentimos. Então, se entendermos o que sentimos e trabalharmos isso em nós, vamos ver não somente o mês de agosto de forma diferente, mas também todo o resto do ano. E assim teremos mais ânimo para o trecho final até dezembro.

Você também pode gostar

E como diz a canção: quando a primavera chegar, vamos estar juntos e prontos para uma nova etapa, com nossas baterias recarregadas para aproveitar o que vem de bom por aí!

Sobre o autor

Cristiane Helena Anjos de Oliveira

Cristiane Helena Anjos de Oliveira, ou Cris, 44 anos, administradora com pós em gestão de pessoas, com diversas experiências em grandes empresas.

Trabalhei muitos anos no mundo corporativo, mas sempre gostei de assuntos ligados ao autoconhecimento e espiritualidade, de alguma forma tinha algo que me trazia para este lado. Coisas boas ou não!

Hoje digo que minha caminhada espiritual é meu “Alimento Sagrado”. Com formação em Cristais, Tarot dos Cristais, entre outros diversos cursos na área do autoconhecimento.

Criadora do blog Caminhos da Luz, em que descobri minha paixão por escrever. Em 2018, criei coragem para construir o blog www.caminhosdaluz.com.br, no qual compartilho meus textos e a cada dia trilho meu caminho, descobrindo novos horizontes e novas possibilidades, sempre acreditando que temos vários caminhos para encontrar a luz verdadeira e no fim descobrirmos que ela está dentro de cada um de nós.

Contatos:

Email: crihe16@gmail.com
Site: caminhosdaluz.com.br
Facebook: Caminhos da Luz
Instagram: @caminhos_da_luz
Twitter: @LuzCaminhos