Comportamento

Momento de perdas

Homem negro sentado com a cabeça entre as pernas.
Alex Green / Pexels
Escrito por Karina Schuler

As perdas são, na verdade, o sentimento de ausência e a saudade que temos de seres queridos. Com o amor, queremos ficar mais próximos uns dos outros e não ter que sofrer com a despedida de algumas pessoas. É possível sentir a tristeza e o desespero quando alguém de quem você gosta falece. É totalmente entendível. Mesmo assim, como fazer para amenizar essa tristeza, saudade ou até solidão que muitos seres sentem diante dessa situação de partida de um ente querido?

Essa é a grande pergunta para resolver um problema que perdura épocas. Essa situação passa de geração em geração e segue a mesma. O desenvolvimento em tecnologia e recursos materiais foi ampliado, porém os recursos emocionais para saber vivenciar melhor as situações de perda ainda estão sendo desvendados. Como é possível viver melhor após uma grande perda? A dor da separação é uma vivência que afeta grande parte das pessoas. É possível entendê-la, porém difícil vivenciá-la. Na verdade, a grande maioria das pessoas relata dificuldades na hora que perdem um ente querido. Quanto mais próxima é essa pessoa, mais difícil é a separação. Esse é um assunto que atravessa o mapa, pois muitas pessoas de diferentes países, culturas ou situações econômicas sofrem com a separação pela morte.

Nascemos para viver no planeta Terra até a hora que teremos que nos despedir desse local e retornar ao plano espiritual. É como se fosse uma grande viagem para ficar em locais diferentes. Ao nascer, chegamos à Terra, viemos da espiritualidade. Ao morrer, saímos da Terra e voltamos à espiritualidade. São viagens que fazemos com o propósito de evoluir em locais diferentes. Reencontros e desencontros acontecem, pois o período de cada um na Terra é diferente do período dos outros seres. Todos têm o seu tempo aqui. Alguns ficam mais tempo na Terra, outros menos. São essas diferenças de tempo que fazem com que encontros e desencontros aconteçam.

Mulher branca com as mãos no rosto.
Kat Jayne / Pexels

Entender o sentido da existência é essencial para poder harmonizar-se com todas as situações. Claro que é mais fácil harmonizar com situações e vivências boas, das quais gostamos. É mais difícil manter esse estado em horas de perdas. É desafiador vivenciar esses momentos em estado de naturalidade e equilíbrio. A vida está sempre solicitando aprendizados de todos nós. E é isso que precisamos fazer. Viver em estado de harmonia com a vida é a resposta que acredito ser a mais adequada para esse momento de perdas. A vida tem as suas razões para ser, então ela sabe o que é melhor para todos nós. Ela responde e vai trazer o que é melhor. Mesmo que algum momento seja difícil, precisamos ser gratos por ter tido um período de tempo com aquela pessoa querida. É em vida que fazemos tudo. É tudo em vida.

É de passagem que estamos no planeta Terra para cumprir a nossa missão. Cada ser tem a sua missão, e quando cumpri-la, chega a hora de ir embora. A morte é simplesmente uma passagem de volta para o local de onde viemos. Vamos retornar à espiritualidade. É algo natural da vida. São como ciclos que precisamos vivenciar, então força interior e harmonia com a vida é o que precisamos para superar momentos desafiadores, no caso de mortes de entes queridos. Procurar viver bem durante toda a vida é o que devemos ter a intenção. Estar conectados com o que é bom, o que nos faz bem, isso é vital para assegurar a ótima qualidade de vida.

Você também pode gostar

Na verdade, não é na morte que perdemos alguém. Só perdemos mesmo quando deixamos de amar. Isso, sim, é uma perda efetiva. A morte é um ciclo que termina e também outro ciclo que inicia. Não perdemos quem amamos, pois laços de amor nos unem para sempre. Só que estamos em uma viagem no planeta Terra e teremos que saber que encontros e desencontros são necessários, pois a vida pensa no bem de cada um. Estamos em jornada evolutiva, tanto aqui quanto na espiritualidade. É um período em cada local. Isso é natural.

Amor & Luz!

Gratidão!

Abraço Fraterno!

Sobre o autor

Karina Schuler

Fisioterapeuta, especialista em medicina chinesa, medicina ayurvédica, formação em medicina germânica de Heilkunde, especialização em psicologia corporal, psicoterapeuta holística, master PNL, master coach sistêmico, formação em terapia quântica, terapia energética e cristais. Aromaterapeuta, cromoterapeuta, radiestesista, reikiana, formação em yoga integral e artístico, formação em pilates clínico.

Idealizadora de métodos especializados e exclusivos em essência plena, saúde sistêmica, empresa sistêmica, essência esportiva e essência artística.

Esses métodos são exclusivos para ascensão pessoal, saúde plena, empresas, atletas e artistas.

Palestras – Cursos & Workshops – Vivências – Treinamentos & Consultorias.

Meditações Essência Estrelar & Inspirações Essência Estrelar – Métodos Próprios.

Escritora – em breve lançamento do meu primeiro livro.

Sou uma eterna estudante e profissional do que eu mais amo.

Artista, pianista, cantora, compositora e atriz. Artista plástica e artesanato por amor!

Acredito na vida de cada ser, no seu brilho e na sua estrela interior!

Estou disponível para ajudar na criação de um Universo de mais luz!

Amor & luz!

Gratidão!

Abraço fraterno!

Contatos:

E-mail: karina.modella26@gmail.com
Facebook: SpazioModella
Instagram: @karinaschuleroficial

Linkedin: Karina Schuler
Telefone: (48) 99134-8194