Arteterapia Autoconhecimento Coaching Saúde Integral

Te desejo a morte – para que a sua vida se alinhe e faça mais sentido

Celso de Godoy Junior
A “morte” é um momento muito difícil, dolorido de se viver e aceitar na vida de qualquer ser vivo, ainda mais quando perde-se a companhia de uma pessoa tão importante, com experiências de amor, companheirismo e inúmeras vivências afetivas.

Porém, não podemos limitar a palavra “morte” somente ao sentido da perda, falecimento de uma pessoa, mas principalmente ao significado do fim, término dos conflitos no relacionamento amoroso, no trabalho ou demais experiências que cada pessoa possa estar vivenciando e sofrendo. Pior ainda é não ter coragem, iniciativa de “dar um basta” a estes males, reconhecendo-os e buscando meios para conversar e solucionar gradualmente o que lhes têm sufocado.

“Só é feliz a dois quem é feliz sozinho”

(Isabela Freitas)

Seja mais consciente e seletivo com a sua própria vida, ela passa tão rápido e, por vezes, você pode estar deixando de aproveitar melhores experiências de amor, alegria, diversão e respeito com cada pessoa com quem convive diariamente.

Errar é humano, faz parte do processo de qualquer tipo de convivência/aprendizagem. Por isso, não condene o outro e nem a si mesmo por atos e ações imperfeitas.

Desta forma, desejo profundamente que você valorize mais a si mesmo, reconheça o que tem te trazido amor, paz e felicidade e analise calmamente cada detalhe do que possa estar te causando algum mal. Aja com cautela, seja humano, aprenda com os seus problemas e transforme, fortaleça cada vínculo, relacionamento que esteja prejudicado, com a mudança, morte desses males, sentimentos ruins, maus entendidos, dores e desrespeito à vida.

Faça de cada novo dia a renovação e aprendizagem de tudo o que possa estar te entristecendo.

“Ostra feliz não produz pérolas”

(Rubem Alves)

Que o Amor e a Paz sejam o Eixo purificador da sua mente e Alma eterna, que é preenchida por cada experiência ocorrida em sua história de vida.

“Ame-se e você verá a vida de uma forma mais positiva. Para amar, primeiro você deve conhecer as suas virtudes, os seus defeitos e aceitar-se como você é. Quando se apreciar como pessoa, o amor pelos outros aparecerá naturalmente”

(Autor desconhecido)

“O impossível é só uma questão de opinião”

(Chorão – Charlie Brown Jr)


Referência Bibliográfica

Bartlett, S. A. A bíblia da mitologia, tudo o que queria saber sobre mitologia. São Paulo: Pensamento, 2011.

BRANDÃO, Junito de Souza. Mitologia grega. 10. ed. Petrópolis: Vozes, 1999. 3 v.

Freitas, I. Não se apega não. 1 ed. Rio de janeiro: Intrínseca, 2014.

Sobre o autor

Celso de Godoy Junior

Celso de Godoy Junior

Atua há mais de dez anos na área da educação e gestão de pessoas, é escritor, terapeuta, palestrante e gestor de treinamento de liderança pessoal e profissional. Possui mais de dois anos de experiência como professor de graduação de pedagogia, pós em arteterapia e psicopedagogia.

Paralelamente às suas inúmeras experiências sociais, em escolas, profissionalmente e demais conflitos humanos (falta de interesse nos estudos, nos trabalhos, desrespeito aos outros profissionais e desmotivações entre ambas as partes), realiza projetos com palestras educacionais em instituições do ensino básico, superior e empresarial. Enfatiza a suma necessidade do desenvolvimento de um novo olhar sensitivo à iniciativa e à resiliência individual, por meio do cultivo da empatia e da humanização recíproca. Orienta cada professor, estudante e colaboradores do meio corporativo à conscientização em suas ações, reações e obtenção de melhores resultados em suas experiências de vida.

Telefone e WhatsApp: 11 99604-7018
Facebook: Celso G. Jr
E-mail: [email protected]

Ateliê terapêutico: em Bragança Paulista-SP