Comportamento Convivendo Toda forma de amor

Natal dos sem família

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras
O Natal, em 25 de dezembro, deve ser um tempo de reflexão, aprofundamento e contemplação sobre seu significado, que objetiva recordarmos o nascimento do menino Jesus. Os dias que antecedem o 25 são dias marcados pelo envio de diversos desejos e votos, por meio de cartões, telefonemas, e-mails, visitas ou mensagens para que as pessoas expressem seus votos de Feliz Natal a pessoas próximas ou conhecidas. O espírito natalino, que gera alegrias e sensações de fé, amor e solidariedade, aflora nas pessoas nessa época.

Sala com decoração de Natal

Até por questões de costume, o Natal em si é visto como uma data muito importante para se passar em família e celebrar perto daqueles que você ama. Contudo, é preciso ter em mente que nem sempre sua família de sangue, que possui real parentesco, é a companhia certa, que te gerará sentimentos bons, como união, lealdade, felicidade e amor durante uma data tão especial quanto esta.

Não importa se uma pessoa está afastada de seus familiares de sangue por motivos de desentendimento, pelo falecimento dos parentes próximos ou por qualquer outra razão que a afaste de suas “origens” e “raízes”; o Natal deve ser passado junto com quem está sempre ali para amparar quando necessário e faz questão de demonstrar acolhimento e apoio em qualquer momento da vida. O conceito de família há muito precisa ser repensado, até mesmo para evitar conflitos e sentimentos de angústia em quem não possui a família unida desse jeito, percebendo que, até indiretamente, sua família é quem está ali por você, te auxiliando a ser feliz todos os dias. Não deve existir uma obrigação “moral” em se dar bem com a família toda, ainda mais se ocorreram desavenças ao longo da vida. Pode ser que o sangue os una, mas se afastar da família não deve ser motivo de trauma, ainda mais se foi para o seu próprio bem, para manter sua saúde física e mental.

Você também pode gostar de:

Um belo exemplo do que foi dito anteriormente é uma notícia de que, em 2017, o pessoal de um bairro no Maranhão se reuniu para fazer uma festa de Natal com uma ceia especial repleta de amor na companhia de ninguém mais, ninguém menos que os vizinhos. De acordo com os moradores, os vizinhos muitas vezes dão apoio quando mais se precisa, em lugar de familiares que moram longe, e essa amizade sincera merece ser celebrada. Inclusive depois da meia-noite, quando o dia 25 realmente se inicia, os maranhenses do bairro da Liberdade, depois de cearem juntos, caminham pela rua saudando os vizinhos mais distantes, que por algum motivo não estiveram presentes.

Presentes

A magia do Natal é real e as ótimas energias que preenchem os corações mais fortemente nesse dia devem ser compartilhadas ao máximo com o próximo para que, assim como Jesus, possamos nascer e a cada dia renascer como pessoas melhores, com esperança e empatia para viver mais um ano e poder, ao compartilhar o amor, levar harmonia e equilíbrio aos que estão à nossa volta. É vital sempre aproveitar as oportunidades de estar em boas companhias, e celebrar o Natal com essas pessoas faz a diferença, pois as boas intenções de quem está com você são lançadas ao Universo e voltam a vocês gerando cada vez mais experiências maravilhosas.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]