Comportamento Espiritualidade

“99% prática 1% Teoria” – como isso se encaixa para a vida de qualquer um – não só Yoguis.

Silhueta de pessoa sentada de pernas cruzadas, praticando yoga, perto de um lago, sob um céu ensolarado.
Juliana Ferraro
Escrito por Juliana Ferraro

Esta frase é superfamosa e repetida por muitos yoguis ao redor do mundo. Principalmente entre os praticantes de Ashtanga Yoga, prática que se iniciou, como a conhecemos hoje, no sul da Índia, por Pattabhi Jois.

Sendo essa uma prática recente dentre tantas do Hatha Yoga, não se sinta um peixe fora d’água. Essa frase serve para todos nós, praticantes espirituais. Tanto para quem faz posturas de yoga como para quem medita, para quem aplica reiki, para quem atende e ajuda pessoas.

Na verdade, essa frase se encaixa na vida de todas as pessoas.

Algumas pessoas interpretam a frase dizendo que você tem que suar e suar em cima do seu tapetinho de yoga, e muito. E pronto, a prática está feita.

mulher no chão

Mas não é bem isso, só. Realmente é muito importante a gente sempre praticar o que nos faz bem, seja o que for, e manter uma disciplina. Porque a yoga não acontece apenas nos dias em que você acorda de bom humor e motivada. Acontece muito mais nos dias que você vence as barreiras da preguiça, do frio e das dores mentais e físicas.

Aí a yoga te recompensa, pode crer!

O que acontece além do tapetinho é o mais interessante de tudo. Quando você precisa praticar todos os passos éticos citados pelo sábio yogui Patanjali. No seu livro, ele lista quais são os oito passos para viver em um estado de yoga. Dentre esses oito passos, um deles é Asana (as posturas) e dois deles são superimportantes e são eles que realmente contam no ditado “99% prática”.

O que são esses passos éticos? Você deve estar se perguntando se isso é uma espécie de seita, certo? “Será que vão me dizer como me vestir?” “Ou vou precisar realizar certos rituais que devo repetir todas as noites?” “Ou vão dizer o que posso ou não comer?”

Mulher sentada no campo

Calma! Não é nada disso! Patanjali e o caminho da yoga nos diz para seguirmos princípios básicos para a boa convivência entres os seres vivos e como podemos usar ferramentas simples para melhorar nossa qualidade de vida (mental, física, espiritual e emocional).

Você também pode gostar de:

E quais são esses passos que ele nos ensina?

Aqui estão as práticas que temos que ter com a gente e com os outros para bem viver:

  • Não violência (Ahimsa)
  • Falar a verdade/ser verdadeiro consigo mesmo (Satya)
  • Não roubar (Asteya)
  • Usar a sexualidade com sabedoria (Brahmacarya)
  • Desapego (Aparigraha)
  • E existem as práticas principalmente internas que devemos ter:
  • Purificação do corpo físico e das palavras e pensamentos (Saucan)
  • Contentamento (Santosha)
  • Disciplina, austeridade, colocar esforço (Tapas)
  • Autoestudo e estudo da filosofia (Svadhyaya)
  • Devoção a Deus – seja qual for sua crença (Isvara Pranidhana)

Muitas interpretações são dadas e foram dadas a todo esse conjunto de princípios e como colocá-los em prática no dia a dia. Isso é aquele ditado “99% prática…” Quando, além de estudar e saber da existência desses princípios, você puder fazer e testar com as pessoas à sua volta e na rotina de todos os dias.

aula de yoga

Levando consigo o ensinamento que falei lá em cima de que praticar dentro do tapetinho realmente recompensa quando você consegue manter a força de vontade e ir contra as adversidades e mesmo assim praticar. Serve essa mesma conclusão para esse modo de viver, que deve ser levado em conta mesmo quando se está em dificuldades em honrar com essa ética.

Pratique, e tudo virá 😉

Sobre o autor

Juliana Ferraro

Juliana Ferraro

Juliana Ferraro é psicóloga por formação e viajante por amor às coisas novas da vida. Seu contato com diferentes línguas e culturas começou quando ela ainda trabalhava no Club Méditerranée, depois disso fez um mochilão pelo mundo em busca de autoconhecimento. Em pouco mais de 1 ano conheceu diversos países asiáticos, em especial a Índia, onde fundou uma paixão profunda pelo Yoga e pela meditação. Hoje, ela é professora de Yoga e terapeuta reikiana em Paraty, RJ.

Contatos:

Facebook: /juliana.ferraro | /lotusviajante
Instagram: @ferrarojuju | @lotus_viajante
Site: www.lotusviajante.com | www.casadodharma.com
E-mail: [email protected]