Autoconhecimento Energia em Equilíbrio Yoga

10 princípios do Yoga e como aplicá-los em sua vida

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras
Muitos encaram o yoga como uma atividade física que também trabalha a mente, mas essa prática milenar vai muito além disso. Ela é capaz de orientar uma pessoa como um todo, ensinando princípios básicos e também coisas que devem ser evitadas se o objetivo é ter uma vida plena e livre de problemas. Trata-se dos yamas e niyamas. O primeiro indica as coisas que precisamos evitar e o segundo são os princípios que devemos ter como base em nossas vidas.

Geralmente, escolas menores que ensinam yoga se restringem às posições e técnicas de respiração, mas se você se interessa pelo assunto vale estudar e procurar saber quais são estes princípios que norteiam a prática. Para te ajudar nessa, listamos abaixo os 10 yamas e niyamas e uma breve descrição sobre cada um.

YAMAS

Ahimsa – não-violência

É a negação de qualquer tipo de violência, desde a mais explícita até a mais velada. Não ser violento com os outros e nem com você mesmo. Não fazer comentários destrutivos e não estimular pensamentos negativos. Manter o pessimismo bem longe de seu pensamento.

Satya – verdade

Ser sincero com você mesmo e com as outras pessoas. Ser fiel aos seus princípios e ao que você verdadeiramente quer. Não seguir ideais de outras pessoas e não tentar se moldar ao gosto de ninguém. Ser quem se realmente é, sem se preocupar com isso.

Asteya – não roubar

Não tomar para si nada que não lhe pertence. Nunca pegar algo de outra pessoa sem permissão. Só pegar as suas coisas e só contar com elas.

Aparigraha – desapego

Ter em mente que tudo nesse mundo é passageiro e não estimular desejos e impulsos de ter e acumular coisas. Saber que o material é a parte da vida que menos importa e não hesitar em doar coisas que não lhe servem mais.

Brahmacharya – controle dos impulsos sexuais

Ter cuidado com quem divide sua intimidade e seu corpo é um princípio básico da yoga. Viver em uma busca incessante por prazeres carnais pode ser um sinal de que você está desconectado de si mesmo e sentindo falta de alguma outra coisa.

NIYAMAS

Saucham – pureza

É a importância de manter-se o mais limpo possível. E isso vai desde a comida que ingere até o tipo de pensamento que nutre. Higiene, emoções, informações e relacionamentos, vale para tudo. O importante é selecionar tudo o que “mora” dentro de você.

Tapah – disciplina

Não significa ser rígido demais e seguir regras difíceis de serem cumpridas, significa ter disciplina consigo mesmo para conseguir atingir seus objetivos e força para correr atrás deles.

Santosha – contentamento

É o princípio de estar feliz e grato por tudo que se tem. Não tem nada a ver com comodismo, mas sim com a valorização de seu momento atual. A importância de ficar feliz com o que se tem e nunca lamentar o que ainda não foi conquistado.

Swadhyaya – autoestudo

A busca da sabedoria mais importante de sua vida, o autoconhecimento. É dedicar boa parte de seu tempo a si mesmo e a entender como seu corpo e sua mente funcionam, para que possa realizar as melhorias necessárias.

Íshvara pranidhana – entrega

Confiar na vida e entregar-se plenamente a qualquer ação que fizer. É saber que tudo tem um motivo e que o fluxo dos acontecimentos lhe indicará as melhores decisões e escolhas.


Escrito por Roberta Lopes da Silva da equipe Eu Sem Fronteiras

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]