Comportamento Saúde Integral

O COVID-19

"COVID-19" escrito entre ilustrações de virus.
123RF/nunataki
Juliana Meyer Luzio
Escrito por Juliana Meyer Luzio

A COVID-19 é um fato, uma realidade mundial, inclusive! Não há um país no planeta que não tenha ouvido sobre o vírus e não esteja falando sobre ele. Sim, ele está causando pânico diante de tantas mortes. Sim, ele está causando muito medo do futuro diante de tantas incertezas. Os números diários assombram e as estáticas de que eles aumentarão nos próximos dias não nos confortam, pelo contrário.

A COVID-19 pode chegar como uma gripe que pode ou não se transformar em pneumonia, que pode ou não causar falta de ar e, nos casos mais graves, o óbito. Importante lembrar que na maioria dos óbitos ocorridos havia outros problemas de saúde pré-existentes e que por si só o vírus não é tão letal como parece, mas se torna extremamente perigoso em pessoas cujo organismo já sofre de outras enfermidades, como é o caso dos idosos.

Já sabemos o que precisamos fazer para tentarmos evitar ou diminuir sua proliferação: ficar em casa, manter uma higiene cuidadosa das mãos, das roupas etc, ter uma alimentação saudável, dormir bem e fazer atividades físicas e respiratórias.

Pessoa fazendo videochamada com um homem de máscara, durante a quarentena.
Pexels/Edward Jenner

E com exceção do ficar em casa, todas as outras ações citadas acima deveriam ser diárias, porque elas são fontes geradoras de uma boa imunidade, e essa é uma das nossas maiores armas contra esse vírus. Nunca fomos tão responsáveis por nossa saúde como agora, e a maneira como nosso corpo lidará com esse vírus está diretamente ligada com a imunidade que estamos construindo. Portanto, a alimentação e a atividade física são tão fundamentais quanto a higiene e o isolamento.

E não temos desculpas para não praticá-las! Aproveite que está em casa e aprenda a cozinhar, caso não saiba. Existem milhares de programas e de vídeos disponíveis com receitas fáceis, saudáveis e gostosas. Praticamente todas as academias estão disponibilizando aulas online e o Instagram está cheio de lives sobre isso, portanto, ficar em casa em isolamento é bem diferente de ficar na frente da TV o dia todo, de comer besteiras sem parar ou de levar uma vida sedentária.

O auto cuidado e o amor próprio estão em pauta! Está na hora de se cuidar, de se tratar bem e se proteger, pois o vírus está ai e ele baterá em todas as portas. A notícia que temos é que em um ano todos teremos contraído a COVID-19, a questão é: como você e seu corpo estarão quando ele chegar? Podemos fazer muitas coisas pelas nossas saúdes física, mental, emocional e espiritual, e todas elas precisam de mais atenção e cuidado neste momento.

Ações como: meditação, novos aprendizados, reuniões virtuais com amigos, ler aqueles livros que compramos faz tempo e estão na estante, ouvir música e dançar livremente pela sala são apenas algumas das coisas que podemos fazer para alimentar nosso bem estar e nossa alma, alimentando nossos corpos, nos equilibrando e nos tirando do circulo de más notícias.

Tenho certeza de que há cursos que sempre quis fazer, pois agora você tem tempo e a internet à disposição. Aproveite para reorganizar sua agenda e coloque nela alguns minutos para silenciar e meditar. Para isso não precisa de muito esforço, basta apenas a vontade e o primeiro passo.

Mulher escrevendo em um caderno sobre uma mesa com um computador.
Pexels/Retha Ferguson

Tenho lido muito uma frase mais ou menos assim – se não pode ir lá fora vá para dentro, então sugiro que aceite esse convite e mergulhe em você. Perceba que medos esse vírus está te provocando e olhe pra eles. Encare como uma oportunidade e não como privação esse momento. Você está vivo diante de tantas mortes, você está tendo a chance de se cuidar e de se fortalecer para enfrentar de frente a COVID-19, então não entre em pânico, apenas respire, se alimente e preencha seu tempo com o que te faz bem.

Só nos cuidando que poderemos cuidar dos outros. Só indo para dentro poderemos perceber o quão fora estamos, o quão distantes de nossa essência, de nossa força e brilho pessoal estamos. A COVID-19 é uma ameaça real, porém é muito mais que isso, é um convite para questionarmos nosso modus operandi. Algo deu muito errado na nossa forma de viver, é notório que estamos indo pelo caminho errado. A Vida, Deus, seja lá o nome que quiser dar é Soberana(o) e nos mostrará quantas vezes for preciso que somos pequenos, frágeis e precisamos cuidar de nós, do outro e do planeta.

Você também pode gostar

A COVID-19 pode ser uma oportunidade de transformação se estivermos atentos aos sinais, se tirarmos as vendas e enxergarmos que as escolhas que temos feito são geradoras de solidão, de depressão, de doenças, de destruição ambiental e de tantas outras catástrofes. Pare e pense em como é o seu dia-a-dia, da hora que acorda até a hora que vai dormir, o que você faz? Como você faz? O que você come? O que você sente? Como você se relaciona com as pessoas? O que é importante pra você? Quais são suas aspirações?

Eu não me surpreenderei se suas respostas te levarem a perceber que praticamente tudo o que faz é em nome de responder a uma demanda social de status, de poder, de alcançar metas ditas importantes e na ilusão de estar fazendo por você mesmo quando na realidade você enquanto sujeito ficou no último lugar da fila de tarefas.

Pés de uma mulher deitada em casa.
Unsplash/Kinga Cichewicz

Quando escrevi que algo deu muito errado é porque nos desconectamos de nós mesmos, somos estrangeiros em nosso corpo. Deixamos de ser para ter ou fingir ser outra coisa para agradar e/ou alcançar algo. Quando estamos conectados conosco sabemos como devemos nos cuidar, sabemos o que nos faz mal e nos protegemos daquilo. Somos capazes de dizer NÃO.

Quando não estamos íntegros e conectados com nossa essência somos incapazes de nos ferir, ferir ao outro e a natureza porque simplesmente nos sabemos parte do Todo. Hoje a COVID-19 é um espelho em que vemos no que nos transformamos, em seres sozinho, frágeis, presos e cheios de medo. Pare e perceba quais são seus medos agora, nesse exato momento, em relação a esse vírus e os enfrente. Pare e perceba o que precisa transformar e mude. O mundo está mudando, a vida está cobrando atitude e respeito, não se faça de desapercebido, isso pode te custar caro, pode te matar.

Não subestime a COVID-19, cuide-se, transforme-se, ame-se e viva conectado com você, com o outro e com o planeta. Somos parte do Todo e, enquanto não pararmos de nos maltratar, estaremos muito, mas muito suscetíveis a vírus, bactérias, catástrofes, enfim, condenados por nós mesmos a viver em desequilíbrio e dor. Conecte-se com o que há de sagrado em você, se reconheça filha da Terra e siga confiante e sem medo de que há uma força maior e que somos apenas passageiros aprendendo a caminhar.

Sobre o autor

Juliana Meyer Luzio

Juliana Meyer Luzio

Terapeuta que constrói sua clínica através de um espaço que integra fala, consciência corporal e quietude, tornando possível uma reconexão com o que há de belo, delicado e muito forte em nós - nossa saúde.

Formada em Psicologia, Psicanálise, Terapia de Integração Craniossacral, Transmutation Therapy, entre outros, está sempre em busca de conhecimentos que agreguem, em seu dia-a-dia maneiras, diferentes de olhar a vida.

Atualmente, além de sua clínica, lançou a Îandé, onde tem se dedicado à arte de criar e costurar produtos exclusivos e cheios de carinho.

DADOS DE CONTATO

Facebook: julianaterapeutaintegrativa | iandeprodutosartesanais
Instagram: @iandeprodutosartesanais
Skype: juliana luzio
Email: [email protected]
WhatsApp: (11) 98709-6916