Autoconhecimento Psicapometria

O mundo só muda se você mudar

Paulo Tavarez
Escrito por Paulo Tavarez
Você não é um vasilhame, o outro não pode te preencher, objeto algum pode preenchê-­lo, sabe por quê? Porque você não precisa de preenchimento, você já tem a plenitude do Universo dentro de você, apenas ignora isso e, por ignorância, escolheu viver na mais profunda miséria, acredita no pobreza sem perceber que está sentado em cima de um tesouro.

Você sofre por aceitar e acreditar cegamente em verdades que não respondem mais às suas necessidades, padece por seguir padrões de conduta criados por tradições e costumes atávicos, que foram ensinados de pai para filho, cumprindo uma agenda de valores criada por gerações passadas. 

Sua noção de certo e errado precisa ser revista, pois não é saudável tentar interpretar um mundo que se renova constantemente sempre com os mesmos olhos.

Você vive à espera da felicidade, cobra e espera isso dos outros, mas os outros não podem fazê-­lo feliz. É uma insensatez dar essa responsabilidade a quem quer que seja; mesmo um amante, um filho, um irmão, não importa, não coloque sobre os ombros de ninguém a tarefa que pertence a você. Não culpe os outros por não corresponderem às suas expectativas, não é justo fazer isso com ninguém, nem é saudável.

Se as pessoas lhe causam decepção o culpado é você, pois foi você quem criou as expectativas, as pessoas são o que são e sempre estarão envolvidas com seus próprios interesses, é natural que seja assim, não podemos ter a pretensão de gerir comportamentos, sentimentos e escolhas de ninguém, seja quem for, por isso é preciso tirá-­las de dentro e parar de tratá-­las como propriedade. Filhos, maridos, parentes, amigos, enfim, todos aqueles que compartilham o seu caminho não podem viver no cárcere de suas carências afetivas ou condicionados às suas idealizações.

Não seja como um balão apagado, sem luz, sendo levado pelo vento das convenções, orientado por regras e modelos adotados pelo senso comum; seja você mesmo. Você segue procedimentos arcaicos que não te trazem nenhum benefício e não percebe que preciso levantar âncoras e navegar pelo oceano de possibilidades oferecido pela existência. Está na hora de conhecer novos horizontes e se reinventar. Como dizia Fernando Pessoa: “Navegar é preciso, viver não é preciso”.

shutterstock_205221202-2 Por que passar toda a existência em busca de reparações, cobrando o tempo todo dos outros aquilo que você acredita que eles são obrigados a te dar? Não viva mendigando afeto, carinho ou apoio. Cresça! Só existe você no seu universo, se não gostar de si mesmo, ninguém mais vai gostar. Enquanto você viver como a Carolina, personagem daquela belíssima canção do Chico Buarque, olhando a vida pela janela, continuará sofrendo, pois a vida irá passar e você não irá vê-­la.

Pare de acreditar em tudo que te falam, cada um tem um ponto de vista, cada pessoa qualifica suas experiências de maneira diferente, é o princípio da fenomenologia. Um ponto de vista é apenas a vista de um ponto. ​Fique bem e todos vão te tratar bem, todos querem estar com pessoas alegres, confiantes, corajosas, ninguém quer estar perto de pessoas carentes, depressivas, melancólicas e pessimistas.

As pessoas se unem através de frequências similares, por isso, você sempre estará atraindo a companhia de pessoas que sintonizam com a frequência em que você estiver vibrando. Solte-­se, liberte­-se, deixe que a plenitude do teu próprio Ser se manifeste. Aprenda a gostar de si mesmo, afinal, se você não gostar de você mesmo quem vai gostar? Esteja certo que ninguém vai gostar. Podem até conviver contigo por gratidão, pena, culpa ou qualquer outro sentimento, mas não será por amor ou pelo prazer de sua companhia. O mundo só poderá mudar se você mudar. Não espere que ele se ajuste às suas necessidades.

Sobre o autor

Paulo Tavarez

Paulo Tavarez

Instrutor de yoga, pedagogo, escritor, palestrante, terapeuta holístico e compositor. Toda a minha vida tem sido dedicada à construção de um mundo melhor.

Celular: (11) 94074-1972
E-mail: [email protected]
Facebook: /paulo.hanuman
Instagram: @paulo.tavarez
Site: paulotavarez.com