Autoconhecimento Saúde Integral

O Novembro Azul para o homem moderno

Wilian Licht
Escrito por Wilian Licht

No mês passado, fizemos menção ao Outubro Rosa sobre o combate e prevenção ao câncer de mama, de suma importância para as mulheres e que atualmente é motivo de preocupação de saúde pública.

Neste mês de Novembro queremos falar sobre o câncer de próstata, que atualmente ceifa a vida de muitos homens em todas as faixas de idade. Apesar da fácil prevenção e combate, ainda encontramos muito preconceito derivado do machismo e, por isso existem muitos casos no Brasil e no mundo todo.

A Organização Mundial da Saúde, órgão da ONU que tem como foco a saúde da população mundial, está alarmada com o percentual desta patologia e que tem aumentado significativamente nas últimas décadas basicamente pela falta de informação e conscientização do homem moderno. Ela está em sexto lugar como a patologia mais comum no mundo e a de maior incidência no sexo masculino.

Vector illustration of a sky blue ribbon made of dots on blue background. Prostate cancer solidarity symbol. Blue September health awareness month. Medical concept.

Cerca de ¾ dos casos no mundo estão associados a homens com idade acima de 65 anos. Existe sempre uma grande chance de cura desta patologia, desde que tratada no início diminuindo, assim, a incidência de óbito.

No Brasil, o câncer de próstata é a quarta causa de morte, o que deixa bem claro o grande tabu existente entre os homens sobre, principalmente, seu aparelho reprodutor.

A próstata é uma glândula responsável pela produção do sêmen, fundamental para a fertilidade do homem e para a eliminação da urina.

Podemos salientar que uma dieta rica em frutas, verduras, legumes, grãos e cereais integrais e diminuição da gordura, principalmente de origem animal, colabora de forma decisiva para o combate a esse mal.

A sintomatologia mais comum para o câncer de próstata é a dificuldade de urinar, a frequência da urina alterada e diminuição do jato, e não descartar de forma alguma o precedente de histórico familiar da doença, e a idade para realizar os exames preventivos.

O grande preconceito e dificuldade dos homens está com relação ao exame, que é desagradável, mas é o mais eficaz para detecção da doença, que é o Toque Retal juntamente com o exame de PSA, que traduzindo para o português significa Antígeno Prostático Específico. Esse exame analisa o aumento da proteína produzida pela próstata, o que pode caracterizar um indicativo da doença. Além do que, não existem exames que substituam os acima citados.

A Sociedade Brasileira de Urologia recomenda que os exames comecem a ser feitos em pacientes com idade de 45 anos ou mais, e que façam principalmente o exame de próstata anualmente – o que diminui muito a incidência da doença.

Escrevo este artigo principalmente para reafirmar aos homens a importância de tais medidas para a saúde. Hoje, com todos os recursos disponíveis no caso de detecção do câncer de próstata, existe muitas formas de combate, desde que no início, como mencionado acima, pois se alcança excelentes resultados, o que propicia a extinção da doença e a recuperação da saúde como um todo.

Sua opinião é bem-vinda, sempre que colocada com a educação e o respeito que todos merecem. Os comentários deixados neste artigo são de exclusiva responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site.

Sobre o autor

Wilian Licht

Wilian Licht

Formado pela Universidade Metodista de São Paulo em Administração de Empresas.

Completei cursos de extensão na área de saúde: Psicanálise e Análise /Medicina Tradicional Chinesa / Terapia Ortomolecular.

Tenho mais de 20 anos de experiência atuando como Psicanalista / Analista Clínico e Terapeuta Transpessoal. Foco em distúrbios de ordem Mental, Física e Emocional. Além de experiência de mais de 2 décadas em Medicina Tradicional Chinesa, tendo como especialidades áreas Ginecológicas, Neurológica, Psicológica e Reumatológica.

Possuo conhecimento de Terapias Complementares para o reequilíbrio dos pacientes mediante uso de técnicas como Massoterapia, Cromoterapia, Tuína, Do-in, Shiatsu e Terapia Ortomolecular. Além de conhecimento em Fitoterapia Chinesa, Brasileira e Florais de Bach e Quântico como complemento em tratamentos de casos crônicos e agudos e na prevenção de enfermidades.

Ministro Palestras e Aulas focadas principalmente às áreas de atuação em especial, Medicina Tradicional Chines, Psicanálise & Análise Psíquica, Florais de Bach, e ligadas ás áreas comportamentais.

Celular: (11) 99938-9122 (WhatsApp)
Facebook:www.facebook.com/wilianlichte
Blog: wilianlichte.blogspot.com
Skype: wilianlicht