Autoconhecimento

Por um mundo sem diferença de gêneros

Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

Distinguir o sexo masculino e feminino vem sendo um assunto discutindo constantemente na sociedade. Mas acabar com essa diferença pode trazer mais liberdade para que as pessoas escolham o que é melhor para si. Confira agora sete vantagens de acabar com a distinção entre os gêneros:

  • Preços iguais

Nas baladas, por exemplo, é comum as mulheres entrarem gratuitamente, com o intuito de ter várias “disponíveis”, essa é uma forma de atrair homens pagantes. Acredito que não seja preciso lembrar que mulheres não são mercadoria e nem devem ser rotuladas como moeda de troca em nenhuma ocasião.  Outro caso que há diferença nos preços é em seguro de automóveis e restaurantes.

  • Produtos diferenciados

Algumas marcas criam linhas diferentes de produtos destinados apenas para homens ou exclusivamente para mulheres, inibindo que o consumidor escolha pelo produto que mais lhe agradar.

  • Produtos exclusivos para determinados gêneros

Cada um usa aquilo que quer. As propagandas de maquiagem e estética, por exemplo, não precisam ser representadas apenas por uma figura feminina. Homens também podem gostar de se cuidar, fazer depilação e tudo isso sem o menor motivo de ser ridicularizado.

  • Roupas unissex

Grande parte das lojas são divididas entre setor masculino e feminino. E se tudo fosse uma coisa só e a escolha do que usar ficasse por conta do cliente? Assim não haveria constrangimento, é comum mulheres se interessarem por roupas masculinas e vice-versa.

  • Mais banheiros para todos

Bom, muitos vão dizer que isso facilitaria o assédio sexual, mas infelizmente eles vêm acontecendo e não serão impedidos por uma placa na porta do banheiro. O respeito com a vida do próximo vai muito além disso.  A questão discutida aqui é que se não houvesse essa separação, os espaços seriam otimizados, evitando filas e tempo de espera.

  • Brinquedos

As crianças são privadas de brincarem com aquilo que elas querem. A sociedade impõe que os meninos devem brincar de carrinho e as meninas de boneca. É hora de por um fim nesses rótulos, as meninas não precisam brincar com coisas que remetem aos serviços de casa e os meninos não devem usar brinquedos que reforcem sua masculinidade.

  • Tarefas iguais

Ensinar a mesma tarefa para ambos ajuda a criar filhos mais independentes. Tanto os meninos quanto as meninas devem ser ensinados a lavar a louça, trocar a lâmpada, limpar o carro ou fazer comida.

Acima de tudo, somos seres humanos. Independente do gênero, cada um deve ter liberdade para fazer o que quiser, e todos devem ser respeitados.


Texto escrito por Natalia Nocelli da Equipe Eu Sem Fronteiras

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]