Saúde Integral

O poder curativo da oração recebe afirmação da ciência

Little boy praying child praying isolated black background
Eu Sem Fronteiras
Escrito por Eu Sem Fronteiras

A fé sempre teve a capacidade de tornar os objetivos mais palpáveis, os sonhos mais possíveis e as dificuldades menos densas. Nota-se também que pessoas que se agarram a alguma crença, religião ou a qualquer forma de espiritualidade tendem a ser mais calmas, confiantes e felizes.

No entanto, quando o assunto é lidar com doenças a fé não recebia nenhum reconhecimento do campo médico. Por mais que os pacientes tenham fé e creiam na cura, os médicos sempre creditavam a cura ou a diminuição da enfermidade à ciência. Estudos recentes, porém, mostram que o poder da oração pode ser surpreendente na recuperação de um paciente enfermo.

Isso se dá porque a oração e a fé funcionam como um treinamento físico para o cérebro.

Um estudo com scanners de cérebro durante ressonância magnética, liderado pelo dr. Andrew Newberg, diretor de pesquisa no Hospital Thomas Jefferson e Medical College, na Pensilvânia (EUA), mostrou que orações recorrentes estimulam a atividade nos lobos frontais e na área do cérebro dedicada à linguagem. O que tornaria a oração a Deus semelhante a falar com as pessoas, o que cria uma experiência neurológica e estimula diversas sinapses, glândulas e órgãos do corpo.

Desta forma, a oração e a fé, enquanto estímulos espirituais, se tornariam físicas através de estímulos neurológicos e sensoriais. Guardadas as devidas proporções, é o mesmo princípio de quando temos pensamentos positivos e nos conectamos com as coisas que nos fazem bem e realizados. A conexão com um bem superior causaria no nosso corpo uma sensação de bem-estar e de atividade que pode ajudar a acelerar o processo curativo de algumas doenças. Mantendo-nos ativos e positivos, ajudaríamos nosso corpo a não se entregar à doença e responder de forma mais eficaz, rápida e benéfica a tratamentos médicos.

Criar a prática diária de uma oração, meditação, conexão com o divino ou com sua espiritualidade é benéfico para todos.

Experimente implantar esta rotina em sua vida, não espere que alguma doença lhe acometa para ter a sensação de uma vida mais plena e positiva. Quando estimulamos nosso cérebro, estimulamos também todo nosso corpo e o resultado é notado rapidamente!


  • Texto escrito por Roberta Lopes da Equipe Eu Sem Fronteiras.

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para [email protected]