Convivendo

Obrigado mães

mãe e filho abraçados e sorrindo
Vitor Vieira
Escrito por Vitor Vieira

“Amor de mãe é a mais elevada forma de altruísmo”

Começo a reflexão com essa frase de Machado de Assis, pois tenho convicção de que apesar de ser homem, essa palavra tão pequena, tão singela, essa palavra simples, sintetiza uma das maiores verdades do mundo. O simples resolve tudo, logo, ser MÃE, é sinônimo de “Calma, tá tudo bem”. Eu vejo uma mulher forte mentalmente, viva, decidida, com brilho no olhar, logo penso: é mãe, mãe de verdade, mãe daqueles que ela ama, cuida, admira e protege. Mãe sabe o que diz, Mãe sabe o que pensa, Mãe pensa e faz.

Um pai muitas vezes, luta para ser mãe, uma mãe nasce sabendo ser pai. O amor de uma mãe transcende algumas convicções, como quando dizem “Leva guarda-chuva”, e mesmo que a previsão diga que não vai chover, a mãe acerta, e você se arrepende de não ter o ouvido. A mulher que é mãe, às vezes não tem filhos, pois ser mãe é sentir, é estar em harmonia com o universo, astral, Deus, anjos, chame como quiser.

Mãe é segurança, ser mãe é ser fé em forma humana, quando o mundo acaba, você procura o colo de quem mais confia, de quem sabe que vai dizer tudo aquilo que precisa, e não aquilo que quer. Quando isso acontece, ou acontecer com você, a pessoa que te abraçar antes de dizer qualquer palavra, essa pessoa entende de alguma forma o que é ser mãe. Pode ser sua amiga, sua tia, sua prima, sua madrinha, sua namorada, sua irmã, sua vó, ou simplesmente sua mãe.

Mãe e sua filha criança com coroas de papel.

Espírito materno

O espírito de mãe nasce com a mulher. Conheci pessoas que não tiveram uma figura materna presente ou não puderam conhecer suas mães, logo presenciei uma mãe emocionada, pois um garoto havia falado para ela: “Se eu pudesse escolher alguém para ser minha mãe, escolheria você”, e assim aquela mulher entendeu, que ela era mãe de muitas pessoas, sem ao mesmo saber ou perceber, pois o amor dela, era um só: amor de mãe.

Sou grato por conhecer esse amor de tantas formas. Obrigado, mãe. Obrigado, mães.

 

Você também pode gostar de outros artigos desse autor. Acesse: Como buscar e conhecer seu verdadeiro eu

Sobre o autor

Vitor Vieira

Vitor Vieira

Vitor Vieira, 22 anos, trabalho com música, sou membro filósofo da Nova Acrópole, faço algumas palestras sobre motivação, tenho um canal no Youtube chamado "Plenatitude", onde fiz uma série de vídeos com diversos temas sobre a vida, positividade, reflexão e filosofia, escrevi o livro "Voz da Luz - Viagens astrais, missões terrenas", onde descrevo e conto um pouco da minha trajetória até agora na espiritualidade, entre desdobramentos e despertar de consciência, pois acredito que somos todos um só, dentro de cada particularidade, somos irmãos, aprendendo e evoluindo dia após dia, sempre em busca de somar e multiplicar conhecimento e sabedoria.

Email: [email protected]
Site: vozdaluz.com.br
Facebook: vitorvieiraface
Instagram: vitorvieiratzbk
YouTube: Canal PlenaTitude