Linguagem do Corpo Saúde Integral

Quadril e a linguagem do corpo

Entre membros e partes do corpo, como mãos, pés, braços e pernas, um pedacinho fica meio avulso, quase esquecido: o quadril (ou os quadris, como preferem alguns). Essenciais para que nos movimentemos adequadamente, os quadris são importantíssimos, por isso cuidar da saúde deles é essencial para que estejamos com nosso corpo em pleno funcionamento.

Você sabia que cada parte do nosso corpo é afetada e afeta emoções específicas? E é por isso que, em momentos de estresse, tensão, ansiedade e medo, por exemplo, muitas vezes dores desconhecidas e sem causa aparente surgem, comprometendo nossa qualidade de vida. Para entender de que forma nossos sentimentos e pensamentos afetam nossos quadris, confira este artigo!

Quadris e a Linguagem do Corpo

Segundo o livro “A Linguagem do Corpo”, de Cristina Cairo, os nossos ombros definem alguns conceitos sobre a nossa personalidade. Quanto mais largos, com algumas diferenças entre os gêneros que veremos a seguir, mais sensível e acolhedora a pessoa costuma ser.

Homem e mulher com roupas esportivas
GeorgeRudy / Getty Images Pro / Canva

Seguindo o inverso, quanto mais estreitos os quadris, mais independentes, livres, ousados e corajosos são aqueles que têm o corpo assim.

Para entender um pouco mais sobre como essas proporções se manifestam em homens e mulheres, confira o tópico abaixo. No tópico posterior ao próximo, você entende quais problemas emocionais podem causar dores e problemas nos quadris.

Proporção entre quadris e ombros

Segundo a “Linguagem do Corpo”, teoria de Cristina Cairo, as mulheres que têm quadris largos têm maior tendência à maternidade e costumam ser mais acolhedoras, afetuosas e cuidadosas. Quando é o inverso, uma mulher com quadril estreito, ela costuma ser mais aventureira, amante da liberdade, da individualidade e de ideias e relações que sejam menos permanentes e duradouras.

Ainda de acordo com a teoria de Cairo, os homens costumam escolher suas parceiras avaliando os quadris dela, mas esse é um processo inconsciente. Se eles desejam construir uma família e uma relação estável, tendem a escolher uma mulher de quadris largos; por outro lado, se desejam uma companheira para viagens e aventuras, optam pelas de quadris estreitos.

Já entre os homens, aqueles que têm quadris largos normalmente têm mais aflorada a sensibilidade e são mais emotivos, magoando-se com facilidade, mas sendo ótimos no cuidado com o lar e em questão de carinho e afetividade com suas parceiras e seus filhos.

Os homens que têm quadris estritos, por sua vez, normalmente são ousados, dominantes, corajosos e dispostos a enfrentarem qualquer dificuldade. São pessoas mais individualistas e mais egoístas, pensando, primeiramente, em seu bem-estar e, depois, no das outras pessoas.

Dor no quadril

Dores nos quadris exigem acompanhamento médico, porque podem ser sintomas de um problema grave, que pode ficar ainda pior se não receber o tratamento adequado.

dor no quadril
PORNCHAI SODA / Getty Images / Canva

Para além disso, as dores e os problemas nos quadris podem ser causados por problemas emocionais e psicológicos. Os principais problemas que causam dores nos quadris são insegurança, agressividade e frustrações (para pessoas com quadris estreitos) e mágoas, conflitos e problemas conjugais ou com os filhos (para pessoas com quadris largos).

Investigar o que está causando esses problemas emocionais na sua vida será essencial para pode tratar essa dor ou doença no quadril, que pode ficar sem cura caso tratemos apenas o lado médico e nos esqueçamos de cuidar das disfunções emocionais que ajudam a causá-lo.

Chakra do quadril

O chakra responsável pelo bom funcionamento do quadril é o chakra umbilical, o segundo chakra, que também é chamado de chakra sexual ou de Swadhistana. Ele se localiza abaixo do umbigo e até a altura do sacro. Sua cor é laranja e ele se relaciona com o elemento Água. É responsável por nossa força sexual e criativa.7

Quando há algum desalinhamento desse chakra, as principais consequências se dão na nossa vida sexual, como ausência ou excesso de libido, comprometimento de relações por buscar somente sexo, egoísmo no ato sexual, entre outros. Problemas de ordem criativa, especialmente para artistas, também podem se originar aqui, bem como dificuldades de comunicação e de expressividade.

Mulher com as mãos na cintura
Snedorez / Getty Images / Canva

Você também pode gostar

Se você vem enfrentando dores ou dificuldades nos quadris, tentar harmonizar e alinhar o chakra umbilical é essencial para conseguir viver uma vida mais saudável e sem problemas.

Essas são as principais maneiras como nossas emoções se relacionam com os nossos quadris e com o formato deles, segundo a Linguagem do Corpo”, de Cristina Cairo. Lembre-se: se estiver enfrentando dores e problemas de saúde, procure um médico antes de mais nada e não se submeta a tratamentos sem aprovação e recomendação médica!

Texto baseado no livro de Cristina Cairo:
Linguagem do Corpo 2 – O que seu corpo revela

Sobre o autor

Eu Sem Fronteiras

O Eu Sem Fronteiras conta com uma equipe de jornalistas e profissionais de comunicação empenhados em trazer sempre informações atualizadas. Aqui você não encontrará textos copiados de outros sites. Nossa proposta é a de propagar o bem sempre, respeitando os direitos alheios.

"O que a gente não quer para nós, não desejamos aos outros"

Sejam Bem-vindos!

Torne-se também um colunista. Envie um e-mail para colunistas@eusemfronteiras.com.br